Consultor Especializado mais perto da sua empresa> Sou de Média e Grande Empresa Sou de Micro e Pequena Empresa

Para melhorar sua experiência, selecione um perfil de conteúdo:

24/nov
Cristina Cruz
5 maneiras de gerenciar data centers: qual a melhor para a sua empresa?

Com a crescente disrupção causada pelo processo de digitalização no meio corporativo, as empresas vivem uma irreversível pressão por aumentar, cada vez mais, os investimentos injetados em sua estrutura de TI. Nesse cenário, existem companhias que optam por colocar seus servidores em cloud, num data center terceirizado, mantendo uma compacta infraestrutura interna de TI e outras que investem pesado numa estrutura de TI própria.

Independentemente de qual escolha se adequa melhor ao perfil de cada companhia, o fato é que contar com um data center de alta performance e bem gerenciado, seja próprio ou de uma empresa parceira, é fundamental para o ideal de expansão de toda empresa, já que esse crescimento depende, fatalmente, de soluções inovadoras de TI.

Nesses data center, onde abriga-se servidores, máquinas e outros equipamentos, são trafegados todos os dias uma enorme quantidade de dados, exigindo, cada vez mais, uma gestão detalhada e complexa. Hoje em dia esses ambientes oferecem toda a infraestrutura crítica para o funcionamento dos processos gerais das empresas. Por isso, manter o data center cuidadosamente projetado e monitorado, sendo alimentado por geradores de energia, chaves de transferência, nobreaks/UPS, climatização de precisão etc. é fundamental para o seu bom funcionamento e, por consequência, para a obtenção de bons resultados nos negócios.

A tendência atual é que as empresas busquem data centers e formas de geri-lo de acordo com as necessidades de seus negócios, a partir de uma operação sob medida, que visa um consumo responsável e assertivo dos recursos computacionais. Nesse contexto, os centros de dados atuais buscam atender cinco aspectos fundamentais: velocidade, alta disponibilidade, dinamicidade, integração e segurança. Esse último aspecto merece destaque, sobretudo pela expansão das ameaças cibernéticas que, nos últimos anos, vem causando profundos prejuízos financeiros a inúmeras empresas.

Tendo em vista que são nesse ambientes que se localizam todos os equipamentos que processam dados e informações importantes, as organizações que disputam o mercado hoje em dia precisam se conscientizar sobre a importância e os benefícios de utilizar um data center de alta performance, que tenha um funcionamento pleno e uma gestão impecável, prevenindo-o de quaisquer problemas que possam surgir, sejam físicos ou digitais. Nesse sentido, o processo de gestão deve ser feito de tal maneira que seja possível acompanhar todos os equipamentos, seu funcionamento, estado de uso e movimentações em tempo real, 24h por dia, sempre de acordo com as demandas específicas da empresa.

Benefícios de uma boa gestão de data center

Fazer uma boa gestão de data center, com ferramentas eficientes de monitoramento, garante às empresas o total controle sobre o que acontece nesse ambiente, quais são os níveis de refrigeração dos equipamentos, quais servidores estão em situação crítica etc. Essa gestão precisa ser feita sobre todos os aspectos e deve acompanhar à complexidade dos processos atuais, isto é, quanto maior forem as operações envolvidas, mais necessidade há de uma gestão digital e automatizada.

Tendo em vista que, inevitavelmente, boa parte dos negócios das médias e grandes empresas estão migrando serviços tradicionais para soluções digitais, a complexidade dos processos também acompanham essa evolução. Por isso, uma gestão de data center automática e digital, auxiliada por softwares inteligentes e modernos, encabeçada por uma equipe de TI altamente qualificada, é crucial para que tudo funcione de forma rápida, eficaz e sem erros.

Investir em uma gestão eficiente do data center que abriga os ativos de TI de uma empresa pode significar um maior cuidado com as informações e dados trafegados em sua rede. Qualquer erro nesse ambiente pode causar danos a esses dados e à imagem da empresa, além do próprio prejuízo patrimonial.

Ademais, a constante manutenção e gestão do data center garante que ele funcione ininterruptamente, disponibilizando o acesso de todos os seus recursos. Para além disso, uma boa gestão desses ambientes será capaz de identificar qualquer problema, danos, aumento exagerado de temperatura ou algum outro sinal de mau funcionamento dos equipamentos.

