Artigos Algar Telecom | 15 de julho de 2020

5 tendências tecnológicas para ficar de olho

Tempo de leitura: 5 minutos

Nos últimos anos, a tecnologia foi responsável por grandes transformações no mundo dos negócios, tornando-os mais responsivos, dinâmicos e rentáveis. E a inovação está longe de terminar. A transformação digital é um processo contínuo e, por isso, as empresas precisam ficar de olho nas tendências tecnológicas que podem ajudá-las a se manterem competitivas.

Hoje pode-se ver com clareza que há grande espaço para a inovação em todos os segmentos de negócio. Isso fica evidente ao analisar o constante aperfeiçoamento das tecnologias já estabelecidas e a implementação prática de novos modelos, como a computação quântica, que ainda está em sua fase inicial.

A seguir, você vai conhecer algumas das tendências tecnológicas mais relevantes no momento e as possíveis aplicações em sua empresa. Confira!

1. Inteligência Artificial é uma das tendências tecnológicas para ter atenção

Como dito, muitas tecnologias são aperfeiçoadas constantemente e buscam oferecer novas ferramentas, aplicações e até mesmo novas oportunidades de negócios. Esse é o caso da Inteligência Artificial (IA).

Essa é uma tecnologia que visa dar às máquinas a capacidade de realizar atividades que exigem características humanas, como visão, reconhecimento de fala e raciocínio lógico. Ou seja, é um segmento extremamente complexo, sendo dividido em diferentes vertentes, como o Machine Learning e o Deep Learning.

Assim, as tendências tecnológicas provenientes da IA são muito diversificadas e podem ser aplicadas aos mais diversos objetivos de um negócio.

Por exemplo, a IA pode ser empregada na automação de processos, oferecendo funções de personalização e serviços individualizados a uma ampla gama de clientes, por meio de soluções inteligentes e de baixo custo.

Ao mesmo tempo, ela é capaz de ajudar os profissionais a serem mais eficazes e produtivos, fornecendo informações mais precisas, lidando com a sobrecarga de dados, ajudando no processo de tomada de decisão e, assim, reduzindo o número de erros humanos.

2. Internet das Coisas

A Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) é mais uma dentre as tendências tecnológicas. Ela já vem sendo experimentada há alguns anos, mas alguns fatores limitavam sua aplicabilidade, como a latência e a velocidade de processamento para obter respostas rápidas.

Esses desafios estão sendo superados com a ajuda de outras duas tecnologias. Uma delas é a Edge Computing, também conhecida como computação de borda.

Sem a Edge Computing, os dados captados pelos dispositivos precisam ser transmitidos para a nuvem, processados e, depois, retransmitidos ao dispositivo para que ele receba o comando de executar uma ação. Isso torna diversas aplicações inviáveis, como o carro autônomo, visto que um dispositivo como esse precisa de respostas em tempo real.

Com o Edge Computing, esse problema de latência é eliminado, pois o poder de processamento fica localizado próximo ao dispositivo. Assim, é possível processar os dados em tempo real, realizar as ações adequadas e só depois transmitir os dados para a nuvem para serem armazenados.

A outra tecnologia que vai dar suporte para a expansão da IoT é o 5G. Essa geração de conexão móvel poderá conectar muito mais dispositivos e fornecer acesso muito mais rápido à internet.

Além de ser mais barato que o 4G, o 5G promete oferecer maior largura de banda e exigir menor consumo de energia. Dessa forma, é ideal para conectar muitos dispositivos e diferentes tipos de sensores à internet.

Leia também: Ferramentas tecnológicas que garantem a transformação digital da sua empresa

3. Omnichannel

A evolução da tecnologia e a popularização de dispositivos móveis modificaram substancialmente o comportamento dos consumidores. Dessa transformação, surgiu o conceito de omnichannel, que é uma das tendências tecnológicas que vêm ganhando espaço em empresas de todos os setores, sobretudo do varejo.

Ominichannel é, antes de mais nada, um esforço das empresas para oferecer a seus clientes uma experiência de compra memorável e, assim, buscar a fidelização.

Trata-se de uma estratégia de negócio que visa mesclar todos os seus canais de contato com os consumidores para oferecer uma experiência customizada e que atenda a todas as necessidades dos clientes.

Ter uma abordagem omnichannel possibilita, por exemplo, que o cliente localize um artigo com as características de um produto no site da empresa, analise-o em uma loja perto de seu trabalho, compre pelo aplicativo da loja e retire em outra unidade perto de sua casa. Tudo isso de forma fluida.

Em outras palavras, trata-se de uma abordagem que visa oferecer a cada cliente a jornada de compra ideal para o seu perfil. Com isso, você consegue aumentar a satisfação do seu público e, consequentemente, suas vendas.

4. Chatbots

Assim como as outras tendências tecnológicas apresentadas, os chatbots já vêm sendo utilizados por muitas empresas. Com o aperfeiçoamento da IA, principalmente no segmento do Processamento de Linguagem Natural (NLP, na sigla em inglês), essa ferramenta está se tornando imprescindível.

Trata-se de assistentes virtuais que imitam a linguagem humana e ajudam os clientes a solucionar problemas e realizar solicitações (como emissão de segunda via de conta). Além disso, são capazes de fazer a triagem de clientes de forma rápida e fácil.

Os chatbots também conseguem fornecer informações sobre produtos e serviços, além de efetuarem diversas interações úteis, melhorando o atendimento ao cliente.

Assim, além de ser um assistente disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, os chatbots contribuem para desafogar o setor de atendimento e aumentar a satisfação dos clientes.

5. A-commerce

O e-commerce brasileiro já está consolidado. Somente no ano de 2019, o segmento registrou um total de R$ 75,1 bilhões em vendas. E as projeções indicam um sólido crescimento para os próximos anos.

Por isso, é natural que as empresas efetuem investimentos para prover plataformas de vendas virtuais cada vez melhores para atrair e reter clientes. Nesse sentido, o a-commerce (automated commerce ou comércio automatizado)representa a evolução do e-commerce e é uma das tendências tecnológicas mais promissoras para os próximos anos.

Pode-se dizer que o a-commerce é o e-commerce turbinado com tecnologias disruptivas, como a Inteligência Artificial. Em suma, essa tecnologia visa automatizar uma série de fatores, além de tornar as estratégias de e-commerce muito mais efetivas.

Por exemplo, com uso de algoritmos de IA é possível tornar as ações de marketing mais direcionadas, automatizar processos comerciais e melhorar a experiência do cliente sem, de fato, ter um contato humano.

Hoje, as empresas já contam com aplicativos que possuem chatbots que auxiliam o cliente em todo o processo de compra, como se fosse um vendedor em uma loja. A tendência é que essa tecnologia seja transportada para o universo físico.

Ou seja, por meio de um aplicativo, os clientes poderão, por exemplo, consultar preços, modelos disponíveis e características de um produto em uma loja utilizando apenas o seu smartphone.

Assim, podemos dizer que o a-commerce é a junção de todas as outras tendências tecnológicas apresentadas, sendo capaz de tornar o processo de compra muito mais customizado e prático.

Gostou de conhecer essas tendências tecnológicas? Então, aproveite e aumente seus conhecimentos sobre Machine Learning e Deep Learning, duas vertentes da IA que estão em grande ascensão!

https://www.algartelecom.com.br/empresas?utm_source=blog&utm_medium=banner&utm_campaign=algarempresa

Deixe seu comentário