MPE Algar Telecom | 22 de janeiro de 2020

Previsão de fluxo de caixa: saiba como fazer

Tempo de leitura: 5 minutos

Antes de abordarmos a previsão de fluxo é importante explicarmos o conceito do fluxo de caixa propriamente dito. Basicamente, trata-se de todas as entradas e saídas de dinheiro que acontecem no caixa financeiro de uma empresa.

Ao acompanhar o fluxo de caixa, você consegue mensurar os ganhos reais da sua empresa, assim como as dívidas financeiras. No entanto, para ser bem-sucedido em intervenções pontuais, não basta monitorar, é preciso se antecipar.

É exatamente nesse ponto que a previsão de fluxo de caixa faz toda a diferença. Continue lendo e entenda o que é essa metodologia e como desenvolvê-la na sua empresa. Boa leitura!

O que é a previsão de fluxo de caixa?

Se o fluxo de caixa é a movimentação financeira do dinheiro do seu negócio, a previsão de fluxo, basicamente, é a análise prévia sobre essas entradas e saídas. Ou seja, um estudo para a criação de estratégias futuras na questão financeira do seu negócio.

Mas é claro que isso não é feito de maneira aleatória. Para que a previsão de fluxo de caixa seja realizada com sucesso, é preciso definir um período fechado e criar um prognóstico sobre a movimentação do dinheiro durante esse tempo.

Com essa estratégia, você se torna capaz de responder questionamentos como:

  • A minha empresa terá caixa suficiente para pagar as contas nos próximos 45 dias?
  • Como estará a minha situação financeira daqui a 1 mês?
  • Como estará o meu saldo bancário no dia 1º?

Por que realizar a previsão de fluxo de caixa é tão importante?

Ainda hoje, muitos gestores e proprietários caem na armadilha do falso crescimento da empresa. Ou seja, acreditam que a empresa está arrecadando mais porque houve, por exemplo, um aumento momentâneo de vendas.

Com a previsão de fluxo de caixa você consegue escapar dessa ilusão, pois o prognóstico envolve fatores complementares que vão além da taxa de vendas. Durante a estratégia, se analisa o cumprimento de prazo com fornecedores, capital de giro, receitas a receber das operadoras de cartão de crédito etc.

Os benefícios são abrangentes e fundamentais para qualquer empresa, por exemplo:

  • Melhor organização dos investimentos de curto prazo;
  • Monitoramento dos dividendos da empresa;
  • Controle das contas bancárias.

Como criar um relatório de previsão de fluxo de caixa?

O relatório de previsão de fluxo de caixa é onde você reúne todas as informações importantes sobre a movimentação futura do seu dinheiro.

O primeiro passo é definir um período para análise. Em seguida, você deve reunir os dados sobre os lançamentos financeiros e as contas a pagar. Esse trabalho fica mais fácil quando já tem sob controle o custos fixos e variáveis do negócio.

Agora, você só precisa separar as contas a pagar e as contas a receber. Entenda mais.

Leia também: COMO FAZER A GESTÃO DO CICLO DE CAIXA

Contas a pagar

As contas a pagar são todos os compromissos que a empresa precisa arcar dentro daquele período. Como explicado, elas podem se dividir em fixas e variáveis.

Os custos fixos são aqueles que existirão independentemente do momento da empresa ou da estratégia traçada. Entre os mais comuns estão:

  • Energia;
  • Aluguel;
  • Água.

Os gastos variáveis são aqueles que podem mudar de acordo com a ação da empresa. Eles não são contínuos, podendo ser quitados de uma vez ou estender-se por longos períodos. Entre os exemplos estão:

  • Investimento em equipamentos;
  • Pagamento de fornecedores;
  • Ações promocionais.

Contas a receber

Nas contas a receber, basicamente, você tem duas formas: recebimento de dinheiro à vista e recebimento no cartão.

Nos valores de cartão, o seu trabalho fica mais simples ao utilizar um software especializado, pois ele consegue lançar todos os ganhos dentro do prazo estabelecido.

Nos recebimentos em dinheiro, a estimativa pode ser feita utilizando o período anterior como base. Por exemplo, se o prognóstico for para os próximos 30 dias, você trabalha com a projeção baseada nos 30 dias anteriores.

Feito isso, você tem todos os dados que precisa para montar um ótimo relatório de previsão do fluxo de caixa.

O fato é que, hoje, você precisa utilizar todas as ferramentas disponíveis para otimizar a gestão do seu negócio. A previsão de fluxo de caixa é uma alternativa inteligente para controlar as finanças e planejar com segurança os próximos passos da sua empresa. Por isso, analise as dicas apresentadas e mantenha um controle real do seu fluxo financeiro.

Gostou do artigo? Que tal complementar o assunto e conhecer agora 3 ferramentas para ajudar na gestão financeira da sua empresa?

gestão financeira

Deixe seu comentário