Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

5 indicadores da boa saúde financeira nas empresas

Algar Telecom | 15 de novembro de 2019

MPE

Como anda a saúde financeira da sua empresa? Saber vender um produto ou serviço não é suficiente para colher bons resultados. Quanto o assunto é gestão de negócios, cuidar corretamente das finanças é parte fundamental desse processo.

No entanto, esta costuma ser uma das tarefas mais difíceis para a maioria dos empresários. Tanto que boa parte dos problemas enfrentados pelas empresas brasileiras se devem às dificuldades na hora de administrar o caixa.

Para fugir desses problemas, o segredo é monitorar a saúde financeira por meio dos chamados indicadores de desempenho. Conheça abaixo alguns dos principais.

5 indicadores essenciais para as finanças da empresa

1. Custos fixos e variáveis

Ter uma mera estimativa dos custos gerados pelo negócio não basta. Você deve saber precisamente o quanto de dinheiro a empresa gasta por mês para funcionar. Trata-se de um indicador primordial para a boa saúde financeira. Coloque todos as despesas fixas em uma planilha, como aluguel de espaço e salário de funcionários.

Acompanhe também os custos variáveis mês a mês, que aumentam ou diminuem conforme a produtividade. Assim, fica mais fácil descobrir se é possível reduzir algum custo para aumentar a eficiência dos recursos financeiros.

2. Faturamento

Embora seja o principal indicador que os empresários acompanham, vale a pena ressaltar a importância do faturamento aqui. Afinal, é ele que mostra a quantidade de dinheiro que está entrando no caixa da empresa.

Veja se o faturamento está de acordo com as metas traçadas para o período. Caso elas não estejam sendo alcançadas, será preciso pensar em novas estratégias para vender mais produtos e conquistar mais clientes.

3. Lucratividade

Primeiro é preciso apontar que lucratividade não é sinônimo de lucro. O lucro é obtido a partir do faturamento menos os custos. Mas o índice de lucratividade deve ser calculado por meio do lucro líquido dividido pelo faturamento bruto mensal.

Esse cálculo é que vai dizer se o negócio é, de fato, rentável. Portanto, ele é um dos principais indicadores na hora de avaliar a saúde financeira de uma empresa. Quando o resultado não é satisfatório, o empresário deve ir em busca de novas soluções para não colocar o negócio em risco.

4. Ticket médio

O ticket médio consiste em mais um indicador fundamental na hora de avaliar como andam as finanças. Isso porque ele mostra o desempenho das vendas, ou seja, qual é o retorno financeiro obtido em cada venda realizada pela empresa.

Para calcular o ticket médio, você deve dividir a receita total pelo número de vendas. A partir do valor obtido, é possível avaliar se ele é suficiente para o negócio alcançar a lucratividade esperada ou não.

5. Endividamento

O endividamento é um cenário comum nas empresas. Afinal, ainda que o melhor seja evitar, há situações em que é preciso utilizar recursos de terceiros, fazer empréstimos e financiamentos para desenvolver as atividades e complementar o capital de giro.

Na hora de verificar como anda a saúde financeira do negócio, não se deixe enganar e calcule o índice de endividamento. Basta dividir o total do passivo pelos ativos e multiplicar o valor por 100 para obter o percentual.

O segredo para garantir uma boa saúde financeira

Você deve ter percebido o papel fundamental de cada um dos indicadores listados para o equilíbrio financeiro de qualquer empresa. Por isso, a cada mês você deve ficar de olho neles, acompanhar de perto e com cuidado para não colocar a sobrevivência do negócio em risco.

Além disso, lembre-se sempre de que planejamento é tudo! Ou seja, se isso ainda não foi feito, faça uma avaliação precisa da quantidade de dinheiro necessária para manter as operações da sua empresa. Dessa maneira, você consegue evitar diversos problemas no futuro e até se preparar para os imprevistos.

Caso você não se dê bem com as finanças, ter algum profissional da área para te ajudar pode ser uma boa ideia. Outra sugestão é fazer um bom proveito das tecnologias disponíveis hoje. Já existem ferramentas feitas especialmente para facilitar a vida dos empresários na hora de fazer a gestão financeira do negócio.

Está começando agora e quer adotar uma gestão segura dos recursos financeiros? Clique aqui e confira 4 dicas que vão aumentar as chances de sucesso do seu empreendimento!

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: