TI Algar Telecom | 18 de fevereiro de 2021

Casos de ciberataque aumentam no Brasil: saiba como proteger os dados da sua empresa

Tempo de leitura: 5 minutos

O ano de 2020 não foi comum e trouxe diversos impactos às nossas vidas. No mundo empresarial, as mudanças foram inúmeras, com o aumento da adoção do teletrabalho, o popular home office, sendo a principal delas. 

A mudança para um modelo de trabalho remoto, embora tenha trazido diversos benefícios, também trouxe algumas novas preocupações. No topo da lista está a segurança de dados

Nos últimos anos, os dados da empresa se tornaram seu principal ativo. Como tal, o armazenamento correto e a proteção dessas informações também se tornou prioridade para empresas, especialmente com a pandemia do coronavírus. Saiba como não se tornar também vítima de um:

Os impactos da pandemia na segurança de dados

A pandemia do coronavírus pegou empresas de surpresa: de uma para outra, grande parte delas se viu obrigada a enviar seus funcionários para casa como forma de conter a propagação do vírus.

Aquelas que já estavam caminhando em sua jornada de transformação digital saíram na frente. Mas, infelizmente, não eram a maioria.

O que vimos foi um forte movimento de pressão sobre as equipes de TI para implantar (e proteger) sistemas que permitissem que o trabalho remoto acontecesse. Ao mesmo tempo, hackers e cibercriminosos aproveitaram o momento para explorar brechas nesses sistemas.

De janeiro a novembro de 2020, o número de ataques cibernéticos registrados no Brasil foi 394% maior do que no mesmo período de 2019. E o grande motivo para isso foi a mudança abrupta para um novo modelo de trabalho, sem que empresas e funcionários estivessem prontos para isso.

Mesmo meses depois do início da pandemia, com algumas organizações voltando ao modelo de trabalho presencial, mesclando as duas modalidades ou adotando de vez o home office, a expectativa é de que os números de ciberataques aumentem.

O mercado do cibercrime está crescendo ano após ano. A expectativa é de que, após consolidarem os números, os impactos financeiros causados por ataques cibernéticos em 2020 cheguem a US$ 1 trilhão.

E se engana quem pensa que apenas grandes corporações são alvos de um ciberataque. As pequenas e médias empresas também estão na mira dos hackers, e podem sofrer ainda mais com isso, afinal cerca de 60% das pequenas empresas fecham as portas após invasões. O que fazer, então, para se proteger?

Veja mais >> Vantagens de contratar a solução Proteção Web para a segurança de dados do seu negócio

Como proteger seus dados de um ciberataque

A boa notícia é que proteger seus dados de um ciberataque pode ser mais em conta do que parece. Basta proteger a principal porta de entrada que os criminosos usam para a rede da sua empresa: a internet.

Atualmente, quase a totalidade dos ataques cibernéticos chegam aos computadores da empresa por meio da web. Seja por e-mails de phishing ou sites com links maliciosos, é na grande rede que mora o perigo maior às suas informações.

Optar por uma solução que protege o tráfego indo e voltando para sua rede, portanto, é fundamental. Esse tipo de solução permite monitorar como sua equipe está utilizando a internet para ficar atento a qualquer sinal de ameaça.

Com a ferramenta, você pode receber relatórios semanais sobre o uso da rede para mitigar possíveis problemas antes que eles causem impactos negativos. Sites e links maliciosos podem ser detectados com antecedência, prevenindo que malwares e outros tipos de vírus entrem na sua rede e possam se mover lateralmente dentro dela.

Quer proteger sua rede contra o ciberataque? Conheça o Proteção Web, a solução da Algar Telecom para manter sua rede mais segura e seu orçamento controlado!

 

Deixe seu comentário