Consultor Especializado mais perto da sua empresa> Sou de Média e Grande Empresa Sou de Micro e Pequena Empresa

Para melhorar sua experiência, selecione um perfil de conteúdo:

25/maio
Cristina Cruz
Grandes ambientes de TI: como monitorá-los?

Hoje, a sociedade vive o auge da chamada Era da Tecnologia, cenário no qual a informação se tornou uma forte moeda, capaz de movimentar substancialmente as estratégias de crescimento das médias e grandes corporações. De fato, a vasta produção de dados, que já ultrapassou a casa dos quintilhões de bytes por dia, aponta para a irreversível digitalização que o mundo está vivendo. E, por consequência, as grandes companhias passaram a tratar as informações como um combustível precioso para que continuem sendo relevantes frente às concorrentes.

Diante desse cenário, a gestão de TI se tornou fundamental para o desenvolvimento das estratégias de crescimento no meio corporativo. As profundas e frutíferas mudanças no campo da tecnologia da informação, o desenvolvimento de ferramentas inovadoras e as novas demandas do mercado consumidor estão transformando profundamente a forma de se conduzir negócios.

Sob este contexto, em que o setor de TI já não é mais responsável somente pelo operacional tecnológico das empresas, mas também pela articulação das principais estratégias de crescimento do negócio, os ambientes de tecnologia das grandes corporações estão se tornando cada vez mais robustos. Por isso, a necessidade de monitoramento e segurança dos equipamentos e dados trafegados se mostra ainda mais latente, tornando-se um investimento indispensável para fortalecer a dinâmica das empresas.

O poder do setor de TI nas grandes corporações

Se os ambientes de TI se tornaram o principal centro da articulação estratégica das grandes empresas, onde o dado é munição para a obtenção de melhores resultados, todo o setor de TI, além da rede utilizada por determinada companhia, precisa ser minuciosamente controlado e estar 100% disponível. Esse investimento é primordial, porque, hoje em dia, a partir da análise de dados, as empresas podem tomar inúmeras decisões para ganhar mais mercado, como qualificar a sua equipe de outra forma, aprimorar os processos internos, sofisticar as operações de entrega etc.

Por consequência desse poder do setor de TI no meio corporativo, os insumos tecnológicos que mantém as empresas em pleno funcionamento precisam ser abrigados em ambientes de redes bem planejados, integrados, velozes, funcionais e, principalmente, seguros. Mitigar erros nos inúmeros processos digitais comuns em empresas de grande porte é fundamental para o bom funcionamento da companhia.

Nesse sentido, o ambiente de TI pode ser equiparado a um “órgão vital” da empresa. Mais especificamente, a uma espécie de coração, cuja função mais importante é interligar e manter a atividade de todos os outros setores da companhia em pleno funcionamento. Como esses ambientes são importantes e desempenham um papel vital dentro das corporações, o seu monitoramento deve ser constante, porque, qualquer erro, pode desencadear um profundo prejuízo.

O que significa monitorar grandes ambientes de TI?

Se o setor de TI se equivale ao coração humano, em grau de importância, para o bom funcionamento de toda a empresa, gerenciar esse ambiente é uma operação bem complexa, que demanda processos específicos. Em outras palavras, para que esse ambiente tenha um bom desempenho, é preciso utilizar softwares e hardwares que sejam capazes de aprimorar as operações realizadas.

No entanto, ainda que esses ambientes estejam equipados com máquinas ultramodernas e os softwares mais atuais e especializados, não é possível garantir que não haja gargalos nos processos fundamentais. Por isso, mais do que contar com hardwares e softwares de ponta, é necessário fazer um monitoramento constante desses ambientes de TI a fim de eliminar ameaças e interrupções que possam travar seu desempenho.

Ficar vulnerável a erros, falhas e travamentos pode fazer com que a corporação sofra grandes prejuízos; dependendo do problema no ambiente de TI, a produtividade da companhia pode receber um forte impacto negativo.

Nesse cenário, monitorar o desempenho do ambiente de TI de uma corporação significa preveni-la de possíveis problemas ou detectar, mais facilmente, indícios que possam apontar para alguma anormalidade do sistema e qual a melhor solução a ser tomada. Ademais, o monitoramento pode, além de prever erros, identificar oportunidades estratégicas para que medidas sejam adotadas com o objetivo de se expandir a rede ou aperfeiçoar determinado serviço. Mais especificamente, o monitoramento deve ser proativo e reativo, isto é, ser capaz de antecipar e/ou solucionar problemas já detectados.

Para além de resolver problemas nos processos de TI, ou maximizar a eficiência desses ambientes e de sua capacidade produtiva, o monitoramento também deve ser realizado para garantir a segurança dos dados. Isso, porque qualquer ameaça ou ataque à rede de uma empresa pode danificar seus dados, procedendo na perda ou comprometimento das informações.

Principais benefícios do monitoramento de grandes ambientes de TI

  • Garantia de disponibilidade da infraestrutura de TI;
  • Confiabilidade aprimorada;
  •  Controle de acesso à rede;
  • Projeção e avaliação de tendências;
  • Documentação de configuração;
  • Suporte ao usuário;
  •  Gerência de problemas;

Max Monitor é a plataforma completa para monitorar grandes ambientes de TI

Ao optar por determinada estratégia de monitoramento da infraestrutura de TI, o setor responsável pelos ativos de tecnologia da informação de determinada companhia deve optar por plataformas capazes de garantir o total controle do ambiente, da rede e dos serviços de TI em funcionamento. Para tanto, deve contar com ferramentas de análise completas, com funções que ofereçam um controle abrangente.

Nesse sentido, essas ferramentas devem ser capazes de apresentar as métricas de maneira visual (por meio de gráficos, números, infográficos e mapas) e, a partir dessas informações, fornecer subsídios ao setor de TI para tomadas de decisões.

O Max Monitor é uma plataforma de monitoramento que a Algar Telecom disponibiliza para que seus clientes possam, a qualquer momento, obter informações críticas sobre o funcionamento dos seus serviços permitindo rapidamente detectar, diagnosticar e resolver problemas, além de acompanhar o desempenho e ter subsídio para tomada de decisões com uma visão centralizada, simples, intuitiva e um atendimento próximo.

A solução permite que empresas de qualquer porte possam investir em tecnologia e aplicações tendo a certeza de que todo o suporte de suas operações continuará funcionando da melhor maneira e, caso haja qualquer anormalidade, a rápida identificação permitirá agilidade na tratativa dos problemas.

O principal objetivo da solução é que o gerenciamento seja feito de forma simples, fácil e ágil, garantindo a segurança necessária para o funcionamento de qualquer negócio. Além do controle e melhora do desempenho das tecnologias e dispositivos, as informações coletadas por medições e análise de tendências contribuem com os direcionamentos dos negócios e a tomada de decisões técnicas e estratégicas.

Agora, que você conhece os benefícios de monitorar e controlar os ambientes de TI da sua empresa, deseja implementar ferramentas, como o Max Monitor? Compre agora a solução ou agende uma visita com um dos nossos consultores e saiba como contratar o Max Monitor da Algar Telecom, clicando aqui!

Deixe seu comentário