Consultor Especializado mais perto da sua empresa> Sou de Média e Grande Empresa Sou de Micro e Pequena Empresa

Para melhorar sua experiência, selecione um perfil de conteúdo:

Executivos da Algar Telecom participam do ‘Futura Profissão’ do Canal Futura

Programa abordou a carreira do técnico de telecomunicações

07/mar
Cristina Cruz

Como uma das maiores empresas de TI e Telecom do país e a única 100% brasileira, a Algar Telecom é referência para profissionais e estudantes que decidem trabalhar no setor. É por isso que o diretor Marcelo Brum e o gerente de operações Hélio Mastrocolla, da regional São Paulo, foram convidados para participar do programa Futura Profissão, do Canal Futura, para falar sobre o dia a dia de um técnico de telecomunicações e as possibilidades da carreira.

O Futura Profissão, que é uma parceria entre o Futura e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), apresenta as amplas oportunidades dos empregos técnicos. Nessa edição, que foi ao ar no dia 01 de março, o foco foi no curso técnico de Telecomunicações, que habilita profissionais para implantar e operar equipamentos de redes e sistemas de Telecom. Para fortalecer ainda mais o conteúdo, foi apresentada a história das telecomunicações, seus equipamentos e os padrões de qualidade do trabalho.

E, para entender melhor sobre esses desafios, a apresentadora Flavia Espírito Santo visitou a sede da Algar Telecom em São Paulo. Além dos executivos, foram entrevistados também os técnicos de telecomunicações da empresa, que contaram um pouco sobre suas experiências na área, mostrando o que é feito na prática e o que utilizam no dia a dia. De acordo com Marcelo Brum, ser técnico é uma porta de entrada para o crescimento profissional. “É uma profissão que tem que ser muito valorizada e tem muito mercado pela frente”, reforça. Durante a entrevista, Hélio Mastrocolla explica como os serviços de Telecom estão presentes no cotidiano: “TV por satélite, TV por cabo, comunicação de dados, acesso à Internet, telefonia fixa e telefonia celular. A telecomunicação hoje é a base dos serviços das empresas”.

Atualmente, só no Brasil, o setor emprega cerca de 500 mil profissionais. A duração do curso é de um ano e meio e, ao se formar, o profissional técnico em telecomunicações pode trabalhar em empresas de telefonia fixa e móvel, empresas de radiodifusão, indústrias de telecomunicações, agências reguladoras e provedores de internet e em empresas de prestação de serviços e assistência técnica.

A demanda por esses técnicos costuma ser alta e a média salarial é de mil a três mil reais. Além disso, a procura cresce também com a implantação do sistema de telefonia 4G no país e os investimentos em TV digital. Apesar de o maior número de vagas ainda se concentrar em São Paulo e no Rio de Janeiro, que sediam as principais empresas do setor, Norte, Nordeste e Centro-Oeste ainda têm carência de profissionais qualificados. Neste ano, no entanto, é planejado um hub de inovação, entre o Ministério das Comunicações e o Banco do Nordeste para suprir tal necessidade.

Confira o episódio completo, com a participação da Algar Telecom, e conheça os desafios profissionais do técnico de telecomunicações:

Futura Profissão

O programa Futura Profissão vai ao ar todas as terças, às 23h, e repise às quintas e sábados, às 16h30. E está disponível também no Youtube.

Deixe seu comentário