Gestão Algar Telecom | 6 de novembro de 2020

Metodologia ágil: a importância de conhecer o cliente

Tempo de leitura: 5 minutos

O modelo que ficou conhecido como metodologia ágil ganha cada vez mais popularidade por ser uma alternativa eficiente à gestão tradicional de projetos.

Diante da dinâmica do cenário atual, as empresas precisam adequar suas práticas de desenvolvimento de produtos e serviços para não ficar para trás. Além de aumentar a satisfação dos clientes, os projetos devem entregar mais valor e potencializar as entregas.

A seguir, vamos explicar melhor o que é metodologia ágil, como ela ajuda a conhecer o cliente e desenvolver projetos mais eficientes.

Tem interesse em aplicá-la na sua empresa? Então continue lendo!

O que é metodologia ágil?

Para entender como a metodologia ágil funciona, vale a pena saber como ela surgiu. Por meio do Manifesto Ágil, um grupo de programadores lançou um método para acelerar a entrega de softwares e aumentar a satisfação dos clientes.

Isso porque geralmente os projetos demoravam para sair por conta de erros e questões burocráticas. Então eles resolveram criar o próprio sistema de gestão, em dia com as exigências da transformação digital.

Portanto, o que esses programadores fizeram foi criar processos mais simples e interativos, que pudessem ser aplicados desde a concepção do projeto até a entrega do produto.

Além de propor entregas mais rápidas, a metodologia ágil busca a melhoria contínua por meio de ciclos de feedbacks constantes e maior flexibilidade em relação ao escopo do projeto. Dessa forma, é possível se adaptar às mudanças, atender às necessidades do cliente e gerar mais valor.

A eficiência da metodologia ágil é tanta que passou a ser adotada em outras áreas, não apenas pela TI. Assim, revolucionou a gestão de projetos em diversos setores.

Metodologia ágil: tomando o lugar da metodologia tradicional

Conhecido também como metodologia cascata, o método tradicional de gestão de projetos é definido por etapas. Mas isso faz com que o processo de desenvolvimento de um produto ou serviço demore e a entrega fica apenas para o final.

Na metodologia ágil, o planejamento é substituído pela adaptação. E os projetos são divididos em pequenas entregas.

Com isso, cada entrega é encarada como um projeto menor. Nesse novo esquema, de ciclos mais rápidos e eficientes, o cliente consegue ver os resultados e dar feedbacks sempre que um ciclo é concluído.

Ao contar com a participação do cliente, os produtos podem ser aprimorados ao longo do processo de desenvolvimento. Ou seja, é possível entregar mais valor em menos tempo, já que a versão final é muito mais alinhada com as expectativas do cliente.

Vale dizer que a metodologia ágil pode ser baseada em diferentes modelos, como Scrum, Kanban, XP, Nexus, entre outros. E a escolha do modelo mais adequado vai depender do contexto da empresa.

Como a metodologia ágil ajuda a conhecer o cliente

Os modelos tradicionais costumam ficar muito presos ao que foi definido no planejamento. Por isso, acabam se fechando às mudanças. Mas a metodologia ágil está aí para mostrar o quanto as alterações são bem-vindas.

Tanto é que um dos seus maiores diferenciais é a participação não só dos colaboradores mas sobretudo dos clientes.

Quando os clientes participam do desenvolvimento, a empresa consegue entender melhor quais são as suas necessidades. Afinal de contas, eles contribuem ativamente para a melhoria do projeto, dando opiniões e até propondo mudanças.

Conheça algumas vantagens da metodologia ágil

1. Aumenta a satisfação do cliente

Sem dúvidas, este é um dos maiores benefícios. O cliente se sente mais satisfeito não apenas porque as entregas são mais rápidas.

A satisfação também se deve à priorização das necessidades do cliente. E as barreiras burocráticas ficam em segundo plano.

2. Fortalece a colaboração

Por conta da divisão de entregas, cada equipe tem uma função. Sendo assim, não existe uma centralização de autoridade.

Essa configuração faz os colaboradores ajudarem mais uns aos outros, pois sabem que cada um tem um papel fundamental para o projeto. Ou seja, o trabalho de um depende do trabalho do outro.

3. Previne erros

É frustrante identificar um erro ao olhar para o resultado final. Isso costuma acontecer no desenvolvimento de produtos baseado na metodologia tradicional.

Na metodologia ágil, é diferente. Conforme as entregas vão sendo feitas, os erros podem ser rapidamente identificados. Assim, elimina o risco de gerar outros erros na sequência.

4. Gera economia

Ao trazer mais agilidade e eficiência para os projetos, a metodologia ágil ajuda a economizar não apenas tempo como também recursos financeiros e esforços.

No desenvolvimento de produtos, economizar ao longo do processo faz toda a diferença para o lançamento no mercado.

Quer se aprofundar mais no assunto? Então confira as dicas de como implementar a metodologia ágil na sua empresa!

Deixe seu comentário