Nesse contexto, administrar cuidadosamente o data center que hospeda toda a estrutura de TI de uma empresa pode garantir: i) redução de até 20% em custos com licenciamento de software e manutenção de hardware; ii) maior segurança e comodidade na gestão dos equipamentos e iii) aumento de produtividade em todos os processos. Tendo isso em vista, lista-se abaixo 5 ações para uma gestão eficiente de data center:

1 – Analisar o espaço físico

O primeiro passo que deve ser dado na gestão de um data center é analisar se o espaço físico que abriga todos os servidores e equipamentos é adequado. Obviamente, se o espaço for menor do que o necessário, a empresa terá que locar seus equipamentos em um data center terceiro, através de um serviço de colocation.

Em contrapartida, se a área destinada ao data center for muito maior do que o necessário, os custos de manutenção podem ser maiores, porque será necessário uma maior refrigeração para o bom funcionamento de todos os equipamentos, além do aumento no custo de outros insumos básicos, como energia elétrica, limpeza etc.

Por isso, o data center deve ser projetado de modo que o tamanho de seu espaço seja bem dimensionado e proporcional à quantidade de servidores necessários à empresa. E, caso seja necessário, esse ambiente pode ser adaptado conforme apareçam novas demandas.

2 – Investir na segurança

Quando o assunto é tráfego de dados e ativos de TI, um ponto de gestão fundamental é a segurança. Por isso, a proteção física e digital dada aos servidores e redes deve de altíssima qualidade, sobretudo em caso de contingências. Isso garantirá que as informações hospedadas fiquem seguras contra ataques cibernéticos e vazamentos. Além disso, fazer um backup antes do início de manutenções periódicas deve ser a regra, principalmente para prevenir a perda de dados caso ocorra alguma falha nos sistemas.

Nesse sentido, as estruturas de data centers da Algar Telecom são exemplares, visto que a empresa possui três centros de dados distintos, localizados estrategicamente em dois estados brasileiros, conectados por uma rede própria, através de 31 mil km de fibra óptica. Esse desenho geográfico, além de toda a tecnologia oferecida pelos serviços de TI da Algar Telecom, garante um alto nível de segurança para os dados armazenados de seus parceiros.

3 – Promover uma refrigeração eficiente

No mesmo sentido da primeira sugestão, garantir uma climatização adequada ao data center é fundamental para o bom funcionamento e vida útil de seus equipamentos. Por isso, é essencial que projete um sistema de refrigeração de acordo com o porte do data center e a quantidade de servidores ele hospeda.

Como é de se imaginar, nesse ambiente de servidores e outros equipamentos, um dos maiores problemas é o aquecimento excessivo, que pode comprometer o rendimento das máquinas e até danificar completamente os ativos de TI distribuídos no data center. Por isso, para uma boa gestão desse espaço, deve-se analisar quais fatores podem comprometer o arrefecimento do local e quais estratégias podem ser executadas para garantir uma climatização adequada.

4 – Providenciar a troca de equipamentos ultrapassados

Outro ponto essencial para a boa gestão de um data center é analisar periodicamente o que ainda é equipamento de alta performance e o que já está obsoleto. Estruturas ultrapassadas podem comprometer bastante o rendimentos dos servidores, além de exigirem uma refrigeração maior. Por isso, é fundamental que se faça, de tempos em tempos, a substituição de equipamentos antigos por equipamentos mais modernos e eficientes.

5 – Contratar serviços outsourcing para manutenções complexas

Contratar uma empresa especialista em TI, com uma equipe certificada e com reconhecimento na área, é o melhor caminho para a realização de uma manutenção mais complexa. Por isso, vale a pena investir em serviços outsourcing para garantir uma administração mais especializada para os ativos de TI hospedados em um data center.

Um grupo de profissionais multiespecializado fornecerá à empresa a garantia de uma gestão mais confiável e estável ao seu data center, sendo uma segura e excelente opção às organizações que desejam modernizar os seus sistemas e servidores.

Tendo o conhecimento da importância de um data center de alta performance para as organizações, você já busca fazer uma gestão cuidadosa desses ambientes? Deseja saber mais como a Algar Telecom pode auxiliar numa gestão mais eficiente de data center e quais são os modelos mais adequados à sua empresa? Acesse: http://algartelecomcorporativo.com.br

Receba informações e dicas exclusivas em TI e Telecom, assine nossa Newsletter:

Deixe seu comentário