Artigos Algar Telecom | 28 de dezembro de 2016

Os erros que atrapalham a gestão da sua empresa

Tempo de leitura: 5 minutos

A má gestão de um negócio pode gerar diversos problemas dentro de uma empresa, como descontrole no planejamento, nas contas, no atendimento, na equipe e no até mesmo no equilíbrio emocional do empreendedor. A principal razão de ocorrerem esses erros é falta de conhecimento e entendimento sobre temas relativos à administração, gestão, entre outros.

Com o mercado cada vez mais competitivo, uma boa gestão pode ser um fator decisivo. E para isso não basta investir apenas em equipamentos ou na contratação de novos profissionais, é preciso levar em conta uma série de outros fatores que envolvem organização, padronização, metas, qualificação, liderança e o uso de soluções tecnológicas.

Ou seja, aprender sobre gestão também ajuda a saber o que você não deve fazer no seu negócio. Veja a seguir erros muito comuns que devem ser evitados na hora de administrar o empreendimento:

1. Subestimar o Plano de Negócios

Deixar de fazer um planejamento estratégico da empresa é o primeiro grande erro do empreendedor. Isso porque não saber o futuro do seu negócio afeta todas as áreas da empresa. O plano de negócios não serve apenas para o começo do empreendimento, ele deve ser continuamente revisto. Por isso, mesmo que sua empresa já esteja funcionando, saiba que nunca é tarde para fazer um planejamento.

2. Não estudar o mercado

Ao acompanhar o setor em que seu negócio está inserido, olhe para três pontos principais: o cliente, a concorrência e os fornecedores. Primeiramente, conheça o seu cliente, o comportamento dele muda muito rápido. Analise o seu concorrente: saiba o que ele está fazendo de novo e quanto isso agrega para ele. Por fim, estreite o relacionamento com os fornecedores e não dependa apenas de um, tenha dois ou três, no mínimo.

Leia também: 6 RAZÕES PARA USAR BI E POTENCIALIZAR A GESTÃO DE NEGÓCIOS

3. Ter despesas desnecessárias ao tipo de negócio

Querer, logo no início, ter um ponto comercial em uma região supervalorizada ou um maquinário enorme é um erro que pode comprometer financeiramente sua empresa. É preciso colocar os pés na realidade. Apenas depois da entrada de receita é que se deve melhorar as instalações, por exemplo.

4. Não separar as finanças pessoais e as do negócio

É preciso ter disciplina com o dinheiro da empresa. Qual é o salário do dono do negócio? Se você acha que o pagamento é definido de acordo com o tamanho das suas despesas pessoais, está fazendo o que se chama de “sangrar a empresa”, ou seja, cortando os ganhos do negócio na carne e tirando mais do que deveria.

5. Não contratar bons funcionários (nem investir neles)

Na hora de formar um time para sua empresa, procure pessoas qualificadas, que estejam dispostas a trabalhar e fazer do ambiente de trabalho o melhor possível. Priorize aqueles que têm espírito de equipe e que gostam de colaborar. Com uma equipe formada, é a hora de investir em treinamentos e condições favoráveis de trabalho, afinal, é essencial valorizar o funcionário.

Identificou, entre os erros citados, os mais comuns na sua empresa? Você comete algum deles? Compartilhe conosco nos comentários!

empresas

Deixe seu comentário