Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

Já pensou em abrir um e-commerce para sua MPE?

Algar Telecom | 9 de dezembro de 2015

Empresas de todos os portes podem vender na internet. Com o crescente avanço do acesso e uma sociedade mais conectada, o comércio eletrônico ou e-commerce pode trazer ainda mais benefícios para seu empreendimento. Mesmo em momentos de dificuldades, o comércio online é um sucesso e isso pode ser explicado pela abrangência territorial das entregas em casa e do modelo democrático de canal de vendas, conforme diz Thiago Sarraf, da consultoria Doutor E-commerce.

O e-commerce possibilita que empresas de todos os portes e segmentos vendam seus produtos em todo o Brasil, para as cidades mais distantes, com ou sem lojas físicas em sua estratégia. Um dos clientes da Algar Telecom em Ribeirão Preto, Adair Silva, da Bike Center, diz que os benefícios para sua empresa foram ótimos. O empresário possui 3 lojas de bicicletas na cidade, uma delas trabalhando com a linha fitness e ele diz que pensou nessa estratégia do e-commerce para ajudar a facilitar a vida dos clientes, ajudando-os a trabalha a saúde. “Entregamos em qualquer parte do Brasil, trabalhamos via Correios ou com as transportadoras. É uma ferramenta muito boa”, comenta.

Há cinco anos, segundo Sarraf, o setor apresenta uma taxa de crescimento de 20%, em média. “Muitas lojas físicas têm fechado por causa da recessão e o e-commerce está absorvendo essa demanda. O consumidor está cada vez mais digital e tem preferido migrar para o online”, afirma o especialista. Adair diz que, em sua loja, as vendas online correspondem a 20% do faturamento, mas ele espera que chegue, nos próximos anos, a 50%. O empreendedor reforça ainda que é preciso cuidar bem da plataforma. “O comercio eletrônico, como todo mundo diz, é o futuro. E você tem que ter um pessoal na retaguarda para acompanhar os pedidos”, diz.

As lojas eletrônicas possuem duas vantagens principais: praticidade e garantia de boas ofertas para os consumidores, já que é mais fácil pesquisar preços na internet. “No e-commerce, ele não precisa sair de casa, não precisa enfrentar trânsito ou filas e pagar estacionamento. Embora exista o valor do frete na maioria das compras online, acaba ficando mais barato do que o que o consumidor acaba gastando para ir a alguma loja específica”, diz Sarraf. Além disso, o modelo também é benéfico para os empresários, seja de pequena, média ou grande empresa. Com a parceria com os Correios, os empresários podem aumentar sua abrangência e clientela, uma vez que a companhia está presente em todas as cidades brasileiras. Hoje, 9 entre 10 sites de e-commerce utilizam os Correios para a entrega de suas encomendas e há várias opções de serviços, que você pode adaptar, de acordo com seu negócio.

Se você pensa em trabalhar com o formato e-commerce, vale a pena conhecer exemplos de empresas que aderiram e quais são as vantagens do serviço. Além de, é claro, pesquisar dentro do seu mercado e público-alvo qual a melhor forma de oferecer esse serviço.

Fonte: http://goo.gl/sMxDxG

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: