Consultor Especializado mais perto da sua empresa> Sou de Média e Grande Empresa Sou de Micro e Pequena Empresa

Para melhorar sua experiência, selecione um perfil de conteúdo:

11/out
Redação
Empreendedorismo digital: Seis dicas para alavancar seu negócio

Há alguns anos, era comum ouvir pessoas dizendo que tinham um insight de negócio criativo e inovador, mas não conseguiam colocá-lo em prática devido às dificuldades burocráticas de se abrir uma empresa. Com a revolução digital, a possibilidade de atuar online reduziu despesas e processos, tornando muito mais simples a execução de grandes ideias de empreendimento.

Além disso, a internet se tornou uma extensão das empresas. Muitos empreendedores divulgam seus negócios online e obtêm ótimo retorno. A dentista, Ana Carolina Alvarenga, é um exemplo. Além de proprietária de uma clínica odontológica, ela grava vídeos para as redes sociais, com  dicas de como cuidar da saúde bucal.

Em outubro, estamos homenageando os empreendedores, agentes transformadores do Brasil. Confira esta história e inspire-se:

Entre os aspectos que explicam essa popularização, podem ser citadas as facilidades geradas em toda a cadeia econômica digital, tanto do ponto de vista dos clientes (que não precisam ir até a loja física), quanto do viés do empreendedor, que se depara com uma gama de atrativos nessa forma de atuação.

Outro benefício é o rompimento de barreiras geográficas. Na internet, todos podem divulgar seus negócios numa escala nacional e até mesmo global, com interação instantânea entre empreendedor e cliente. A escalabilidade (até onde o seu negócio pode ir) é ilimitada. Outra vantagem é a menor demanda de funcionários, abaixando custos com mão de obra.

Mas a desejada otimização de tempo, custos, burocracia e estrutura não é sinônimo de um sucesso garantido a todos os empreendedores. Embora a plataforma seja diferente, quem se dispõe a desenvolver um negócio digital possui desafios similares aos encontrados no mercado tradicional, como a constante luta para vencer a concorrência e fidelizar clientes.

Por isso, tanto para quem quer aprimorar sua atuação no mundo digital ou para quem ainda está planejando como colocar suas ideias em prática, é bom ficar ligado em algumas valiosas dicas para atingir o sucesso nesse desafio:

1- Faça um bom plano de negócios

As facilidades em empreender digitalmente podem ser uma perigosa armadilha, já que passam a falsa sensação de que é desnecessário um rigoroso planejamento de atuação. Assim como em qualquer empreendimento (físico ou online), é essencial traçar um plano de negócios. Para isso, crie um documento que catalogue as principais ideias, opções e processos a ser adotados para o cumprimento dos objetivos daquele negócio.

Analise de forma criteriosa aspectos financeiros, a capacidade produtiva, estrutura disponível, previsão de produção, logística, características do mercado, entre uma série de fatores essenciais.  Uma dica é, antes mesmo de começar as atividades, responder estrategicamente um ramal de perguntas envolvendo o ciclo produtivo de seu negócio. Divida essas perguntas em palavras-chave, como entrega, funcionários, fornecedores, perfil de clientes, custos, retorno, impostos, metas, entre outros.

Dentro dessas categorias, esmiúce os questionamentos e busque respostas sinceras. Isso, automaticamente, vai antecipar eventuais problemas e criar estratégias de atuação.

Por exemplo: Dentro do tópico “funcionários”, questione-se: “vou precisar de quantos colaboradores?”, “qual o perfil desta mão de obra?”, “qual a média salarial estou disposto a pagar”, “como eles vão atuar”, entre inúmeras outras possibilidades.

2- Capriche nas plataformas

Uma loja física precisa ser agradável, limpa, organizada e aconchegante para o cliente. A lógica é a mesma para uma plataforma digital. O site, página de rede social ou aplicativo de vendas serve, ao mesmo tempo, como loja e propaganda para o produto ou serviço. Por isso, deve ser o mais intuitivo, simples de navegar e atrativo possível. Ninguém adquire algo se não se sente atraído a ponto de pagar por aquilo.

Para vender na internet, o mais básico é um site com domínio próprio. Nesta hora, evite hospedagens gratuitas, pois elas são instáveis e podem trazer mais problemas do que soluções. Por sorte, já existem inúmeras opções de plataformas com amplos recursos para a criação de um conteúdo dinâmico e eficiente. A mais famosa é o WordPress, uma das mais populares do mundo pela sua praticidade a um custo relativamente baixo.

É importante que a ferramenta escolhida disponha de recursos básicos para a execução do negócio, como mediar o pagamento (boleto bancário, transferência eletrônica, cartões de créditos, entre outros) e ter uma boa disposição para textos e imagens. Precisa, ainda, oferecer recursos adaptáveis à realidade de seu setor.

3- Não tenha medo de inovar

Serviços digitais transformam-se diariamente. As melhores formas de vender, produzir, entregar e anunciar de hoje podem já ser obsoletas amanhã. O próprio produto ou serviço em si pode se tornar inútil se não for constantemente aprimorado. Entrar no mundo digital é ter consciência de que estagnar na forma de gerir o empreendimento é quase um sinônimo de fracassar.

Ler bons conteúdos, compartilhar experiências e estar familiarizado com tendências são essenciais para ser um vanguardista na era da informática. Conceitos como armazenamento em nuvem e Internet das Coisas são requisitos para começar essa jornada online.  Ouse a cada dia, esteja atento e evite o ostracismo no modo de gerir metas e ideias.

4- Seja cem por cento sincero nas vendas

Por se tratar de uma negociação à distância, o consumidor sempre pode ficar desconfiado quanto à qualidade de seu produto. Caso ele seja encorajado a comprar tal mercadoria e as especificações não forem condizentes com a descrição, inevitavelmente, não haverá compras futuras. Pior do que isso, esse consumidor frustrado fará de tudo para que todos à sua volta não cometam o mesmo erro de iniciar uma negociação com aquele site.

Por isso, ser honesto é melhor alternativa sempre. Explique detalhadamente não só todos os atributos oferecidos naquela aquisição, mas tudo que envolve a experiência de compra, como prazo correto de entrega, garantia e possibilidade de troca. Certamente, essas características vão dar ao seu negócio uma boa imagem ao longo do tempo frente aos consumidores.  

5- Proteja-se e deixe seu consumidor protegido

Ninguém quer ser vítima de ações criminosas. A negociação online, por ser cada dia mais popular no mundo, dá margens para a aplicação de todos os tipos de golpes. Um empreendedor online precisa se defender de pessoas mal-intencionadas. Para isso, esteja antenado aos principais tipos de golpes aplicados por falsos clientes. Ataques cibernéticos cometidos por hackers também podem ser um problema.

Tão importante quanto se defender, é deixar claro aos clientes reais a seriedade de seu negócio. É imprescindível que eles estejam seguros de que o vendedor honrará com todos compromissos e obrigações assumidas. Logo, é essencial criar o máximo de canais de relacionamento com o público, como telefone e chat. Isso vai transmitir credibilidade, solucionar eventuais dúvidas e deixá-lo mais seguro quanto àquela aquisição. Também propicie que seu comprador tenha contato com a opinião de outros usuários de seu serviço.

6- Invista no Marketing Digital

Se o marketing digital já é essencial para a realidade de empresas físicas, o que dizer de negócios cujo foco é o público online? De nada adiantaria ter o melhor produto e o site mais aconchegante se ninguém os conhece. Marketing digital é o conjunto de estratégias online executadas por uma empresa com objetivo de atrair clientes, negócios e desenvolver uma identidade da marca.

As possibilidades de atuação e de técnicas são infinitas para aproximar o seu comprador, de forma espontânea e eficiente. Dominar conceitos como Marketing de Conteúdo, Inbound Marketing, Big Data, E-mail Marketing, SEO, Marketing de Busca (SEM) e Otimização de Conversão (CRO) é requisito para quem quer está disposto a empreender online.

A boa notícia é que, mesmo quem nunca se deparou com esses assuntos pode, facilmente, entender suas definições e aplicá-las em seus negócios, atingindo de forma pontual o público-alvo.

E aí, mãos à obra? Pronto para colocar todas as suas ideias em prática e fazer do negócio virtual uma grande oportunidade para seu sucesso? Lembre-se de seguir essas dicas e sempre ampliar seus conhecimentos para atender ao dinamismo exigido pelo mercado online.

Quer conhecer os produtos da Algar Telecom para sua MPE? Acesse: https://compre.algartelecom.com.br/ ou agende uma visita com nossos consultores.

Receba informações e dicas exclusivas em TI e Telecom, assine nossa Newsletter:

Deixe seu comentário