Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

Pokémon Go na captura de novos clientes para as MPEs

Algar Telecom | 17 de agosto de 2016

O jogo de realidade aumentada, Pokémon Go, foi lançado neste mês no Brasil e tornou-se uma febre no país, assim como tem sido ao redor do mundo. O principal objetivo do jogo é capturar os famosos Pokémons que estão espalhados por diversos lugares. Para encontrá-los, os jogadores precisam explorar o mundo real, isso requer que eles se locomovam para diferentes pontos da cidade.

Ao comparecem em determinados locais, os jogadores do Pokémon Go recebem alguns bônus. Tais lugares são chamados PokeStops. Eles geralmente são associados a estátuas, memoriais e outras características importantes ou únicas de uma cidade. Nesses ambientes, os jogadores podem pegar novas Pokébolas e aumentar o seu nível de poder dentro do aplicativo.

Os empreendedores mais atentos já encontraram no jogo formas de alcançar novos clientes. Muitas empresas estão atraindo jogadores usando um recurso chamado Módulo de Atração, colocando Pokémons em seus empreendimentos (e pagando alguns dólares por isso). Se o jogo faz as pessoas  se locomoverem, esses lugares podem patrocinar localizações e, dessa maneira, atrair inúmeros jogadores para o seu espaço – pessoas que podem consumir seus produtos ou serviços.

Também existem as chamadas iscas, que são artifícios utilizados no jogo para atrair Pokémons para uma área específica. Nos Estados Unidos, já é possível comprá-las por 1 dólar. A isca, no entanto, funciona também na atração de pessoas para determinado local. Elas garantem uma aglomeração de jogadores na busca pelos Pokémons.

O pizza bar L’inizio em Long Island, Nova York, afirma que suas vendas saltaram 75% no fim de semana pela ativação do recurso Módulo de Atração que atrai personagens Pokémons virtuais para a loja. O gerente gastou US$ 10 para ter uma dúzia de personagens colocados no local, de acordo com um relatório do New York Post.

Especialistas acreditam que é apenas uma questão de tempo para que as grandes marcas se juntem a esse movimento que está despertando o interesse da mídia. Mas as pequenas empresas já começaram a se beneficiar com essa nova febre mundial.

E você, já está por dentro dessa tecnologia? Compartilhe conosco as suas experiências!

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: