Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

Entendendo perfis profissionais

Algar Telecom | 20 de dezembro de 2019

MPE

Os perfis profissionais nada mais são do que a divisão, em categorias, de características comuns observadas no ambiente de trabalho. Esse tipo de categorização é útil para entender como as pessoas se comportam profissionalmente.

Quer saber mais sobre eles? O post de hoje traz alguns dos principais tipos de perfis profissionais. Além disso, explicaremos um pouco sobre como identificá-los e o porquê isso é importante para o seu negócio. Acompanhe:

Conheça 8 tipos de perfis profissionais

1. Comunicador

Tem gente que parece ter o dom para se comunicar. Sabe se expressar com facilidade e clareza, consegue articular ideias e envolver as pessoas sem grandes esforços. Por isso, o profissional comunicador pode estar à frente de apresentações, reuniões importantes, além de mediar relacionamentos.

2. Analista

Entre os perfis profissionais, o analista é o mais perfeccionista de todos. Geralmente, aprecia a segurança, a estabilidade e gosta de estar no controle da situação. Diante disso, é o profissional perfeito para lidar com números, analisar dados ou realizar qualquer tarefa que exija precisão.

3. Competitivo

É fato que a competição no ambiente de trabalho nem sempre é positiva. No entanto, contar com alguns profissionais competitivos pode trazer benefícios para a empresa. Isso porque eles são capazes de “dar um gás” nas tarefas e correr riscos quando for necessário.

4. Influenciador

Como o nome diz, o influenciador é aquele que é bom em defender suas ideias e persuadir as pessoas. Para isso, ele precisa ser autoconfiante, entusiasmado e bastante objetivo. Sobretudo, em épocas de mudanças na empresa, o influenciador deve ser um dos principais aliados dos gestores.

5. Idealista

O profissional idealista costuma não desanimar diante dos obstáculos que aparecem no meio do caminho. Afinal, ele sempre acredita que os seus sonhos podem se tornar realidade. Por mais que de vez em quando seja preciso ajudá-lo a colocar os pés no chão, o idealista tem um perfil empreendedor que pode contribuir para o negócio.

6. Conselheiro

Há quem goste de encontrar soluções para os mais diversos problemas: esse é o conselheiro. Ainda que as ideias não sejam sempre as melhores, mais precisas e adequadas às situações, vale a pena contar com esse perfil de profissional. Tal postura propositiva é capaz de motivar os mais desencorajados.

7. Entusiasta

Entre os perfis profissionais, o entusiasta é o mais otimista, bem-humorado e cheio de energia. Ou seja, ele traz animação para o ambiente de trabalho, desafiando os outros a mostrarem todo o seu potencial. Porém, em certas ocasiões é preciso impor alguns limites.

8. Procrastinador

Enrolar um pouquinho uma hora ou outra para realizar uma tarefa é normal. O problema é quando isso se torna um problema recorrente. O procrastinador costuma deixar tudo para depois, o que é uma característica ruim sobretudo para as jornadas de trabalho mais flexíveis.

Como identificar os perfis profissionais?

Descobrir em qual perfil cada colaborador se encaixa não tem nada de adivinhação. Pelo contrário, vale a pena investir em procedimentos adequados realizados por psicólogos e profissionais competentes no assunto.

Avaliação vocacional e testes de comportamento estão entre as ferramentas usadas para identificar as características de cada pessoa. Aliado a elas, o próprio profissional pode colaborar a partir da observação das suas atitudes dentro da empresa, o que contribui para o autoconhecimento.

Vale a pena apontar que os perfis profissionais podem ser transformados, já que todos estão em constante processo de mudança e evolução. Sendo assim, as pessoas podem trabalhar para desenvolver novas habilidades, competências e comportamentos que almejam.

Por que conhecer o perfil dos colaboradores?

Em primeiro lugar, a identificação dos perfis profissionais ajuda os gestores a lidar com os diferentes tipos de personalidades. E, claro, a usar as características identificadas a favor da empresa e do desenvolvimento pessoal de cada colaborador.

Com isso, conhecer o perfil das pessoas com quem você trabalha pode funcionar como uma ferramenta estratégica para o negócio. Isso porque é possível delegar responsabilidades de acordo com as aptidões de cada um, favorecendo a motivação e produtividade.

E quando o esquema de trabalho é home office? O que fazer para manter a produtividade em alta? Confira aqui as 5 melhores soluções?

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: