MGE Algar Telecom | 26 de novembro de 2019

Conheça os tipos de rede e entenda qual o melhor para a sua empresa

Tempo de leitura: 5 minutos

As pessoas costumam pensar em redes de computadores de forma genérica. Ou seja, máquinas que se conectam entre si e compartilham recursos com o mesmo objetivo. 

Embora seja uma definição válida, a verdade é que existem diversos tipos de rede e cada uma conta com suas particularidades. Entender como elas funcionam é essencial para definir configurações funcionais, rápidas e seguras.

É simples pensar em como as redes funcionam. Se você observar um ambiente corporativo, por exemplo, verá que existem vários desktops e notebooks conectados, permitindo a comunicação e a troca de informações entre diferentes funcionários.

Mas, é claro, existem outros recursos em rede: impressoras, câmeras de circuito de vídeo, servidores de armazenamento, etc. Portanto, na verdade, o que chamamos de rede de computadores é um conjunto de vários dispositivos com poder de processamento.

Conheça os principais tipos de rede a seguir e entenda as melhores aplicações para cada conexão. Sabendo as características e vantagens de cada uma, você poderá escolher a melhor para o seu tipo de empresa.

Quais são os tipos de rede?

A definição de rede consiste em diversos processadores que estão interligados e compartilham recursos entre si. Uma empresa atualmente precisa se conectar não só dentro de um espaço. Assim, surgem diversos tipos de rede para atender suas necessidades, veja os principais a seguir. 

MAN

Essa opção de rede é adequada para casos de interligação de computadores a poucos quilômetros de distância. 

MAN, Metropolitan Area Network, é uma rede metropolitana que conecta várias redes locais até algumas dezenas de quilômetros de distância. É bastante utilizada por empresas que possuem diferentes escritórios em um mesmo bairro ou município. 

WMAN

WMAN é uma versão rede sem fio da MAN. Ou seja, também é capaz de conectar computadores a dezenas de quilômetros de distância. Porém, neste caso, por wireless. 

Muito utilizada na interligação de redes de escritórios e universidades, conectando seus campus. 

WWAN

Alcançando uma distância maior, esse tipo de conexão interliga computadores a uma rede, podendo chegar a várias partes do mundo. 

Justamente por ser uma rede de longa distância, WWAN (Wireless Wide Area Network) está mais sujeita a ruídos. Sendo uma das redes mais comuns para que operadoras de celulares desenvolvam suas redes de transmissão.

SAN

O caso da SAN, Storage Area Network, funciona como uma rede de área para armazenamento. Sendo utilizada para realizar a comunicação de um servidor e outros computadores.

Assim, ela tem uma função restrita, que é armazenar dados de rede.

LAN

Para melhor entendimento, retome o exemplo da introdução deste artigo. Suponha que não haja conexão com a internet. Assim, essa rede representa um ambiente delimitado. Os dispositivos compartilham uma extensão do espaço físico e todos os recursos de segurança também estão dentro desse perímetro corporativo.

Dentre os tipos de rede, essa é a configuração típica de uma rede local (LAN – Local Area Network). As redes LAN cobrem uma área limitada, com uma faixa estreita de IPs. As redes da sua empresa, de uma universidade e de um hospital podem ser uma LAN, por exemplo.

Imagine que você precisa se comunicar com um escritório diferente da sua empresa, a 3.000 quilômetros de distância. Neste caso, você pode utilizar uma solução LAN to LAN ou uma rede WAN (Wide Area Network).

WAN

A internet é o principal exemplo de uma rede WAN. Ela interconecta dispositivos em todo o mundo.

As redes de longa distância podem manter os ambientes corporativos integrados, mesmo que as filiais estejam longe uma da outra. Portanto, empresas com operações em diferentes países podem adotar esse tipo de rede para garantir uma comunicação eficiente.

Um dos desafios encontrados por organizações que contam com mais de uma unidade é fazer a gestão de sua WAN de forma segura, simples e otimizada.

Isso acontece porque, com um grande nível de equipamentos utilizando o mesmo canal de comunicação, a tendência é que ocorra uma baixa performance da rede. Para resolver esse problema é necessário investir em balanceamento do tráfego de dados e redundância de links.

WLAN

Quando não são usados cabeamento, temos o que conhecemos como WLAN (Wireless Local Network). Nesse caso, as ondas de rádio são usadas para conectar dispositivos pela rede.

Por não haver conexões externas, pode-se dizer que dentre os tipos, esses dois são os que envolvem menos riscos de segurança. No entanto, as configurações corretas da LAN e da WLAN são muito importantes.

Com base em faixas de IP, é possível, por exemplo, restringir o acesso de um grupo de usuários a servidores específicos ou a diretórios presentes na rede. Assim, utilizando a configuração correta é possível garantir o acesso de informações confidenciais ou de uso exclusivo de um setor da empresa.

SD-WAN

O último dentre os diferentes tipos de rede de comunicação é SD-WAN, uma rede de área ampla definida por software.

Nela, é possível definir o balanceamento de recursos, o que ajuda a garantir melhor desempenho. Essa solução é especialmente importante nos dias atuais, devido ao grande aumento do uso de aplicativos em nuvem.

Como uma arquitetura de WAN centralizada  — fornecida em nuvem — SD-WAN facilita a escalabilidade em milhares de endpoints, estejam eles na filial, na sede ou na nuvem.

Além de simplificar o gerenciamento, esse tipo de rede aprimora a experiência do usuário, uma vez que permite um melhor desempenho dos aplicativos. Da mesma forma, é possível aumentar a segurança, pois essa solução conta com ferramentas específicas para proteger o tráfego de informações.

Qual é o melhor tipo de rede para empresas?

Acompanhando as mudanças do mercado, é possível perceber a dispersão de um lugar fixo de força de trabalho sendo adotada por empresas. Isso quer dizer que a conexão com servidores e endpoints ganha um novo cenário. 

Para aumentar a conectividade e, simultaneamente, ter segurança de informações acessadas por dispositivos, a Algar Telecom desenvolveu SD-WAN Super Seguro

A solução é capaz de oferecer uma forma dinâmica e inteligente de gerenciar a rede por meio de um controlador que constrói protocolos de segurança entre as localizações automaticamente.

SD-WAN Super Seguro também:

  • Criptografa o tráfego de site a site;
  • Realiza o roteamento de forma inteligente;
  • Possui medidas básicas de segurança inerente;
  • Ajuda a centralizar o gerenciamento e política de roteamento e segurança;
  • Baseia-se na virtualização da WAN;
  • Reduz os custos e otimiza tempo;
  • Oferece manutenção proativa e análises avançadas.

Esse tipo de rede permite que sua empresa seja controlada totalmente e conecte-se a todas as unidades de negócio de maneira mais simplificada e eficiente. 

Agora você já conhece os principais tipos de rede disponíveis no mercado e reconhece a melhor para sua empresa, aproveite e conheça mais sobre a solução SD-WAN da Algar Telecom.

Deixe seu comentário