Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

O que muda na gestão das empresas com a transformação digital

Velocidade, disrupção, inovação: essas são algumas das características que podem ser observadas no intenso movimento que a Transformação Digital vem provocando nas empresas e no mercado nos últimos anos. Os constantes avanços da tecnologia da informação, o surgimento de ferramentas inovadoras e as novas necessidades das pessoas estão viabilizando e moldando cada vez mais os negócios nos mais diferentes segmentos. Por isso, a evolução digital passou a ser uma pauta importante dentro das empresas, uma vez que as oportunidades de transformar os negócios são inúmeras e podem representar a chance de diferenciação junto aos principais concorrentes.  

Repensar o propósito e criar novos modelos de atuação é a chave para que uma organização ingresse nesse caminho de Transformação Digital. O uso criativo da tecnologia juntamente com a capacidade de promover inovações permitem aumentar não apenas a competitividade mas também o crescimento dos negócios. Assim, uma estratégia digital precisa estar intrínseca no DNA da empresa, caso ela queira se manter de pé mesmo diante de tantas transformações que se tornaram mais intensas nas duas últimas décadas.  

A essência da Transformação Digital

A Transformação Digital une conceitos essenciais e que fazem parte da realidade do mundo corporativo. Liderança, cultura, estratégia e gestão são pilares que, juntamente com a tecnologia, precisam ser desenvolvidos dentro das organizações que desejam criar suas próprias oportunidades ao invés de esperar que elas apareçam de forma natural. Nesse sentido, contar com gestores capacitados e que estejam alinhados com essa proposta é fundamental, uma vez que são esses líderes os principais responsáveis por conduzir o processo de transformação, gerenciando cada ação e medindo resultados, a fim de acompanhar o desempenho dos negócios em suas mais diferentes áreas.

Além disso, um verdadeiro processo de Transformação Digital exige ainda uma reinvenção quanto ao modelo organizacional e dos processos internos, que passam a ser cada vez mais digitais e, consequentemente, mais ágeis. O uso intenso do conceito de digitalização também passa a fazer parte desse cenário, que tem como características principais a velocidade e a amplitude das mudanças. Essas particularidades, que não fazem parte da competitividade tradicional observada no mercado, são responsáveis por fazer com que todos os setores sejam impactados pelas mudanças da Transformação Digital. E não é radicalismo ou ilusão: em menor ou maior escala, todos os negócios serão influenciados pela disrupção que esse processo gera.

Apesar de parecer algo negativo, a disrupção é essencial para o surgimento de ideias inovadoras e produtos/serviços que funcionem com uma boa alternativa para aqueles encontrados no mercado há tempos. Portanto, cabe aos gestores que estão à frente de modelos tradicionais de negócio a decisão de continuarem vivos no mercado ou de deixarem de existir em um futuro não muito distante.

Os benefícios e resultados da Transformação Digital nas empresas

Um estudo encomendado pela CA Technologies, e divulgado em fevereiro deste ano, mostrou que empresas que deram início às suas jornadas de Transformação Digital já conseguem mensurar os resultados positivos conquistados com a adoção dessa nova abordagem. De acordo com o levantamento, boa parte das empresas  brasileiras entrevistadas elevaram a sua eficiência operacional em 52% e as receitas em 50%. Além disso, boa parte dos 75 executivos brasileiros consultados para a realização do estudo afirmaram que a Transformação Digital melhorou a experiência dos seus clientes em 78% e aumentou em 58% a satisfação dos mesmos em relação às marcas entrevistadas.

Consideradas importantes para o alcance desses resultados, as práticas de desenvolvimento de software, como DevOps e Agile, auxiliam as empresas a reagir com rapidez e confiança diante da dinâmica do mercado, tornando-as preparadas para toda e qualquer mudança que seja necessário. Assim, a área de TI consegue ter o respaldo e o amparo que o processo de digitalização do negócio exige, contribuindo para o êxito dessa transformação.

Portanto, como ratifica o levantamento, os principais benefícios da Transformação Digital passam diretamente pelo aumento da eficiência operacional, ao substituir processos de realização manual por fluxos de trabalho automatizados, e pela satisfação do cliente, que passa a ter o sentimento de que a empresa, de fato, atende suas necessidades e anseios ao estar disponível nos mais diversos canais. A criação de novos cargos e funções e a obtenção de vantagens competitivas, que levam ao alto desempenho corporativo, também são resultados desse processo de transformação e refletem diretamente na forma como a gestão dos negócios é realizada. Confira mais sobre esse assunto a seguir.

Transformação Digital e a gestão corporativa

Conforme mencionado anteriormente, para que uma empresa consiga atingir por completo a Transformação Digital é necessário que ela passe por transformações de ordem processual, operacional e também de gestão. Criar uma TI que seja bimodal e ofereça agilidade à TI tradicional além conduzir uma mudança da cultura organizacional, que atinja todos os setores do negócio, são essenciais para que a Transformação possa efetivamente acontecer. Porque é a partir dessas práticas que a organização consegue criar uma nova infraestrutura, baseada em processos digitais além de viabilizar o uso de ferramentas que geram impacto positivo ao negócio, como Cloud Computing, Big Data e Analytics.

Toda essa mudança de comportamento também gera a necessidade de que novos cargos e funções sejam criados para que novas atividades, reestruturadas ao longo do processo da Transformação Digital, sejam executadas. Um bom exemplo disso é o CIO, que além de ser responsável pela área de tecnologia da empresa, também passa a trabalhar na integração de produtos e soluções relacionados à inovação, que é parte imprescindível do planejamento dos negócios. Da mesma forma, o setor de vendas e marketing precisa executar novas tarefas que são consideradas determinantes para a era digital da organização, como conhecer o cliente, seus hábitos e preferências para entregar produtos e serviços que atendam a essas necessidades.

Portanto, para entrar de vez e competir com igualdade nesse contexto de Transformação Digital é preciso mudar a estrutura da empresa e encontrar formas de engajar funcionários e clientes em torno desse modelo mais próximo e digital. E você, o que acha de toda essa mudança? A sua empresa já faz parte desse cenário da digitalização? Compartilhe conosco sua opinião nos comentários!

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: