Consultor Especializado mais perto da sua empresa> Sou de Média e Grande Empresa Sou de Micro e Pequena Empresa

Para melhorar sua experiência, selecione um perfil de conteúdo:

21/dez
Cristina Cruz
Infraestrutura de TI X Qualidade da internet

A necessidade da tecnologia hoje nos faz refletir sobre a importância de se atualizar para conseguir se adequar ao novo cenário digital. Principalmente no mundo corporativo, é notável que aqueles que não se prepararam para a transformação digital estão ou estarão em breve muito defasados ou até mesmo excluídos do mercado.

Praticamente todos os processos de uma empresa estão relacionados à infraestrutura de TI, desde atividades simples e diárias como o envio de um e-mail para um cliente, um orçamento entregue no prazo, até procedimentos mais complexos como a segurança de dados e o fechamento de um negócio. Tudo é permeado pelo meio digital, fazendo com que este setor carregue grandes responsabilidades, que afetam diretamente o mundo corporativo.

Sendo assim, uma forte tendência nas grandes empresas tem sido contratar links cada vez mais rápidos, em que a ultra banda larga já não é vista como um investimento luxuoso, mas como uma redução no tempo de espera, somada ao aumento de produtividade, e como um facilitador no processo de logística.

Além disso, dada a alta competitividade do mercado atual, ter a possibilidade de atender clientes em outras cidades ou países é uma das vantagens proporcionadas pelo uso de uma internet de qualidade. A expansão mercadológica é o diferencial de uma boa gestão de TI. Mas isso não é tudo, os ganhos empresariais vão muito além da competitividade territorial: aumento na qualidade profissional, lucros maiores e suporte para a estruturação da governança corporativa.

Investir em infraestrutura é essencial

Mas para conseguir ter acesso a uma internet de qualidade e ultra rápida é preciso algo essencial: infraestrutura. Tanto para B2B quanto para o varejo, as relações comerciais permeadas pelo digital se consolidam ainda mais com o crescimento vertiginoso do uso de internet.

O Brasil não está tão longe das nações mais desenvolvidas quando se trata de internet. De acordo com relatório da CISCO, o país acompanha a tendência mundial e a quantidade de usuários de internet atingirá 141 milhões – o que representa 65% da população conectada até 2020 –, crescimento que fica acima da média mundial, que é de 52%.

O aumento do tipo de dispositivos e conexões também é muito expressivo. Chegaremos a, aproximadamente, 3,6 dispositivos per capita. Hoje, esta média é de 2,5 dispositivos per capita. Com relação às velocidades, em 2020, 51% de todos os dispositivos conectados na rede serão móveis, e a velocidade média da banda larga fixa no país vai crescer 2,3 vezes, entre 2015 e 2020, passando de 8,5 Mbps para 19,5 Mbps.

As operadoras também buscam expandir mercado de maneira rápida, garantindo preços competitivos. Além disso, temos a confiança de parceiros internacionais, que investem no país, buscando ampliar conexões e firmar negócios. Os que mais investem no Brasil atualmente são Estados Unidos, China, Japão, França, Espanha e Itália. Os recursos vindos de outros países são direcionados a segmentos diversos da economia e um desses é o setor de telecomunicações.

Falando localmente, a cidade de Uberlândia – MG MG, sede da Algar Telecom, ficou em primeiro lugar no ranking de melhor internet do país, definido pela consultoria Teleco no levantamento “Cidades Amigas da Internet”. A boa colocação da cidade deve-se a vários fatores, entre eles, autorizações em curto prazo e não cobrança de taxas abusivas.

Quer se aprofundar no assunto e saber mais sobre como a infraestrutura de internet é essencial para os negócios, como as operadoras brasileiras estão se preparando para o aumento vertiginoso de uso de dados e os grandes desafios que as aguardam pelos próximos anos? Baixe agora o nosso e-book: 

chamada-ebook-desafio-trafego-dados

 

Deixe seu comentário