Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

As tendências para a área de TI em 2020

Algar Telecom | 9 de abril de 2020

Atualmente, a Tecnologia da Informação (TI) é essencial para as estratégias de negócios de qualquer empresa, independentemente de seu tamanho ou segmento. Ela ajuda as organizações a manter o fluxo de dados, gerenciar contatos, rastrear e automatizar processos, identificar oportunidades e muito mais.

Todos esses aspectos contribuem para o aumento da eficiência, a melhoria dos processos e a redução de custos, tornando as empresas mais competitivas.

Nos últimos anos, tivemos um forte processo de digitalização de operações e serviços, o que ficou conhecido como transformação digital. A partir dele, pessoas e empresas passaram a usar a tecnologia como fonte central de suas atividades.

Com isso, percebeu-se um desenvolvimento intenso de novas ferramentas e tecnologias. Esse processo de inovação acontece em velocidades cada vez maiores e requer que as empresas estejam sempre atentas às novidades para identificar oportunidades e se manterem competitivas.

Conheça a seguir algumas das principais tendências de TI e descubra como elas podem impactar a sua empresa!

Inteligência Artificial em larga escala

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) está cada vez mais madura, o que tem permitido uma produção em larga escala de soluções baseadas nessa tecnologia. Isso significa que, a partir de 2020, as empresas terão à disposição muito mais aplicações e serviços para utilizarem em seus negócios.

Essa tendência de TI possui um grande poder de transformação das operações, uma vez que reduz a necessidade de intervenção humana, principalmente em atividades repetitivas e com baixo valor agregado.

Em outras palavras, isso significa que as empresas poderão alcançar uma eficiência operacional muito maior e, ao mesmo tempo, reduzir custos. Por exemplo, as soluções de IA no setor de atendimento ao cliente podem oferecer um suporte adequado e reduzir a necessidade de pessoal de forma significativa.

Avanço da Internet das Coisas

Com a consolidação da computação em nuvem e com a chegada do 5G, a Internet das Coisas (IoT) encontra um grande potencial para crescimento.

Dessa forma, as empresas poderão ter acesso a uma variedade ainda maior de dispositivos conectados, que geram dados importantes para as estratégias de negócio e proporcionam uma utilização mais eficiente de recursos.

Por meio de dispositivos inteligentes e conectados, é possível, por exemplo, efetuar manutenção preditiva de máquinas e equipamentos, racionalizar o consumo de energia elétrica, dentre outros benefícios.

Maior preocupação com a segurança da informação

Com a transformação digital, os dados passaram a ser um dos principais bens de uma empresa. Não é por acaso que eles estão sob constantes ameaças. Apesar dos benefícios das novas tecnologias, elas também possibilitam o crescimento dos ataques cibernéticos, que estão cada vez mais sofisticados.

Por isso, a segurança da informação, mais do nunca, deve figurar entre as principais preocupações da área de TI. Nesse contexto, as empresas devem inovar para contornar as vulnerabilidades de segurança.

Essa tendência se torna ainda mais relevante em função da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que deve entrar em vigor este ano. Nesse cenário, a adoção de soluções eficazes, como um Centro de Operações de Segurança (SOC, na sigla em inglês), torna-se uma tendência de TI muito forte.

Com essa abordagem, as empresas conseguem garantir a segurança da informação em diferentes níveis, tais como: prevenção, detecção, gestão e resposta a incidentes, avaliação de vulnerabilidades e monitoramento.

Democratização da TI

Durante muito tempo, as melhores ferramentas de TI foram privilégio de grandes corporações. No entanto, o desenvolvimento de novas soluções, como a nuvem, reduziu significativamente a necessidade de compra de hardware. Assim, o acesso a inovações tecnológicas tem se tornado cada vez mais democrático.

A tendência é que os recursos de TI sejam oferecidos na modalidade “serviço”. Dessa forma, a necessidade de aquisição de hardware é drasticamente reduzida. E as empresas podem pagar somente pelo que utilizar, conforme suas necessidades ou seu orçamento.

Outro ponto importante é que o uso da tecnologia tem se tornado cada vez mais fácil e intuitivo. Hoje, por exemplo, já é possível desenvolver aplicações sem grande conhecimento técnico, apenas selecionando os recursos disponibilizados em plataformas de desenvolvimento na nuvem. Segundo a Gartner, essa democratização será estendida a todas as pessoas, não somente às empresas.

Essas são algumas das tendências para a área de TI em 2020. Se você gostou deste conteúdo, aproveite para saber quando vale a pena contratar um outsourcing de TI!

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: