Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

5 dicas para as redes sociais da sua MPE

Redator MPE | 24 de março de 2016

Em um cenário cada vez mais competitivo, marcado por turbulências e incertezas econômicas, as redes sociais vêm se mostrando como importantes aliadas das empresas. Além de uma ferramenta de relação entre as empresas e seus clientes, as redes sociais têm crescido exponencialmente na última década. Se pensarmos que hoje, a internet ultrapassa os meios tradicionais como a imprensa, rádio e televisão, isso implica que a comunicação de uma empresa deve também avançar nessa direção.

Por meio das mídias sociais, as empresas podem ter um contato mais direto com os clientes e identificar suas vontades e necessidades, acompanhar a repercussão de sua imagem online, divulgar novos produtos e promoções, analisar a concorrência e as tendências de mercado, fidelizar, atingir e se envolver diretamente com o seu público-alvo.

No entanto, para desfrutar dos inúmeros benefícios das redes sociais não basta apenas estar presente nelas. É preciso que seja feito um bom trabalho por trás disso, aliando comunicação e marketing. Confira algumas dicas:

1 – Saiba em quais redes sociais sua MPE precisa estar



Não é preciso estar em todas as redes sociais que existem, não é saudável e nem viável que isso aconteça. Antes de decidir, portanto, em qual rede sua empresa vai estar presente, é importante conhecer os diferenciais de cada uma e qual o perfil do público frequentado por elas, lembrando sempre de que ela poderá ser usada como uma plataforma de disseminação de conteúdo ou de construção de audiência.

2 – A importância do conteúdo



O conteúdo é o que irá atrair e fidelizar a sua audiência nas redes sociais. Portanto, é importante que ele seja relevante, adequado e agregue valor à mensagem que a empresa deseja passar. Ou seja, é essencial que, para que haja uma boa comunicação, seja criada a mensagem certa, para a rede social certa e o público-alvo certo, onde essa fará sentido com o contexto do consumidor. Além disso, lembre-se de que compartilhamentos e curtidas são o termômetro da sua presença online, portanto, o conteúdo deve ser interessante o suficiente para ser disseminado pelos próprios usuários.

3 – Construa uma boa reputação para a sua marca



Este item está diretamente relacionado aos anteriores, pois, assim como toda ação de comunicação e marketing, as redes sociais precisam atender aos objetivos da empresa, ou seja, ao posicionamento e à imagem que se deseja transmitir. Muitas vezes, as redes sociais vão funcionar como uma Central de Atendimento ao Cliente, portanto, busque ouvir as sugestões e críticas e procure se posicionar de forma condescendente. Lembre-se que um conteúdo na internet pode se espalhar de maneira incrivelmente rápida, seja porque um funcionário no ponto de venda não tratou bem algum cliente, porque a mercadoria estava em falta ou até mesmo porque a empresa não se preparou para um bom serviço. Um pequeno deslize replicado para um número grande de clientes atuais pode fazer um grande estrago. Portanto, contrate bons profissionais para desempenharem tal função.

4 – Conheça sua audiência



A maneira como você se comunica pode ter diferentes impactos e interpretações dependendo do público-alvo. Portanto, ajustar essa comunicação à audiência irá ajudar a garantir que a mensagem seja realmente assimilada. Aqueles textos que tiverem um conteúdo muito técnico podem ser mais facilmente compreendidos se comunicados em passos práticos, com menos jargões, ou se associados a metáforas simples. Lembre-se de considerar também o nível de experiência do público e do que ele realmente precisa.

5 – Monitore seus resultados



Além da criação e atualização das contas, o monitoramento das redes sociais é fundamental para mensurar os resultados do seu trabalho. As próprias redes oferecem maneiras quantitativas de se fazer isso, porém, se sua comunicação estiver sendo bem sucedida, você perceberá isso de outras formas, seja no aumento da confiança do cliente, em novas oportunidades de negócios, entre outras.

De acordo com pesquisas, mais de 1 bilhão de pessoas no mundo utilizam mídias sociais e o brasileiro é um dos que mais acessam. Ou seja, estar ausente nas redes não é mais uma opção. Mas, mais do que  ser essencial nas redes sociais, a presença empresarial precisa ser útil tanto para os usuários quanto para o próprio negócio. Lembre-se, portanto, que essa presença deve ser planejada e bem executada, coloque as dicas acima em prática e aguarde pelos bons frutos que virão.

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: