Consultor Especializado mais perto da sua empresa> Sou de Média e Grande Empresa Sou de Micro e Pequena Empresa

Para melhorar sua experiência, selecione um perfil de conteúdo:

19/jun
Redator MPE
Segurança Digital: como os bancos cuidam da sua informação?

Uma nova era chegou. A transformação digital trouxe diversos novos desafios para as empresas que trabalham com dados. Diante desse cenário, a segurança digital se tornou uma das principais necessidades para as empresas, que possuem dados de seus clientes, e se torna uma preocupação constante para os bancos.

 

Você sabia que o sistema bancário é um dos principais usuários da segurança digital? Afinal, as informações de milhares de clientes estão em seus bancos de dados e seria desastroso se o acesso fosse transposto. Assim, os investimentos em novas tecnologias crescem a cada ano, chegando a quase 19 bilhões em 2016, segundo pesquisa da Federação Brasileira dos Bancos (FEBRABAN).

Neste artigo, veja como os bancos cuidam da sua informação no âmbito da segurança digital! Acompanhe:

Os bancos e a segurança digital

Para garantir que seus clientes tenham total sigilo de seus dados e movimentações financeiras os bancos utilizam alguns sistemas de segurança digital que já são conhecidos pela grande maioria dos usuários.

Para que as movimentações bancárias possam ser realizadas fora do ambiente bancário e, principalmente, dentro de um ambiente digital, as informações trocadas entre cliente e banco, por exemplo, são criptografadas, de modo que só possam ser decodificadas pelos envolvidos na transação.

Hoje, os bancos contam com diversos sistemas modernos de segurança digital para a garantia de seus usuários e também da própria instituição financeira. Vamos conhecer alguns deles e como eles se fazem presentes no nosso dia a dia:

Cartões de senhas

Muitos bancos utilizam como forma de segurança cartões com diversas senhas, que são modificadas a cada novo acesso do usuário ao sistema. Isso garante que as informações não fiquem armazenadas. Assim, diminuindo os riscos de roubos de dados durante este tráfego. Os cartões são entregues aos clientes periodicamente para que os números possam ser atualizados.

Tokens

O Token é um dos dispositivos de segurança digital utilizado pelos bancos. Com ele, são geradas senhas diferentes em curtos espaços de tempo, ou seja, estabelecendo uma comunicação extremamente segura entre a instituição financeira e o cliente.

Os tokens podem ser pequenos dispositivos (parecidos com um pendrive) ou instalados nos smartphones. Como a geração de senhas é feita a cada período determinado, mesmo que haja a perda ou roubo do dispositivo, as informações estarão protegidas.

Chaves de segurança

São números e letras aleatórios que identificam cada cliente durante qualquer operação financeira. Essa sequência é pessoal e determinada para cada conta. Assim, identificando o usuário nas operações online ou mesmo nas ações realizadas nos caixas eletrônicos. Na maioria dos bancos, algumas transações como saques, por exemplo, só são permitidas após a confirmação das chaves de segurança.

Os sistemas de segurança digital não param

Nos últimos tempos, a tecnologia Near Field Communication (NFC) possibilitou que os clientes sejam identificados apenas por aproximação entre dispositivos. A leitura entre eles é feita de maneira semelhante ao dos cartões.

Mas isso ainda é só o começo. Com sistemas cada vez mais modernos e protegidos, a segurança digital é uma preocupação não só dos bancos, mas de todas as empresas que mantém algum banco de dados com informações sobre seus clientes.

Para saber mais sobre segurança digital seja assinante da nossa newsletter abaixo e fique sempre conectado com as novas tecnologias que podem trazer seu negócio para uma nova era: a da Transformação Digital. Não sabe o que é isso? Venha ler mais sobre esse assunto aqui!

Receba informações e dicas exclusivas em TI e Telecom, assine nossa Newsletter:

Deixe seu comentário