Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

Política de segurança da informação: entenda a importância para sua empresa

Algar Telecom | 21 de agosto de 2019

MGE

Estamos vivendo uma completa mudança de cenário graças à transformação digital e a entrada de novas tecnologias dentro das empresas. Mas, se antes o foco quando o tema era segurança estava só na parte de infraestrutura e equipamentos, hoje em dia, é preciso contar com uma política de segurança da informação, ou PSI.

E, com a criação no Brasil da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), é cada vez mais urgente a criação de uma política de segurança da informação. Segundo a lei, as empresas precisam se adequar aos termos até 2020. E para quem não estiver em conformidade, as multas são bem altas.

Na prática, essa política que deve ser documentada possui 3 principais pilares:

  • Categorização de dados;
  • Termos de privacidade dos dados;
  • Segurança da informação.

Vamos explicar agora qual a importância da implementação de políticas de segurança da informação, para garantir que os seus dados estejam mais seguros e em conformidade, ainda mais com a nova LGPD.

O que é uma política de segurança da informação?

Uma política de segurança da informação é um plano de ação que guia sua organização, garantindo que seus dados e sua rede sejam protegidos contra possíveis ameaças de segurança e criando normas para acessos aos dados armazenados, principalmente relacionados aos clientes da sua empresa.

Pense nessa política, que deve ser feita em forma de documento, como um elo entre seus colaboradores, processos internos, segurança e tecnologia. Quando uma violação de segurança acontecer, por exemplo, é muito provável que um dos termos estipulados na PSI falhou.

Para garantir que você esteja efetivamente protegendo seus dados, é necessário que:

  • Normas técnicas funcionem para evitar violações;
  • Seja possível detectar possíveis ameaças;
  • Crie regras de acesso às informações;
  • Analise atividades suspeitas;
  • Forneça correção rápida no caso de problemas.

Por isso, a política de segurança da informação deve ser informada a todos os seus times internos, abordando o que se espera deles e ajudando a educá-los em novos procedimentos de segurança que eles devem seguir.

Leia também: 5 tendências de segurança digital para implementar em 2019

Como começa a implementação da PSI na prática?

Essa política deve abranger uma variedade de atividades práticas, como:

  • Atualizar seus termos de privacidade;
  • Configuração das estações de trabalho da sua organização;
  • Atualização de login dos colaboradores;
  • Criação de novos procedimentos de acesso a dados.

O primeiro passo, que é atualizar seus termos de privacidade, é essencial para deixar claro qual o nível de cada usuário (gerencial, administrativo, visitante), deixando todos cientes das práticas seguras de acesso e compartilhamento de dados para cada um desses níveis.

Por que a PSI é importante para minha empresa?

Sofrer uma violação de segurança é algo realmente caro para qualquer tipo de empresa. E pelas regras da LGPD, se houver vazamento indevido das informações pessoais de clientes, que deveriam ser protegidas de acordo com as políticas de privacidade, as multas podem variar entre R$ 50 milhões e 2% do faturamento total da empresa.

Com um alto nível de risco como esse, fica claro que ter uma política de segurança de da informação em vigor é essencial!

Mas não é apenas esse lado financeiro que pesa nessa decisão de implementar a PSI. Aqui separamos mais 4 pontos que comprovam a importância desse documento na sua empresa.

1. Ajuda você a melhorar a postura geral de segurança de sua organização

Isso significa que há menos incidentes de segurança quando as organizações usam o PSI, já que os problemas são evitados preventivamente.

2. Prepara melhor para ter os requisitos de auditoria e conformidade

Ao passar por um processo de fiscalização, fica muito mais fácil comprovar quais os protocolos e as normas de segurança utilizadas.

3. Melhora o nível de responsabilidade por parte dos usuários

As partes mais interessadas na segurança da sua organização são os clientes, que não querem ter seus dados expostos indevidamente. E usar a política de segurança da informação melhora o reconhecimento da sua empresa no mercado por conta desse quesito.

4. Fornece à sua organização uma estrutura sólida de segurança

Em torno da comunicação interna e externa, haverá sempre uma estratégia bem definida em termos de segurança, o que ajuda a manter uma estrutura sólida por trás das informações corporativas.

Agora que você já conhece a real importância de ter uma política de segurança da informação, é preciso conhecer as medidas para sua empresa se adequar à Lei Geral de Proteção de Dados brasileira. O prazo é só até 2020, então não perca mais tempo e confira nosso conteúdo completo sobre o tema.

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: