Inovação Algar Telecom | 6 de julho de 2021

Gestão financeira em tempos de crise: por que é ainda mais importante?

Tempo de leitura: 5 minutos

Uma gestão financeira sólida é fundamental para a sua empresa superar esse momento de crise. Confira algumas dicas.

A pandemia atingiu em cheio o mundo corporativo e desencadeou uma verdadeira crise em muitas empresas. E, embora o momento mais difícil esteja sendo superado pouco a pouco, ainda há um longo caminho pela frente rumo à recuperação. E nessa jornada, uma gestão financeira sólida será fundamental para trazer segurança para o negócio.

Concentrando as principais ações que envolvem a análise e o controle do fluxo financeiro da empresa, a gestão financeira tem sempre um papel fundamental. Mas, em tempos de crise, ela deve ser desenvolvida com máximo de excelência.

Pensando nisso, criamos este artigo para mostrar a importância da gestão financeira neste momento de recuperação econômica. Continue lendo e confira.

Boa leitura!

Qual é a importância da gestão financeira?

Sem o devido equilíbrio financeiro é praticamente impossível que a sua empresa se mantenha em atividade por muito tempo. Ou seja, por si só, a gestão financeira é uma estratégia que deve existir de maneira contínua.

No Brasil, por exemplo, é grande o número de empresas que encerram suas atividades em menos de 5 anos de existência simplesmente porque os seus gestores não conseguem manter a disciplina financeira.

Muitos desses empresários acabam se deslumbrando por estar iniciando o próprio negócio e deixam de lado a disciplina financeira. Compram, fecham contratos e negociam sem um planejamento prévio.

Por outro lado, com uma gestão financeira bem construída e seguida disciplinarmente, muitos desses equívocos são evitados, tornando possível manter rotinas mais eficientes e negociações dentro da realidade do negócio.

Por que focar na gestão financeira em tempos de crise?

Em tempos de crise, como é o nosso momento atual em razão da pandemia, cada decisão deve ser devidamente planejada e analisada. Afinal a empresa está com menor renda e qualquer equívoco pode resultar em um prejuízo incalculável.

A gestão financeira é justamente a parte responsável pelo planejamento, controle e decisões estratégicas. Os princípios de um gerenciamento financeiro, como análise interna, disciplina nas aquisições, controle do fluxo e monitoramento diário, são fundamentais para o equilíbrio e crescimento gradual da empresa em um momento de crise.

Como fazer uma boa gestão financeira em tempos de crise?

Um ponto em comum que não pode faltar à gestão financeira em tempos de crise é a união de todos os colaboradores em prol de uma superação gradativa. A partir desse entendimento coletivo se torna mais fácil colocar os outros passos em prática.

Confira as nossas dicas.

Avalie os recursos da empresa

Você já sabe que o cenário é de crise – e sendo um problema macroambiente, a resolução não está ao alcance do seu negócio.

Nesse sentido, cabe a sua gestão financeira avaliar os recursos atuais a fim de se certificar sobre as reais condições da empresa. Calcule os custos (fixos e variáveis), some os recebíveis e analise exatamente o quanto é necessário para manter o negócio funcionando.

Diminua os gastos possíveis

Agora que você já sabe sobre as condições reais da empresa, é hora de começar a cortar os custos. Ainda que o levantamento financeiro não aponte uma situação preocupante, durante um período de crise é importante eliminar gastos supérfluos ou que apresentem baixo retorno.

Além disso, é fundamental avaliar pontos como contratação de terceirizados, horas extras etc. Em suma, analise possibilidades como:

  • diminuição da folha de pagamento;
  • redução do tempo de trabalho;
  • integração de equipes.

Adote uma ferramenta tecnológica para controle financeiro

Toda análise de recursos e redução de custos demanda um estudo aprofundado e eficiente por parte do gestor financeiro. Logicamente, uma pesquisa tão detalhada não é possível ser realizada de forma manual. Além de tomar um longo tempo, ela corre grande risco de falhas.

Por isso um sistema de gestão financeira se faz tão necessário. Com uma ferramenta especializada, você consegue manter o controle total do fluxo financeiro da sua empresa e tomar decisões com base em dados concretos.

Além disso, um sistema de gestão financeiro é capaz de automatizar diversos processos, o que permite uma redução de mão de obra sem comprometer a produtividade da empresa.

Enfim, em tempos de crise a sua empresa não deve se descuidar um segundo da gestão financeira. É preciso manter o controle dos custos e recebimentos e garantir o equilíbrio das contas fixas. Então, analise as dicas apresentadas e passe por essa fase de maneira mais tranquila.

Gostou do artigo? Aproveite para baixar o nosso infográfico com 5 passos importante para uma gestão financeira eficiente na imagem abaixo.

Deixe seu comentário