Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

Como usar o Wi-Fi público com segurança

Cristina Cruz | 16 de maio de 2016

Há alguns anos não era tão comum encontrar Wi-Fi gratuita em locais públicos. Hoje, no entanto, as redes sem fio públicas estão presentes em diversos lugares como aeroportos, shoppings, praças, cafeterias, academias e escolas. Sem grandes dificuldades, conectamos, navegamos, usamos as redes sociais, checamos nossos e-mails, entre outros.

Dificilmente as pessoas param para refletir sobre os males que existem em utilizar uma rede pública, pois, muitas desconhecem os perigos ao ficarem expostas a uma Wi-Fi gratuita. Afinal, não enxergam problemas em logar em um site, visto que as senhas não ficam armazenadas na rede. No entanto, os riscos podem ser ainda maiores.

As ameaças de uma rede pública

Um ponto de acesso público é uma rede sem fio configurada para garantir uma  internet compartilhada. O host do ponto de acesso adquire um ponto de acesso sem fio, conecta o dispositivo à internet e transmite seu sinal dentro de um local público. Qualquer um que possua uma placa sem fio e esteja dentro do alcance, pode utilizar a rede e a internet.

Uma das características do Wi-Fi público é que seus pontos de acesso são simples e fáceis de usar. Entretanto, ao reduzir os requisitos de login e evitar os problemas de compatibilidade de criptografia, grande parte da segurança incorporada ao dispositivo sem fio é desativada. Na falta da criptografia, seus dados transitam desprotegidos no ar, podendo ser interceptados por qualquer um que possua um receptor e algumas ferramentas básicas, que são amplamente disponibilizadas.

Dessa forma, ao utilizar um ponto de acesso que não usa criptografia, dados confidenciais, tais como uma combinação de nome de usuário e senha, um e-mail privado ou credenciais de segurança da sua rede empresarial, ficam vulneráveis e suscetíveis a ataques.

Ou seja, os mesmos recursos que fazem do Wi-Fi gratuito atraente para os clientes também o fazem para hackers, visto que não há necessidade de autenticação para estabelecer uma conexão de rede. O que acaba criando uma ótima oportunidade para que cibercriminosos obtenham acesso ilimitado a dispositivos desprotegidos na mesma rede.

Um dos maiores perigos do Wi-Fi gratuito é que ele dá a possibilidade de um hacker se posicionar entre você e o ponto de conexão. Dessa maneira, ao invés de enviar seus dados diretamente para o ponto de acesso, você os envia para o hacker, que irá retransmiti-los. Assim que ele obtém suas informações, passa a ter acesso aos seus sistemas como se fosse você. Além disso, também há a ameaça da distribuição de malwares, que fica mais fácil em uma conexão Wi-Fi desprotegida.

Conforme o Wi-Fi móvel se torna mais comum, é esperado que problemas de segurança de internet e riscos de Wi-Fi público também aumentem. Mas isso não significa que você deve ficar longe do Wi-Fi gratuito e passe a ser refém do desktop novamente. A grande maioria dos hackers ataca os alvos fáceis, ou seja, existem alguns cuidados que você pode tomar, que manterão suas informações em segurança.

Dicas de como se proteger ao usar o Wi-Fi público

Considere usar uma VPN

Usar uma VPN (virtual private network /rede virtual privada) pode ser uma boa opção para se proteger. Com ela, seus dados passam ser criptografados, o que significa que intrusos terão maior dificuldade caso queiram acessá-los. Já que a maioria dos hackers está a procura de alvos fáceis, provavelmente eles não se darão ao trabalho de perder tempo tentando descriptografar suas informações.

Verifique as HTTPS

As HTTPS encriptam qualquer dado que você envia ou recebe. A maioria dos sites que requerem uma conta ou credenciais tem essa opção em algum lugar nas configurações. Uma maneira de forçar seu navegador a utilizar HTTPS é por meio de uma extensão, como o HTTPS Everywhere. Essa opção está disponível para Chrome, Firefox, Firefox Android e Opera.

Note também que cibercriminosos sabem que as pessoas reutilizam senhas. Portanto, lembre-se de usar credenciais diferentes para ações distintas. Por exemplo: seu nome de usuário e senha para um fórum aleatório nunca podem ser os mesmos do seu banco ou da rede corporativa.

Não faça atualizações de aplicativos ou programas

Certifique-se de apenas atualizar seus aplicativos ou programas para suas últimas versões quando estiver em uma rede confiável, em casa ou no trabalho, por exemplo. Isso porque, ao utilizar um Wi-Fi público, hackers podem invadir o ponto de conexão e criar um falso upgrade do software. Ao clicar e aceitar fazer a atualização, o usuário acaba instalando o malware em sua máquina.

Além disso, usar um dispositivo móvel não garante que seus aplicativos estejam automaticamente seguros. Para isso, é preciso utilizar o navegador para logar no serviço e conferir na barra de status se a conexão é HTTPS.

Desative o Wi-Fi quando não o estiver usando

Mesmo não estando conectado ativamente, o hardware de Wi-Fi do seu computador é capaz de transmitir dados em qualquer rede que esteja perto. Existem alguns cuidados que se pode tomar para impedir que seus dados sejam comprometidos. No entanto, nem todos os roteadores sem fio são iguais e os hackers sabem disso. Sendo assim, caso esteja usando seu computador para trabalhar off-line, desligue o Wi-Fi. Além de estar protegido, sua bateria ainda irá durar mais tempo.

Mesmo com os riscos, sabemos que em algum momento será necessário que você utilize o Wi-Fi público. E, para isso, compreender seus perigos garantirá que dados importantes estejam a salvo de possíveis ameaças.

No entanto, não há dúvidas de que a maneira mais eficiente de se manter seguro é evitar acessar sites importantes, que precisem de senhas, como bancos. Alguns cuidados simples e rotineiros também são indispensáveis, tais como: manter programas de segurança instalados no computador, certificar-se de que seu firewall está ativo, procurar usar senhas complexas em seus logins e tomar cuidado com páginas suspeitas.

Você conhecia os perigos da rede de Wi-Fi pública? Esse conteúdo lhe foi útil? Compartilhe e acompanhe nossas atualizações!

 

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: