Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

Como gerar insights e decisões inteligentes com Machine Learning

Cristina Cruz | 18 de julho de 2016

O Machine Learning é o método de análise de dados que automatiza o desenvolvimento de modelos analíticos, permitindo que os computadores encontrem insights mais estratégicos para a tomada de decisões, seja ele para modelos B2B ou B2C.

Em outras palavras, podemos dizer que é como se a máquina fosse aprendendo para ter as melhores instruções. Sendo programada a partir de uma inteligência que analisa os dados e encontra as melhores formas de resolver questões.

O que isso significa? Que, sem a intervenção humana, é possível desenvolver modelos capazes de analisar dados maiores e mais complexos e fornecer resultados mais rápidos e mais precisos que podem levar a melhores decisões e ações inteligentes o tempo todo.

Podemos citar um aplicativo que usa o GPS (Sistema de Posicionamento Global) para traçar a melhor rota no trânsito e te livrar de congestionamentos, acidentes e todos os obstáculos que te impedem de chegar mais cedo em casa ou no trabalho. Ele usa os dados compartilhados para melhorar a sua experiência enquanto usuário. Isso é fantástico e influencia diretamente na vida das pessoas.

Infinidade de dados

Em último levantamento sobre a internet, a ONU (Organização das Nações Unidas) apontou que já somamos 3 bilhões de usuários de internet, o que corresponderia a 40% da população mundial. Um número expressivo de pessoas gerando uma infinidade de informações e conteúdos que são compartilhados e armazenados diariamente.

Com isso, o Machine Learning, ou aprendizado de máquina, ganhou ainda mais força nos últimos anos e tem sido um dos principais temas abordados por profissionais de Tecnologia da Informação em seminários, além também de grandes investimentos de tempo e recursos financeiros por parte das empresas.

O Google, por exemplo, informou durante o evento Google para desenvolvedores, o I/O 2016, que a inteligência artificial está entre as estratégias de investimentos da companhia. Por acreditar que oferecer links aos usuários não é mais suficiente.  

Decisões são impulsionadas

Segundo levantamento da Narrative Science, empresa americana especializada em geração de linguagem natural avançada para o corporativo, 57,9% das grandes empresas com tecnologia de dados já tem soluções de Inteligência Artificial implantados e 48,5% usam os dados para tomar decisões para o negócio.

Desse total de empresas, 24% apostam no Machine Learning para influenciar o cliente final. Um forte exemplo disso é o e-commerce, que a utiliza para impulsionar a decisão na hora da compra com anúncios do tipo “quem comprou esse produto, também levou este”.

A expectativa, segundo o levantamento, é que haja um crescimento de uso dessa inteligência até 2018, quando serão mais de 190 mil pessoas com experiência analítica e 1,5 milhão de gestores com as habilidades para compreender e tomar decisões com base na análise de Big Data.

O aprendizado de máquina está em plena ascenção porque tem a capacidade de levar soluções e encontrar relevância onde uma pessoa não enxergaria. Por isso, separamos dicas de como gerar insights e decisões inteligentes para o seu negócio.

Desenvolva agentes inteligentes  

Para começar a aproveitar as oportunidades que o Machine Learning gera, é interessante que você pense em como a Inteligência Artificial (AI) pode provocar mudanças no comportamento das pessoas. Um exemplo é imaginar o que você pode mudar na maneira como as pessoas usam a internet.

Se os seus negócios já são digitais, pense em como criar os próprios robôs, que possam interagir com os agentes inteligentes, ou sistemas, já desenvolvidos por grandes empresas tecnológicas ou até mesmo criar esses agentes que resolvem as necessidades das pessoas que usam o seu produto ou serviço.

Garanta ganho de produtividade  

Ao automatizar processos e torná-los o mais eficiente possível, há reflexos importante para a empresa, como a economia de tempo e de dinheiro. Por isso, para muitas empresas o tema é prioridade, porque os processos de digitalização de softwares de gestão e os conteúdos digitais, proporcionam uma melhora significativa no trabalho dos colaboradores e os resultados que apresentam.

Sistemas de recomendação

Você já deve ter visto alguma recomendação de vídeo no Youtube ou de filme na NetFlix e até mesmo de conteúdo na internet. Essa indicação é chamada de sistemas de recomendação, e são baseadas no que você assistiu ou leu.

O sistema, que tem bastante importância na Inteligência Artificial, mapeou seus gostos, suas buscas e interesses para oferecê-los a você. Assim, as empresas, principalmente e-commerces, melhoram a taxa de conversão, conquistam mais espaço no mercado, além também da atenção do consumidor.

Evolução constante e investimento no futuro

As aplicações mais chamativas de Inteligência Artificial são aquelas que têm ligação com os robos, sejam eles virtuais, por meio dos sistemas, ou mecânicos, como os que estão sendo aplicados na área de segurança, saúde, transporte, entre outros.

Em breve será possível ver como o Learning Machine vai se adequar a todos os tipos de atividades, sejam elas econômicas ou sociais. Portanto, surgem milhares de novos usuários e utilidades que poderemos aplicar nos negócios.

Isso faz com que seja uma importância vital para as empresas estarem em dia com os investimentos em tecnologia no setor que atuam, para poder aplicar essas tecnologias em benefíco próprio e não ficar em desvantagem com a concorrência.

Gostou deste artigo? Saiba mais sobre Big Data e como ele pode auxiliar na tomada de decisões.

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: