Gestão Algar Telecom | 7 de abril de 2020

Não vendeu tudo no Natal? 4 dicas para fazer uma queima de estoque eficiente

Tempo de leitura: 5 minutos

Certamente, você planejou uma quantidade de produtos para vender no fim do ano. Afinal, esse período costuma ser ótimo para alavancar o comercial da empresa. Mas o que fazer com os que não foram vendidos? Você sabe como promover uma queima de estoque eficiente?

Considerando que materiais parados é prejuízo, confira algumas dicas para fazer uma queima de estoque eficiente de tudo o que não foi vendido no Natal!

1. Mapeie os produtos que estão parados no estoque

O primeiro passo é fazer um levantamento de todos os produtos que estão parados no estoque. Se a sua empresa tem um sistema de Enterprise Resource Planning (ERP) que permite fazer a análise de indicadores, esse processo fica ainda mais fácil.

Assim, é possível avaliar quais são os produtos que:

  • têm mais saída;
  • não venderam;
  • vendem mais em uma determinada época (como datas comemorativas);
  • venderam pouco;
  • estão com prazo de validade apertado.

Dessa maneira, é possível definir quais são os materiais que precisam de um marketing mais agressivo e os que podem ficar para um segundo plano — aqueles que você consegue vender facilmente em um momento posterior.

Leia também: COMO RETOMAR O MOVIMENTO APÓS AS VENDAS DE FIM DE ANO

2. Crie um planejamento de queima de estoque

Depois de descobrir quais são os produtos prioritários, é interessante criar um planejamento de queima de estoque. Apenas criar um post nas redes sociais informando “produto x: de R$ 199,00 por R$ 99,00”. Pense fora da caixa e elabore programas criativos, tais como:

  • brindes: nas compras acima de um determinado valor o cliente ganha um presente;
  • descontos progressivos: se o cliente comprar mais de um produto, tem desconto em outros itens;
  • presente de aniversário: o cliente ganha um mimo se comparecer na sua empresa no dia do aniversário;
  • kits de produtos: ao comprar um produto, o cliente ganha outro.

3. Invista nos clientes promotores do seu negócio

Os clientes promotores são aqueles que estão satisfeitos com a sua empresa e são defensores da sua marca. Por isso, uma estratégia interessante é ter uma lista de contatos atualizada e oferecer descontos para os relacionamentos antigos.

Crie uma lista de produtos que possa ser do interesse do seu cliente e envie uma mensagem, faça uma ligação ou envie um e-mail convidando-o a acessar as promoções e garantir descontos exclusivos. Assim, é uma maneira de fazer com que o consumidor se sinta valorizado e se torne ainda mais fiel à sua marca.

4. Invista no poder do marketing digital para ter uma boa queima de estoque

As novas tecnologias surgem para ajudar a otimizar o fluxo de trabalho de todas as empresas. Por isso, investir no marketing digital para divulgar promoções e descontos é essencial.

Crie um calendário de conteúdo interessante para conduzir o seu cliente pela jornada de compra. Assim, os seus vendedores recebem leads qualificados, bastando a você apenas tirar os pedidos e ver os indicadores comerciais subirem.

Lembre-se de que os anúncios precisam ser criativos, diferentes, chamativos, objetivos e dinâmicos. Explore diversos canais para criar um senso de urgência, mostrando ao cliente que ele realmente precisa do seu produto.

Se você está com produtos parados porque não vendeu tudo no Natal, agora é o momento para fazer uma queima de estoque. Seguindo as dicas deste conteúdo, temos certeza de que a sua equipe arrasará nas vendas e não vai sobrar nenhum produto para contar história!

Agora que você aprendeu como fazer uma queima de estoque eficiente, que tal conferir também como dar desconto sem prejudicar o seu lucro? Boa leitura!

gestão financeira

 

Deixe seu comentário