Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

5 dicas para abrir seu próprio negócio sem sair do emprego

Algar Telecom | 27 de julho de 2016

Tornar-se um empreendedor pode ser encarado como um desafio, afinal, abrir seu próprio negócio é arriscado. No começo, não há certezas, apenas as dúvidas se a empresa dará certo, se o lucro demorará muito a aparecer e se ela sobreviverá aos primeiros anos. Abrir mão do próprio emprego para se lançar neste desafio pode ser arriscado, por isso, inicialmente, pode ser prudente manter as duas atividades simultaneamente.

É importante ressaltar, no entanto, que alguns negócios exigem atenção exclusiva. É difícil listar quais deles precisam de um gestor em tempo integral. Portanto, é recomendado que antes de tentar ter uma “jornada dupla”, o empreendedor analise sua situação e veja se é possível conciliar as duas atividades. Se isso for possível no seu caso, confira as dicas abaixo:

1 – Tenha um plano

Não é o ideal que essa realidade se mantenha permanentemente. Afinal, você espera que seu negócio dê certo e passe a ser sua única fonte de renda, não é mesmo? Por isso, desenvolva um plano de negócio, com prazos preestabelecidos, incluindo também o dia que você abandonará seu emprego e passará a se dedicar somente ao seu empreendimento.

2 – Domine os conhecimentos necessários

Ao escolher ser um empreendedor é preciso dominar bem a área em que pretende entrar. Além disso, é importante ter um bom conhecimento de mercado, administração e gestão de pessoas. Não é necessário ser um especialista em cada um desses assuntos, mas ter uma boa noção ajudará você a gerir melhor o seu negócio.

3 – Terceirize atividades

Você irá precisar de ajuda por duas razões: você não é um especialista e faltará tempo para dar conta de todas as demandas. Por isso, contrate pessoas ou empresas que auxiliem nas atividades do seu empreendimento. As áreas que serão terceirizadas devem ser escolhidas a partir do conhecimento do empreendedor e da quantidade de dinheiro em caixa.

4 – Opte por uma franquia

Alguns tipos de franquias permitem que os proprietários mantenham seus próprios empregos. Isso porque é possível contratar alguém para trabalhar em seu negócio, enquanto você ainda se dedica ao outro emprego. No entanto, esses modelos semi ausentes ainda exigem que o proprietário se dedique de 10 a 15 horas por semana ao negócio, Enquanto o gerente administra as operações diárias, o proprietário é responsável por assistir as métricas do negócio, fazer contatos, gerir o marketing e publicidade e também as finanças.

5 – Use a tecnologia a seu favor

Um empresário de sucesso deve ser ágil e profissional. Felizmente, hoje em dia, podemos contar com ferramentas tecnológicas que estão disponíveis para ajudar a se manter em dia com os pedidos de negócios e contatos com os clientes, enquanto está em seu emprego atual.

Esses passos irão auxiliar você a se manter nos dois empregos, porém, lembre-se de não perder o foco em seus objetivos para conseguir executar ambas as funções de maneira correta.

E você, pretende abrir um novo negócio sem abrir mão do atual emprego? Já passou por essa mesma situação? Compartilhe conosco as suas experiências!

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: