Artigos Algar Telecom | 27 de novembro de 2015

Dicas para empresas do setor industrial

Tempo de leitura: 5 minutos

Falamos muito aqui sobre dicas para abrir um negócio, controlar as finanças e formar parcerias, sempre reforçando a complexidade em assumir todas as responsabilidades e definir os objetivos da sua empresa. Essas dificuldades podem ser enfrentadas com dicas de instituições e especialistas, que podem ajudar nos primeiros passos do empreendimento. No entanto, para abrir algo no ramo industrial, nem sempre o caminho é esse: há pouco material para amparar as micro e pequenas indústrias. Pensando nisso, o blog Siga o rastro usou como exemplo a KYODAI engenharia como exemplo para elaborar algumas dicas para os microempreendedores:

1 – Como iniciar uma indústria

A KYOUDAI nasceu do desejo dos engenheiros fundadores de aplicar os conhecimentos da faculdade, na produção de peças ou equipamentos e, para começar o negócio com os poucos recursos que tinham, eles buscaram se aperfeiçoar com capacitação técnica para gerir melhor os processos. Uma alternativa para quem tem poucos recursos é investir na fabricação de produtos com baixo custo de matéria prima e baixa complexidade de maquinário. Assim, você pode testar o mercado, ganhar experiência e agregando melhorias aos poucos, até chegarem a um nível mais elevado.

Leia também: A IMPORTÂNCIA DO ARMAZENAMENTO EM NUVEM PARA SUA EMPRESA

2 – Diferenças entre as empresas industriais e as de comércio/serviços

A primeira diferença é a necessidade de processar matéria prima, já que, no caso das indústrias, não é tão simples trocar uma mercadoria ou repassá-la. Outro ponto é encontrar um estabelecimento para instalar o seu negócio, já que, em geral, existem lugares nas cidades destinados a esse tipo de empresa e que possuem um certo padrão. Há ainda a questão das vendas, já que, no caso das indústrias, os compradores não ficam passando na porta das empresas, nem passeando no shopping de fábricas. As vendas são feitas pelo setor de especializado em entrar em contato com os clientes.

3 – Importância de parceiros no meio industrial

As parcerias são importantes em todos os setores, mas para as indústrias, são imprescindíveis. O apoio de pessoas de ramos ligados ao seu é fundamental. E essa ajuda vem em forma de divisão de recursos, projetos e dificuldades, necessários para que sua empresa cresça e você possa investir em novidades nos seus produtos e, assim captar mais clientes e se tornar conhecido no mercado. Faça parcerias com empresas com os mesmos ideais que os seus e trabalhem juntos.

4 – Retorno do investimento industrial

Como os investimentos de uma empresa desse setor são altos por causa dos equipamentos necessários, a solidificação do negócio demora mais ou menos 2 anos para ser alcançada. Por isso, é preciso planejamento e avaliação do mercado, do negócio e dos investimentos, além de controle emocional e paciência para esperar o negócio prosperar, com o acompanhamento de um contador e outros profissionais especializados.

5 – Acredite e trabalhe com dedicação

Em todo empreendimento, é preciso persistência e dedicação, além de um bom planejamento, emprenho e parceria com seus colegas de trabalho. Uma empresa no ramo industrial leva algum tempo para se consolidar, por isso, é preciso muito trabalho e calma.

empresas

Deixe seu comentário