Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

Os benefícios do horário de verão para o comércio

Redator MPE | 26 de dezembro de 2017

Os maiores empreendedores são aqueles que conseguem enxergar possibilidade de ganho em cada oportunidade. Todas as característica sociais que cercam um negócio podem ser exploradas em busca do desenvolvimento. O horário de verão, por exemplo, se bem explorado, pode garantir lucros reais a uma empresa.

Este horário diferenciado é a prática adotada pelo governo de adiantar os relógios durante uma hora nos meses de mais alta temperatura. No Brasil, ele começa no fim de cada primavera, no terceiro domingo de outubro e se estende até o terceiro domingo de fevereiro.

O país aderiu à iniciativa pela primeira vez na década de 30, no governo do presidente Getúlio Vargas. Desde então, tem feito parte da rotina anual de vários estados. Desde 2003, a diretriz abrange, salvo exceções, as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Neste ano, a ação entrou em vigor no dia 15 de outubro e deve ir até 17 de fevereiro de 2018.

A iniciativa tem como objetivo aproveitar melhor a luz do sol, aumentando o tempo de exposição de luminosidade natural em detrimento da artificial. Sua adoção visa, principalmente, a economia de energia elétrica, uma vez que, na teoria, menos tempo de luz acesa é necessário durante à noite. Isto provoca uma diminuição no uso durante os horários de pico, o que ameniza os esforços das turbinas hidrelétricas. No último ano, o Ministério de Minas e Energia estimou uma economia de quase R$160 milhões para os cofres públicos.

Horário de verão e aumento da demanda noturna

Mas, apesar de sua proposta ter como essência resultados no setor energético, os benefícios deste horário, na prática, podem ter vários outros vieses. Sua característica de sincronizar o período de claridade com as atividades produtivas torna-se um estímulo natural para que pessoas utilizem espaços ao ar livre e se sintam motivadas e produtivas por mais tempo, o que favorece várias áreas da economia.

A sua adoção pode trazer incontáveis vantagens para diferentes setores varejistas. A depender do segmento e a cidade onde o estabelecimento está instalado, o aumento da demanda de clientes pode chegar a 30% nesta época do ano.

Isto acontece porque, ao sair de suas atividades cotidianas, como trabalho ou escola, as pessoas ainda se deparam com um período considerável de luz solar, um motivador natural para prolongar o tempo que permanecem fora de suas casas. Este efeito propicia que a população se mantenha mais ativa, seja por meio de atividades de lazer ou consumo.

Em inúmeras cidades brasileiras, já se tornou um hábito anual dos estabelecimentos comerciais modificarem seus horários de atendimento para otimizar as possibilidades oferecidas pelo adiantamento dos ponteiros. É comum encontrar lojas, acostumadas a encerrar suas atividades às 18h durante os demais meses do ano, prolongarem seu funcionamento em uma hora enquanto vigora o novo horário. A intenção é aproveitar ao máximo a demanda do fim de cada dia.

Ao passo que outros segmentos, como bares e restaurantes, utilizam a luminosidade para antecipar o início de suas atividades diárias, pois a procura nas últimas horas da tarde e primeiras horas da noite pode crescer consideravelmente.

Independentemente da área de atuação, é possível enxergar, do ponto de vista de gestão, grandes vantagens do prolongamento dos dias, pensando estratégias práticas a ser adotadas na realidade de cada negócio.

Os benefícios ao comércio podem ser tão grandes que, recentemente, o governo recuou na proposta de cancelar a adoção do horário de verão em função dos efeitos práticos acarretados à economia de bens e serviços. As consequências em cidades litorâneas e turísticas são ainda mais amplificadas, em um fomento gigantesco a práticas de lazer e atração de viajantes.

Veja alguns exemplos de como sua micro ou pequena empresa, a depender do setor de atuação, pode tirar proveito dos dias mais longos para se desenvolver e aumentar o seu lucro.

Lojas

A rotina diária muitas vezes impossibilita que as pessoas frequentem lojas durante a semana, uma vez que o horário de funcionamento do comércio pode coincidir com o tempo que os consumidores estão em seu ambiente de trabalho. Aproveitar a natural disposição causada pela luz solar para fechar as portas uma hora mais tarde pode trazer novos clientes ao fim de cada dia. Roupas, artigos para presentes e perfumaria são alguns dos produtos procurados nesta época do ano, sobretudo nas proximidades das festas natalinas.

Bares e restaurantes

Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), este é um dos segmentos que mais podem lucrar com uma hora a mais de luz solar. Afinal, o calor natural da época gera mais consumo de bebidas. Este fato, somado a uma maior predisposição a ficar fora de casa, cria um cenário propício para happy hours com familiares, amigos e colegas de escritório. Bons estabelecimentos tiram vantagem disso e desenvolvem ainda mais atrativos para aumentar a procura de clientes neste horário, com promoções de bebidas e aperitivos exclusivas para determinados períodos.

Espaços de lazer

Cinemas, clubes, sorveterias, parques e demais espaços voltados ao lazer também podem sentir grande aumento na procura no fim da tarde e início da noite. A maior iluminação aumenta a segurança e facilita o acesso a práticas esportivas. Em caso de cidades dotadas de atrativos turísticos, como mar, serras e cachoeiras, esta relação causa impactos ainda mais positivos à cadeia econômica.

Academias

Dados da Associação Brasileira de Academias indicam que o movimento noturno do setor fitness pode ter um aumento considerável no fim do ano. Dentre os motivos, o horário de verão se destaca pelo efeito biológico causado pela luz solar, capaz de retardar o sono e aumentar a disposição natural do corpo. Cada vez mais, estabelecimentos utilizam-se de campanhas de marketing voltadas a quem pretende se exercitar especificamente durante o pôr do sol, com valores e pacotes exclusivos para este perfil de clientes.

Salão de beleza

Vários salões de beleza estendem o período de atendimento para conseguir suprir a maior demanda de fim de ano. Somado aos tradicionais eventos inerentes a esta época, como confraternizações de empresas, Natal e Réveillon, o horário de verão pode fazer com que estes estabelecimentos estéticos usufruam de um maior número de clientes durante a semana.

A sua empresa tem percebido benefícios com o horário de verão? Lembre-se de que tudo no mundo dos negócios pode ser usado como alternativa de crescimento. Basta criatividade e boa gestão para se atingir todos os objetivos. Quer conhecer os produtos da Algar Telecom para sua MPE? Acesse: https://compre.algartelecom.com.br/ ou agende uma visita com nossos consultores.

Receba informações e dicas exclusivas em TI e Telecom, assine nossa Newsletter:

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: