Artigos Algar Telecom | 8 de abril de 2016

Como receber pagamentos via cartão de crédito

Tempo de leitura: 5 minutos

Em 2014, o volume de compras efetuadas com cartão de crédito representava 47,2% da movimentação de crédito, no ano passado, esse volume subiu para 51,7%. Apesar disso, ainda existem comerciantes que rejeitam pagamentos via cartão, em contrapartida, ter dinheiro no bolso tem se tornado, cada vez mais, um hábito ultrapassado. A segurança é, sem dúvida, um dos importantes benefícios da adoção da tecnologia em transações financeiras, mas está longe de ser o único.

É por conta das taxas cobradas em cada transação e do aluguel de maquininhas que muitos comerciantes abrem mão de utilizá-las. No entanto, com uma população cada vez mais conectada e a alta penetração de smartphones e celulares, é crescente o lançamento de aplicativos de pagamentos através de dispositivos móveis. Hoje, já existem diversas maneiras de receber pagamentos via cartão, como alguns leitores de tarjas magnéticas portáteis, que se conectam a aparelhos Android e iOS ou até mesmo apps que fazem o mesmo serviço sem a necessidade de usar qualquer aparelho.

Como a maioria desses recursos precisam de internet para funcionar, é importante ter uma conexão confiável, pois, se a transmissão de dados for muito lenta ou for constantemente interrompida durante a realização do pagamento, esse pode acabar sendo rejeitado pelo serviço online que você contratou por uma questão de segurança. O sistema pode interpretar que o problema na transmissão esteja sendo causado por hackers tentando invadir a rede, por exemplo, e, simplesmente, negar a validação dos dados para proteger você e seu cliente.

Outro ponto importante é que para receber o saldo das vendas realizadas, é preciso ter uma conta bancária em uso pleno, registrada em seu nome junto ao serviço que foi contratado, para que este possa fazer a transferência dos saldos das vendas para você de acordo com o plano acordado. Algumas empresas aceitam conta poupança, como o da SumUp e PagPop, mas a grande maioria exige conta corrente. Mas o bom é que quase todos permitem que a conta corrente seja tanto de pessoa física quanto jurídica.

Feito isso, basta escolher a opção que melhor atende ao seu negócio e existem muitas alternativas no mercado. O PagCom e o PagSeguro UOL são parecidos e apresentam recursos interessantes. Vendem um pequeno leitor de tarjas magnéticas que permite ler cartões de crédito e, junto com um aplicativo no smartphone, é possível aceitar pagamentos através da internet. Essas plataformas estão disponíveis para Android e iOS e conta com outras máquinas portáteis que também aceitam débito, entretanto, elas são mais caras.

Existem outras opções no mercado, basta pesquisar aquela mais lhe agrada. O custo benefício é bastante satisfatório, além do fato da burocracia ser mínima. O mais importante é que assim, você estará agradando o cliente, lhe oferecendo mais uma forma de pagamento, garantindo também conforto e segurança.

empresas

Deixe seu comentário