Finanças Algar Telecom | 4 de março de 2021

5 dicas para fazer um planejamento financeiro eficiente para 2021

Tempo de leitura: 5 minutos

O planejamento financeiro é parte importante no plano de negócio de qualquer empresa, um documento onde são colocadas diretrizes para que o empreendimento seja sustentável. É nesse planejamento que você analisa metas, ferramentas e possibilidades a fim de assegurar a saúde financeira da empresa pelos próximos períodos.

Sendo assim, o planejamento financeiro é a base para praticamente todas as decisões financeiras fundamentais do seu negócio. Afinal, como você pode pensar em crescimento, expansão ou mesmo estabilidade sem um suporte inicial?

Quer saber como criar um planejamento financeiro de sucesso agora em 2021? Continue lendo e confira as nossas dicas. Boa leitura!

1. Faça projeção de receitas da empresa

O primeiro passo para a construção de um bom planejamento é analisar a receita atual e fazer projeções para o novo período. Para isso, além de ter os números fechados da sua receita atual, você deve pegar o histórico de movimentações do ano passado.

A partir dessas informações é possível fazer projeções mais realistas das receitas e das despesas que estão por vir, diminuindo a chance de erros e surpresas. Uma estimativa importante para você começar a definir o destino do orçamento empresarial, estabelecendo prioridades e quais ações podem ficar para o futuro.

2. Defina metas e objetivos para o planejamento financeiro

Com uma projeção de receita feita dentro da realidade do seu negócio, você tem o cenário pronto para definir metas e objetivos para o novo ano. E, dentro do planejamento financeiro, você faz isso de maneira estratégica.

Para isso, continue utilizando as informações do histórico como base, facilitando a tomada de decisão. Faça uma triagem de prioridades e possibilidades. Separe os objetivos que são mais importantes para a empresa, mas que estão dentro da realidade, por exemplo, um crescimento de 8% no número de vendas.

Trabalhando dessa forma você tem grandes chances não só de definir boas metas, como também de alcançá-las dentro do prazo determinado.

3. Projete cenários diversos

Um dos fatores que ainda pega muito gestor ou empresário de surpresa é a instabilidade do mercado. E, para que você não caia nessa armadilha, mesmo com informações seguras, considere sempre a volatilidade do mercado dentro do planejamento financeiro.

Projete diferentes cenários dentro do seu orçamento já definido. Instabilidades, crises causadas por fatores macroambientais, queda nas vendas, entre outros: considere variadas realidades.

A cada novo cenário é importante definir medidas que assegurem a saúde financeira da empresa e a continuidade dos processos diários. O objetivo aqui é garantir um fluxo financeiro saudável independentemente do cenário.

4. Defina os mensuradores de resultados

De nada adianta definir orçamentos e objetivos se não houver um acompanhamento de resultados. Afinal, como você sabe, o que é não mensurado, não é aperfeiçoado. Por isso, no seu planejamento financeiro, é preciso definir os mensuradores que serão utilizados ao longo do ano. Entre os principais medidores financeiros, destacamos:

  • Margem de contribuição;
  • Endividamento;
  • Recebimentos;
  • Rentabilidade;
  • Liquidez.

Além de definir os mensuradores, você precisa estabelecer já no planejamento financeiro qual período da medição, por exemplo: bimestral, trimestral, semestral etc.

5. Utilize um software de gestão financeira

Todas as dicas apresentadas até aqui são importantes para a construção e a aplicação de um bom planejamento financeiro. Mas, não há dúvidas que a obtenção e análise de histórico, criação de metas e projeções de cenários são tarefas cansativas e burocráticas. Em suma, não são processos simples de serem realizados.

Para evitar que a construção do seu planejamento se estenda por um longo período e que erros aconteçam durante essa trajetória, uma ótima alternativa é contar com um software de gestão.

Um sistema no padrão do Gestão Financeira, a plataforma da Algar Telecom, que cobre todas as informações financeiras da sua empresa pode facilitar o processo. Histórico, taxas, porcentagens, fluxo de caixa, entre outros: todas as informações que você precisa para o seu planejamento financeiro podem ser reunidas sem nenhuma dificuldade. Além de simplificar a sua vida, um software de gestão garante maior eficiência no seu planejamento.

Enfim, criar um planejamento financeiro coeso é ter o controle da saúde financeira do seu negócio. Tenha em mente que todas as ações e planos dos demais setores da sua empresa dependem dessa estabilidade, por isso é essencial ter um suporte muito bem definido. Analise as dicas apresentadas e inicie 2021 com mais confiança e segurança.

Gostou do artigo? Confira agora como uma boa gestão financeira será essencial na retomada pós pandemia

Deixe seu comentário