MGE Algar Telecom | 10 de fevereiro de 2020

Como agilizar seu controle financeiro em prestação de serviços de TI

Tempo de leitura: 5 minutos

Muitas empresas de TI costumam apresentar dificuldade quando o assunto é controle financeiro. O trabalho sempre fica mais complexo quando é preciso medir os valores dos serviços desenvolvidos e compará-los com os investimentos na aquisição de ferramentas e treinamentos para os funcionários.

Ou seja, nem sempre há uma clareza na hora de mensurar os gastos e calcular, por exemplo, o ROI de cada serviço executado. E o fato é que sem esse acompanhamento, a empresa corre o risco de tomar prejuízo ao longo do tempo.

A boa notícia é que hoje existem ferramentas, conceitos e práticas que ajudam o seu negócio a realizar esse controle financeiro. Quer entender melhor? Continue lendo e saiba mais!

Qual a importância de manter o controle financeiro na área de TI?

Não é segredo para ninguém que um bom controle financeiro é essencial para a estabilidade de qualquer negócio, independentemente do setor de atuação. Se você mantém as contas equilibradas, fica mais fácil realizar novos investimentos e qualificar os serviços.

No setor de TI funciona da mesma forma. Porém, o TI, assim como a logística e alguns outros, é um segmento de alto custo. Uma área que demanda constantes avanços em inovação, atualização e treinamento.

Hoje, mais do que nunca, esse cenário é bastante verdadeiro. Com o fortalecimento de soluções de IA e a migração de sistemas operacionais para a nuvem, a área de TI necessita muito do aporte financeiro por parte da empresa.

Mas é claro que os benefícios só são reais quando há um perfeito equilíbrio entre o que está sendo investido e o que está sendo arrecadado com os serviços. É por isso que um trabalho bem desenvolvido nesse sentido faz toda a diferença.

Cloud BackUp

O que é a ITIL e como ela pode ajudar a sua empresa?

ITIL é a sigla para (Information Technology Infrastructure Library), Biblioteca de Infraestrutura de Tecnologia da Informação, em português.

Ela foi criada pelo Reino Unido na década de 80 e é considerada a principal referência de gestão para o setor de TI. Atualmente, a ITIL já está na sua quarta versão, dividida em cinco livros.

Desenho de serviço

É o livro que apresenta as diretrizes e fundamentos que compõem as atividades de TI, mostrando como realizar um mapeamento e manter o equilíbrio entre preço e nível de serviço.

Transição de serviço

No livro de Transição de Serviço, a ITIL foca na construção de planejamentos para um acompanhamento bem-sucedido em relação aos serviços de Tecnologia da Informação.

Operação de serviço

No “Operação de serviço”, o leitor é confrontado sobre os fatores dentro da gestão que influenciam na qualidade da entrega de serviços, bem como na correção de eventuais problemas.

Melhoria contínua de serviço

Nesse penúltimo livro, o ITIL trabalha as questões de aperfeiçoamento, revisão e monitoramento ininterruptos dos serviços das equipes.

Estratégia de serviço

Esse é o livro que interessa para essa postagem, pois fala sobre planejamentos estratégicos para o TI e como desenvolver uma gestão financeira.

Aqui, o ITIL aponta os caminhos para que uma empresa da área da Tecnologia da Informação consiga manter uma boa saúde financeira ao mesmo tempo em que entrega serviços de alta qualidade.

Como melhorar o seu controle financeiro em prestação de serviços de TI?

Se a ITIL é a principal referência de gestão no mundo do TI, nada melhor que utilizar seus direcionamentos para obter sucesso no controle financeiro nos seus serviços de TI.

Dentro do capítulo de controle financeiro, o livro “Estratégia de serviço” aponta para os seguintes caminhos:

  • Gerenciar os custos da infraestrutura de TI e classificá-los em: custos capitais, custos operacionais, custos diretos, custos indiretos, custos fixos e custos variáveis;
  • Avaliar o impacto financeiro das alterações nas estratégias de serviços da empresa;
  • Equilibrar os valores de custos e os investimentos para qualificação de serviço;
  • Recuperar os investimentos feitos na medida adequada (cobrança);
  • Atribuir corretamente os gastos de TI para cada cliente atendido.

Enfim, o controle financeiro no TI é possível. Porém, assim como em qualquer outro segmento, é um trabalho que demanda cuidado e conhecimento. Como vimos, a própria ITIL aponta diferentes diretrizes para que a empresa consiga manter um gerenciamento de sucesso. Uma última dica é contar com soluções tecnológicas exclusivas para esse controle. Afinal, o TI é o setor que utiliza a tecnologia como maior aliada.

Não deixe de conferir o nosso artigo sobre os 5 indicadores de boa saúde financeira de uma empresa e mantenha o seu negócio mais bem preparado.

gestão financeira

Deixe seu comentário