Artigos Algar Telecom | 22 de outubro de 2015

5 negócios para abrir no seu bairro

Tempo de leitura: 5 minutos

Na hora de abrir um negócio, a primeira coisa que o empreendedor pensa é em um ramo que seja promissor e que vá ser único no lugar onde estiver. Abrir uma empresa perto da sua casa pode ser uma das vantagens e pilares do sucesso do seu negócio. Ao pensar em um empreendimento no seu bairro, você pensa na comodidade, proximidade e confiança que vai oferecer para seu público, além de ter o diferencial de conhecer os clientes pelo nome. André Spínola, gerente de Serviços do Sebrae, reforça que, mesmo sendo um empreendimento local, os desafios são os mesmos dos que ficam em shoppings ou centros: “Não adianta abrir a empresa sem saber quem são os concorrentes e o raio de alcance que eles estão atuando. É preciso entender se as pessoas estão indo mais longe para economizar”, afirma.

Se você pensa em abrir um comércio no seu bairro, o primeiro passo é pesquisar o que a população sente falta de ter por perto ou o que está sendo oferecido de forma precária. Alguns tipos de negócios são tendências e podem dar muito certo, veja alguns exemplos:

– Estética e beleza: o cuidado com a aparência é algo que faz parte da rotina de homens e mulheres. Barbearias, lojas de cosméticos, negócios de depilação, manicure e sobrancelha são nichos bons para investimentos, já que sempre há procura.

– Comércio de alimentos: o gasto das famílias com alimentação fora de casa aumentaram para 31% em 2009, de acordo com o IBGE. Restaurante a quilo, vegetariano, lanchonete, bar, creperia e pizzaria são alguns dos nichos desse mercado. Spínola recomenda customização, bom atendimento e programas de fidelidade para conquistar os clientes.

– Reformas: muitas vezes, é preciso consertar alguns detalhes em casa e, nessas horas, aquela loja especializada em serviços de manutenção perto de casa é a primeira opção. Por isso, o negócio pode ser lucrativo e ter clientela fiel.

– Academias: ter um lugar para cuidar da saúde e se exercitar perto de casa é uma comodidade e tanto para várias pessoas. Academias de ginástica, ioga, pilates, lutas ou crossfit atendem a um público variado. O que é importante, é ter um diferencial que chame a atenção de quem mora no bairro.

– Economia criativa: uma boa alternativa é apostar em algo diferente, que uma entretenimento e lazer, como escolas de música, teatro, arte e dança. Para isso, avalie o mercado, a vizinhança e invista em algo que combine com a rotina dos possíveis clientes.

empresas

Deixe seu comentário