Finanças Algar Telecom | 27 de novembro de 2020

Retomada do comércio pós-pandemia: como a gestão financeira pode ser crucial para o sucesso do seu negócio

Tempo de leitura: 5 minutos

É fato que o ano de 2020 jamais será esquecido pelos empresários. Mas, com a retomada gradativa das atividades, é hora de olhar para frente e recuperar ao máximo os números que foram perdidos durante a pandemia. E, para uma recuperação mais segura, uma gestão financeira estável é essencial.

Com o comércio sendo uma das áreas mais afetadas, as empresas do setor tiveram que amargar prejuízos e refazer seus planos. Por isso, no pós-pandemia, o trabalho deve ser pensado de forma estratégica, com a gestão financeira trazendo a segurança que as outras áreas precisam.

Para entender mais sobre a relação entre uma boa gestão financeira e o sucesso da sua empresa no pós-pandemia, confira o nosso artigo completo sobre o assunto.

Boa leitura!

Por que uma boa gestão financeira é essencial no pós-pandemia?

Um estudo recente do Sebrae mostrou que foi grande o número de empresas brasileiras atingidas pelos impactos negativos da pandemia. Porém, o mesmo estudo reforça que muitas conseguiram se manter em funcionamento por causa de um trabalho mais estratégico da gestão financeira.

Com corte de custos e renegociação de contratos, por exemplo, o setor financeiro trouxe a estabilidade que as empresas precisavam no momento mais adverso e permitiu até mesmo que muitas delas mantivessem os empregos dos funcionários.

Isso deixa claro que a gestão financeira é a base para que um negócio mantenha suas atividades mesmo durante as crises. E agora, diante de uma retomada econômica, não é diferente. Ao cuidar do seu setor financeiro, você garante mais respaldo para um passo mais incisivo.

Dicas importantes

Para retomada dos negócios , veja algumas dicas que podem ser consideradas pela sua gestão financeira!

Conheça os números reais e atuais da sua empresa

A pandemia certamente trouxe algumas dificuldades financeiras para o seu negócio e contratempos que não estavam nos seus planos, não é?

Por isso, antes de qualquer tomada de decisão mais direta, é preciso “arrumar a casa”. Faça uma análise do cenário financeiro da empresa, identificando os números reais do dinheiro em caixa, dos lucros e dos prejuízos.

A partir daí, você deve traçar planos de ação de curto e longo prazo, considerando a realidade do seu negócio bem como o momento do mercado.

Recalcule metas e gere receita

No início do ano, você certamente tinha metas mais ousadas para a sua empresa, com a equipe de vendas preparada para superar as expectativas. Mas tudo isso ficou para trás, e ficar lamentando pelo que passou não vai ajudar.

O trabalho da gestão financeira agora deve focar em recalcular as possibilidades da equipe de vendas, readequando as metas para o momento atual. O intuito principal é gerar receita para manter o negócio funcionando sem grandes sustos.

Utilize um sistema de gestão financeira

Por mais que falemos em análise de números, estudo de cenário e reavaliação de metas, sabemos que essas ações não são simples de serem realizadas de maneira manual.

Mas o fato é que uma empresa que deseja ser minimamente competitiva não pode gerir o seu setor financeiro de forma manual ou com ferramentas obsoletas.

Independentemente de crise, você precisa contar com ferramentas que otimizem os processos e tragam maior segurança para o trabalho das equipes. E, para o momento atual, isso se torna vital.

Portanto, invista em um sistema de gestão financeira que permita o controle total do fluxo financeiro do seu negócio e facilite a execução de iniciativas como as que foram citadas nos tópicos anteriores. Em um mundo cada vez mais digital, o sucesso do seu negócio passa muito pela utilização de um software de alta qualidade.

Empreendedores para se inspirar

Para servir de inspiração, conheça alguns empreendedores que com algumas ações conseguiram impedir o encerramento de suas empresas durante a pandemia.

Buriti Zen

A empresária e chef Ana Paula Boquadi, dona do restaurante Buriti Zen, percebeu que não conseguiria manter a mesma rotatividade de clientes por causa das medidas de restrição durante a pandemia.

Para evitar maiores prejuízos, a chef fortaleceu o modelo de marmitas no restaurante e implementou o serviço delivery. Claro, para que a estratégia funcionasse foi preciso melhorar a comunicação nos canais de atendimento e aperfeiçoar o modelo de entregas.

No final, o Buriti Zen conseguiu se manter forte e até igualou a média de vendas que já tinha antes da pandemia.

Clube de Remo Brasília

O setor de lazer e entretenimento também sofreu grande impacto nesse período – com alguns empreendimentos proibidos de funcionar até hoje. O Clube de Remo Brasília passou por isso e viu a renda com aluguel de equipamentos e realização de atividades chegar perto de zero.

Para não fechar as portas, os proprietários André Luiz Correia e Mônica Augusta tiveram que readaptar completamente os serviços oferecidos no local, investindo na preparação e entrega de café da manhã e almoço. Mas, antes disso, tiveram que realizar uma redução drástica nos gastos e um estudo de gestão financeira para identificar algumas possibilidades.

Com tudo resolvido, as vendas passaram a ser feitas de maneira on-line e as entregas no modo delivery. Assim, houve possibilidade de manter o estabelecimento principal, ainda que de portas fechadas, até a liberação das atividades.

Enfim, o mundo voltou a girar, e aqueles que ainda estão olhando para o passado tendem a ficar para trás. Como vimos, por mais que o cenário não seja dos mais favoráveis, é possível trabalhar uma gestão financeira que traga mais estabilidade e segurança para a retomada dos negócios. Então, analise as dicas apresentadas e mantenha a sua empresa sempre em alta no mercado.

Continue no nosso blog e confira agora 5 dicas para otimizar a gestão financeira da sua empresa.

Deixe seu comentário