Tendências Algar Telecom | 23 de novembro de 2020

Como preparar o seu negócio para a Black Friday?

Tempo de leitura: 5 minutos

A cada ano a Black Friday vem trazendo melhores retornos para o comércio brasileiro. E mesmo neste ano atípico, com pandemia e muitas paralisações de atividades, o dia 27 de novembro está sendo esperado com muita expectativa pelos empresários.

Na verdade, a Black Friday deste ano está sendo aguardada com grande ansiedade também pelos clientes. Muitos consumidores querem aproveitar a data para adquirir produtos que estavam planejados desde o início do ano, mas que tiveram que esperar por causa da pandemia.

Mas, para atender às expectativas e garantir bons resultados, a sua empresa precisa estar preparada. Sem um trabalho prévio e bem desenvolvido, a sua Black Friday pode não acontecer como o esperado. Quer saber como assegurar ótimos retornos? Confira as nossas dicas.

Boa leitura!

Como preparar a sua empresa para a Black Friday?

A Black Friday, de fato, já se tornou uma data de grande apelo para o comércio brasileiro. Porém, é importante ter em mente que a concorrência também espera bons resultados para o momento, por isso, se você não se preparar, a tendência é ficar para trás.

Não corra riscos, saiba como assegurar ótimos números.

Promova um “treinamento Black Friday”

Se a Black Friday é especial para a sua empresa, então toda a preparação também deve ser. Utilize as semanas que antecedem à data para promover treinamentos voltados exclusivamente para o evento, criando e aperfeiçoando técnicas para setores como:

  • Atendimento;

  • Logística;

  • Vendas.

Foque principalmente nos pontos em que o consumidor tem contato com a sua empresa, tire dúvidas sobre preços, descontos, formas de pagamento, troca, entrega de mercadoria etc. Assim, ainda que durante a Black Friday surjam os questionamentos, as equipes estarão preparadas para agir rapidamente.

Trabalhe com descontos que valem a pena

Grande parte da expectativa dos clientes na Black Friday se concentra na possibilidade de conseguir descontos que não são possíveis em outras datas – nem mesmo no Natal. Ou seja, trata-se de um fator que será bastante analisado no dia.

Por outro lado, cada empresa deve se basear na sua realidade. Não é porque há uma expectativa por parte dos clientes que você deve aplicar descontos que não representarão um bom ROI para o seu negócio.

Saiba dosar bem essa questão. Trabalhe com descontos que sejam interessantes tanto para a sua empresa quanto para o cliente. Mas, em hipótese alguma, tente ludibriar o consumidor com condições ou vantagens irreais, isso pode romper de vez o elo de confiança entre as partes.

Fortaleça a divulgação antes da data

Já faz um bom tempo que a Black Friday se tornou um “mega evento” em terras brasileiras. Por aqui já temos praticamente um “Black Month”, com o mês de novembro sendo completamente utilizado para impulsionar as vendas do comércio.

Aproveite essa comoção para fortalecer a divulgação de maneira antecipada. Planeje o seu estoque, treine a sua equipe e inicie a sua jornada “Black Friday” já no mês de outubro. Assim, você instiga os clientes e começa a vender pelas promoções.

Por que contar com um sistema de gestão para a Black Friday?

Todas as dicas apresentadas até aqui são importantes para preparar o seu negócio para a Black Friday, mas tudo pode ir por água abaixo se no momento de maior volume de compras você perder o controle da situação.

É para evitar um quadro de desorganização durante as vendas que um sistema de gestão se torna fundamental.

No entanto, é indicado mais do que uma ferramenta de gerenciamento. É necessário uma plataforma que permita ao gestor controlar desde a divulgação de links nas redes sociais até a conclusão dos pedidos.

Assim, caso haja travamentos ou gargalos em qualquer uma das etapas da jornada de compra, você será capaz de intervir de maneira específica.

Seguindo essas dicas, as chances de o seu negócio obter bons resultados durante a Black Friday serão muito mais altas. E a boa notícia é que no mês seguinte ainda tem o Natal, uma data também de grande comoção, onde você pode utilizar as mesmas dicas para impulsionar as vendas. Assim, mesmo em um ano atípico, é possível fechar as contas no azul.

Gostou do artigo? Quer outras dicas? Então confira agora o nosso post sobre como estar preparado para o aumento de pedidos na Black Friday.

Deixe seu comentário