Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

Como melhorar a performance corporativa com o e-learning

Cristina Cruz | 22 de novembro de 2016

O mercado competitivo somado às constantes mudanças do cenário corporativo estão exigindo dos profissionais uma necessidade de constante atualização em relação ao segmento em que atuam. Diante disso, as empresas têm buscado investir mais na educação continuada de seus colaboradores, uma vez que essa ação pode ser vital para o crescimento e desenvolvimento dos negócios. Segundo dados da Elearning Magazine, mais de 40% das 500 maiores empresas do mundo, listadas pela revista norte-americana Fortune, utilizam algum tipo de tecnologia educacional. E é justamente nesse contexto que o ambiente digital se mostra como uma nova e importante ferramenta empresarial para os treinamentos corporativos.

O crescente avanço da tecnologia aliada à popularização da internet tornaram possível a expansão de plataformas online voltadas para a educação. Esse formato, mais interativo e dinâmico, em que o conteúdo é transmitido e aprendido com maior facilidade é chamado de e-learning. Uma das grandes vantagens de se apostar em treinamentos hospedados em plataformas digitais, é de oferecer aos interessados a possibilidade de acesso aos cursos a qualquer momento e em qualquer lugar. Ou seja, basta ter um computador com acesso a internet para que a pessoa consiga estudar e se aprimorar nos assuntos de seu interesse.

Utilizar essa forma de treinamento soluciona um dos problemas mais comuns inerentes ao método tradicional de educação continuada: a difícil tarefa de conseguir reunir no mesmo lugar e ao mesmo tempo todos os colaboradores da empresa – algo ainda mais desafiador quando a empresa possui filiais em diferentes cidades e países. Por isso, além de conseguir minimizar custos, como deslocamento, alimentação e hospedagem, o e-learning torna a atividade menos cansativa e mais atrativa ao funcionário, conferindo assim melhores resultados para a empresa.

Tendências do e-learning corporativo

É fundamental que empresas que queiram investir em e-learning conheçam as tendências presentes no mercado de educação corporativa. Isso porque, essa ação envolve o ganho de desempenho nas tarefas e aumento do retorno dos investimentos feitos, agregando assim maior valor à empresa em um mercado cada vez mais competitivo. Conheça a seguir, 4 dessas tendências e aposte na inovação aliada a educação para alavancar a performance do seu negócio.

  1. Gamificação: Com o intuito de ensinar e entreter, a gamificação aplica funcionalidades e elementos baseados em design de games no contexto da educação corporativa. Essa estratégia consegue oferecer aos colaboradores que estão em busca de qualificação a capacidade de automotivação por meio de desafios, feedbacks, recompensas e reconhecimento inerente às atividades que são propostas pelos treinamentos mediados por elementos de jogos.
  2. Aprendizagem móvel: O m-learning, ou aprendizagem móvel, é o ensino oferecido por meio de tecnologias móveis, como smartphones e tablets. Essa tendência possibilita uma flexibilidade ainda maior do que a oferecida pelo e-learning tradicional, e representa um desafio para os desenvolvedores de softwares educativos, uma vez que o conteúdo dos cursos devem ser adaptados para visualização em telas menores sem deixar de lado a qualidade dos recursos de mídia. A fluidez e o tamanho dos textos é um aspecto muito importante dessa estratégia, pois as informações precisam estar organizadas de modo que o usuário se sinta completamente confortável para aprender aquilo que está sendo ensinado.
  3. Simuladores: Apesar de recente, essa tecnologia já está presente em alguns contextos educacionais, como o de aulas de direção em autoescolas, por exemplo. A principal premissa do uso de simuladores está relacionado a realidade aumentada, que permite aos usuários uma experiência muito próxima do que acontece no mundo real. Assim, a plataforma de educação também se torna uma ferramenta para simulação, garantindo assim que os treinamentos consigam oferecer uma carga ainda maior de conhecimento aos colaboradores.
  4. Moocs: Uma forte tendência presente no e-learning corporativo é a expansão da aprendizagem ao público externo. Isso porque, as empresas lidam diariamente com fornecedores, parceiros e clientes que muitas vezes também necessitam de treinamentos específicos ligados ao segmento de atuação da empresa. Esse tipo de iniciativa, conhecido como cursos Moocs (Massive Open On-line Course), começou a ser difundido no país por meio de plataformas digitais, como o Coursera. Os gestores que conseguem ver a importância de expandir de seus treinamentos para o público externo, e apostam em um Mooc para isso, conseguem gerar receitas com conteúdos já utilizados por seus colaboradores, reduzindo assim tempo e recursos necessários para a criação de um curso online.

Os principais benefícios do e-learning corporativo

  • Estrutura para aprendizagem: Com uma plataforma de e-learning corporativo, é possível oferecer agilidade e praticidade na criação e oferta de treinamentos online. A combinação desses dois fatores, aliado a possibilidade de uma gestão mais eficiente dos cursos, faz com que essas ferramentas ganhem espaço frente ao método tradicional de educação continuada.
  • Gestão dos resultados: Por meio de métricas e recursos próprios dessas plataformas, é possível entender quais conteúdos realmente dão resultado ou não. A partir dessa análise, os gestores conseguem mensurar os resultados e adaptar da melhor forma os cursos oferecidos aos seus colaboradores.
  • Desenvolvimento de competências: Por ser uma ferramenta que busca inovar na forma de transmitir conhecimento, o e-learning pode ser muito eficaz quando o assunto é o desenvolvimento de competências. Ao treinar as habilidades profissionais e comportamentais de forma estratégica, é possível oferecer aos funcionários uma nova maneira de desenvolver know-how em novos assuntos.
  • Cultura empresarial: Por meio do e-learning corporativo, é possível difundir uma cultura empresarial focada em conceitos, como missão, visão e valores da organização.

A Unialgar

Com a estratégia de fortalecer e desenvolver de forma eficiente as competências dos associados, foi que o grupo Algar, em 1998, iniciou as operações de sua universidade corporativa, a UniAlgar. Ao longo destes 18 anos, ela tem se posicionado como uma ferramenta estratégica que consegue apoiar na criação e implementação de ações educacionais que estejam alinhadas às estratégias de todos os negócios do grupo.

As metodologias e tecnologias empregadas, tanto por meio de programas presenciais quanto por cursos online, auxiliam no compartilhamento e aplicação do aprendizado por meio da experiência cotidiana e feedbacks recebidos que garantem a entrega de melhores resultados no trabalho. Só para se ter uma ideia das ações realizadas pela UniAlgar, mais de 14 mil participações em treinamentos presenciais e 23 mil em cursos EaD marcaram o ano de 2015 da universidade.

E você, já usa o e-learning na sua empresa? Compartilhe conosco suas experiências e nos ajude nesse debate em torno da educação corporativa.

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: