Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

O efeito da visualização de dados na definição de estratégias de negócios

Algar Telecom | 29 de fevereiro de 2016

No mundo corporativo, ter acesso a informações relevantes é deter poder para melhorar os negócios, aproveitar oportunidades e conseguir vantagens competitivas no mercado. Mas, até chegar a esse ponto, as informações vêm em forma de dados que, isoladamente e sem a devida análise, podem não significar muito. Na prática, dependendo da quantidade de dados, a interpretação em si pode se tornar bastante difícil ou fornecer um resultado extremamente complicado. E é por isso que a visualização de dados tem se tornado uma tendência cada vez mais forte.

Com o propósito de facilitar a compreensão dos dados do negócio e permitir, assim, a boa tomada de decisões, a visualização é importante para qualquer empresa que deseja desfrutar de excelentes resultados. Mas qual exatamente é o efeito dessa visualização na definição de estratégias de negócio? É o que você vai aprender com o post de hoje.

O que é a visualização de dados?

A teoria é simples: a visualização de dados (data visualization) consiste na representação visual de diferentes dados sobre uma determinada característica da empresa. De fato, ela nada mais é que uma forma de transformar dados em representações gráficas que facilitem sua respectiva análise. Essa tendência tem se tornado mais forte por haver uma quantidade cada vez maior de dados a ser analisada. É o Big Data fazendo a diferença no mundo dos negócios!

Geralmente coletados por softwares modernos e técnicas bem específicas, esse dados chegam em grandes volumes a todo instante. Assim, sem a visualização de dados, é praticamente impossível avaliar cada detalhe de maneira dinâmica e, principalmente, simultânea. E, como sem agilidade só haverá acúmulo e perda de oportunidades, é melhor apressar o passo para acompanhar essa evolução!

Quais os tipos de visualização de dados?

Antes de realmente nos aprofundarmos no assunto, confira os principais tipos de data visualization disponíveis no mercado:

Infográficos

Uma forma simplificada de visualização de dados constantemente utilizada é o infográfico. No entanto, esse tipo de representação constitui uma espécie de análise secundária, já que na verdade traz as informações extraídas de um conjunto de dados (como a porcentagem de clientes de um determinado gênero ou faixa etária, por exemplo).

Mapas mentais e organogramas

Os mapas mentais e organogramas, por sua vez, ajudam a representar as diferentes conexões entre fatores distintos na empresa. Esse tipo de visualização também é responsável por interligar dados distintos e, inclusive, mostrar algumas tendências que poderiam passar despercebidas no caso do emprego de outras formas de análise.

mapa-mental-segurança

Princípios básicos de segurança, Exemplo de Mapa Mental – Imagem: mapasequestoes.com.br

Gráficos e tabelas

Enquanto isso, os gráficos e as tabelas são métodos mais que consagrados de visualização de dados, inclusive matematicamente falando. Eles ajudam a perceber de forma clara a evolução, levando em conta uma determinada unidade (como o tempo), além de mostrarem como diferentes fatores se comportam dentro de uma mesma escala. Favorece-se, assim, a análise conjunta de dados que, de outro modo, seriam analisados apenas individualmente.

modelos-graficos1

Exemplo de gráficos e tabelas

Modelos matemáticos

De maneira mais avançada, há também os modelos matemáticos aliados à programação. Embora a princípio pareçam científicos demais, os modelos matemáticos podem auxiliar na percepção de como se dá uma determinada distribuição de dados ou como se comporta a interação entre diferentes fatores. Esse tipo de visualização é especialmente útil por normalmente trazer resultados em 3D, o que permite uma análise multifacetada dos dados e, consequentemente, muito mais assertiva.

modelos matemáticos

Exemplo de visualização de um modelo matemático. Imagem: Universidad Autónoma de Madrid

 

Por que é tão importante?

Se você ainda não está totalmente familiarizado com o conceito de visualização de dados, é bem possível que esteja se perguntando o porquê dessa técnica ser tão importante e tão utilizada nos dias de hoje. Por que exatamente você deveria preferir adotá-la em seu negócio em vez das demais?

A verdade é que esse tipo de visualização é altamente relevante para qualquer empresa que deseja melhorar seus resultados, independentemente do seu porte ou da sua área de atuação. Assim, seja seu negócio B2B, B2C ou até mesmo B2B2C, a visualização de dados certamente será de grande ajuda, já que:

Facilita a legibilidade

O que é mais fácil: ler que a empresa cresceu seu faturamento em 10% no último trimestre em comparação a três trimestres anteriores ou ver isso representado em um gráfico de barras? O gráfico simplifica bastante a compreensão, não é mesmo? A visualização de dados também é importante, portanto, porque facilita a legibilidade das informações.

Isso significa que, em vez de apresentar enormes blocos de texto com diversos números e tabelas, você garantirá a compreensão do interlocutor ao apresentar gráficos, mapas mentais e outras representações que ajudem a transmitir a mensagem desejada sem dar espaço para mal-entendidos. Sem contar que, com isso, você ajuda a democratizar o acesso à informação. Afinal de contas, por ser mais simples, exige-se menos capacidade técnica para compreender um dado e por que ele é importante, expandindo seu alcance.

Estimula a colaboração

Como a visualização de dados torna mais fácil a leitura e a compreensão das informações por um maior número de pessoas, ela estimula a colaboração de diferentes setores e profissionais da empresa na busca por melhores resultados. Isso se deve, basicamente, ao fato de que um maior alcance e uma democratização de dados permite que todos se envolvam de alguma maneira.

Notando a necessidade de melhora ou de manutenção de um resultado, as atitudes podem ser tomadas de formas mais espontâneas e produtivas, fazendo com a empresa se beneficie de funcionários colaborativos graças ao conhecimento igualitário que têm sobre as informações.

Identifica as correlações

Você certamente já ouviu dizer que uma imagem vale mais que mil palavras, certo? Com isso em mente, imagine o que um gráfico ou uma modelagem de dados pode significar! É por isso que a visualização de dados é capaz de fornecer uma série de informações só percebidas quando os dados são lidos de maneira gráfica. Por meio dessa representação é possível identificar, por exemplo, a correlação entre dois fatores diferentes, como perceber que, em um momento de queda, outro fator se elevou.

A visualização também é importante para que seja possível analisar e estudar relações de causa e efeito. Já com os dados estanques, isso nem sempre é possível, uma vez que ficam isolados. Com a data visualization, tem-se uma representação mais verossímil da realidade, afinal, no cotidiano da empresa, um fator tem influência sobre diversos outros e, consequentemente, também é afetado por eles.

Descobre necessidades de otimização

Justamente por identificar padrões e relações que não seriam vistos de outra maneira é que a visualização de dados é responsável por ajudar na percepção de necessidades de otimização. Assim, além de se identificar uma determinada tendência, é possível avaliar se o resultado que ela oferece é bom ou ruim para os negócios e, portanto, se precisa ou não ser ajustada.

No caso de um gráfico de desempenho de determinado processo produtivo, por exemplo, se é observado que, ao longo dos anos, foram feitos investimentos para melhorias que atualmente não aparecem na visualização, é sinal de que algo não está saindo como o planejado. Como consequência, poderá ser necessário fazer algum tipo de otimização para que o processo se torne relevante e forneça os resultados esperados.

Avalia o comportamento dos clientes

A visualização de dados é responsável por fornecer a ajuda necessária ao entendimento e à previsão do comportamento dos clientes. Isso significa que, com o uso desse tipo de técnica, fica muito mais fácil conseguir antecipar como os clientes se comportarão, do que eles gostam ou não, se vão fechar negócio ou não e até se ficarão satisfeitos. Mais do que isso, a visualização de dados também ajuda a entender o que os motiva e o que faz com que decidam pela compra de um produto em detrimento de outro, por exemplo.

Como procurar conhecer realmente os clientes é um caminho não apenas para fazer com que comprem mais, mas também com que sejam fidelizados, essa visualização se torna essencial para melhorar cada vez mais o relacionamento da empresa com sua base de consumidores.

Cria uma previsão de vendas

Já que a visualização de dados ajuda a entender melhor o cliente e prever como será seu comportamento, ela também permite uma previsão de vendas. Isso é conseguido graças ao fato de que, sabendo o que o consumidor quer, como ele quer e quais são suas prováveis ações, torna-se mais fácil identificar como serão as vendas em determinado período ou em relação a certo produto.

Esse tipo de previsão ajuda a estabelecer um planejamento financeiro mais assertivo, além de auxiliar significativamente diferentes tipos de gestão (como de compras e de estoque). Além disso, a previsão de vendas também é importante para manter a robustez da empresa, que pode se preparar melhor para eventuais períodos de baixa.

Quais são suas vantagens?

Os motivos que fazem com que a visualização de dados seja importante também garantem suas vantagens, cada vez mais imprescindíveis para o mundo empresarial. Feita da maneira correta, essa visualização traz vantagens como:

Diminui a dependência da TI

A diminuição da necessidade de montar e manter uma estrutura de TI nem sempre é uma vantagem valorizada ou sequer observada. Mas a verdade é que, com a visualização de dados correta, é cada vez menor a necessidade de utilizar softwares e soluções específicas para analisar individualmente cada grupo de dados.

Além disso, a data visualization também promove a centralização das informações, fazendo com que, em uma mesma ferramenta, você possa encontrar todos os dados (ou pelo menos boa parte deles) para realizar uma avaliação assertiva.

Acelera a análise de dados

Essa centralização também traz outra vantagem importante: a diminuição do tempo para a efetiva análise dos dados. Isso significa que, mesmo com um volume muito grande de informações, se você consegue transformá-las em um gráfico de barras ou dispersão, por exemplo, ficará mais simples analisar a influência de cada dado em vez de ter que observar centenas ou milhares de linhas separadamente. Por isso, aumenta-se a produtividade em geral, assim como a própria eficiência da análise.

Nesse caso, um display de informações e estrutura garante a identificação dos relacionamentos estruturais da empresa (ainda que ela possua uma estrutura muito grande). Com esse tipo de ferramenta é possível, por exemplo, detectar quais são os setores mais relevantes para o negócio e quais são mais impactados por uma ou outra mudança específica.

Possui um retorno elevado

Outra grande vantagem da visualização de dados é que ela possui um retorno sobre investimento bastante elevado. Isso significa que, ao investir na criação de uma representação visual dos dados, você também investe nos resultados obtidos. Com isso é possível fornecer uma grande quantidade de informações e de benefícios que ultrapassam (e muito) o que é aplicado para que ela seja realizada.

Além disso, também é preciso ressaltar que a data visualization aumenta a relevância dos dados obtidos, consequentemente elevando o retorno das ferramentas de Big Data responsáveis pela captação de dados. Com isso, toda a estrutura se torna mais relevante e fornece mais retorno sobre o investimento.

Facilita o processo de comunicação

Como todos entendem os dados de maneira mais facilitada, essas formas de visualização também são responsáveis por simplificar a comunicação como um todo. Isso permite tanto que os setores conversem mais claramente entre si como faz com que gestões diferentes conheçam os desafios dos outros setores.

E todos passam a falar a mesma língua porque têm acesso aos mesmos dados e possuem uma compreensão simplificada dos resultados. Assim, fica mais fácil compreender o que cada setor está dizendo e vivendo. A comunicação sai ganhando! Dessa forma, é possível não só reduzir as perdas, como garantir a obtenção de resultados extremamente benéficos para vários setores.

Aumenta o aproveitamento de oportunidades

A maior rapidez na análise de dados significa que a gestão é capaz de absorver possíveis mudanças de maneira mais eficiente. Com isso, automaticamente se tornam maiores as chances para aproveitar oportunidades!

Imagine, por exemplo, que uma visualização de dados a respeito do comportamento dos clientes ajudou a criar uma excelente previsão de venda. Com isso em mente e com a comunicação otimizada entre os setores, o departamento de compra se vê diante de uma ótima oportunidade de negociação, conseguindo comprar os produtos por um preço mais barato. Com a previsão se concretizando, a empresa lucrará mais graças a uma oportunidade bem aproveitada.

Melhora a tomada de decisão

No geral, a maior vantagem da visualização de dados consiste na melhoria da tomada de decisão como um todo. E essa tomada de decisão não apenas é feita de maneira mais rápida (e, portanto, mais barata) como também se dá com muito mais embasamento.

Além de mais informações, a data visualization gera a simplificação no entendimento das informações, de forma que a tomada de decisão se torna mais simples, mais eficiente e, principalmente, mais assertiva. Alguma dúvida de que a ocorrência de quaisquer possíveis erros será reduzida?

Quais são as mudanças para minha empresa?

Fato é que, quanto melhor for a visualização de dados em sua empresa, melhores serão os resultados. E isso significa não apenas aumentar o volume de dados visualizados, mas também fazer escolhas mais acertadas para as necessidades do negócio. Tendo isso em vista, confira as principais mudanças causadas por uma melhor visualização de dados:

O processo de decisão será facilitado

Dependendo do número de informações e de sua respectiva qualidade, é bem possível que a visualização responda por boa parte das tomadas de decisão, criando um fluxo decisório mais natural. A facilidade nesse processo depende fortemente, entretanto, da confiabilidade e da relevância dos dados. De nada adianta, por exemplo, tomar decisões sobre a compra de determinados produtos tendo como base dados que não têm a ver com resultados anteriores ou com os clientes em si.

A gestão se tornará mais assertiva

Se a tomada de decisão é melhorada, tornando-se mais fácil e assertiva, a gestão também experimenta menos erros durante sua atuação. Mas atenção: isso definitivamente não significa que unicamente graças à visualização de dados a gestão não errará em momento nenhum! A verdade é que as chances de que isso aconteça diminuem significativamente. Portanto, quão melhor for a visualização de dados, mais preparada ficará a gestão para tomar decisões .

Os clientes ficarão mais satisfeitos

O objetivo final de qualquer empresa normalmente é atrair, converter e manter o cliente. Mas, para que isso seja possível, é necessário que os clientes fiquem satisfeitos com a prestação de serviço ou com o produto oferecido e com a qualidade do que a empresa disponibiliza. E uma melhor visualização de dados ajuda também na garantia de satisfação do cliente, uma vez que ele terá suas necessidades representadas de maneira tal que todos os setores entenderão quem ele realmente é. Com o foco na experiência do consumidor, fica mais fácil garantir uma impressão positiva sobre a empresa.

O engajamento e a participação serão beneficiados

A facilitação da legibilidade dos dados e a melhoria na democratização e na comunicação geral fazem com que a empresa apresente maior engajamento e mais participação. Isso significa que, em vez de os setores atuarem de maneira individualizada, apresentam uma integração muito necessária para que os objetivos comuns sejam alcançados. E, novamente, isso só é possível porque todos falarão a mesma língua e conhecerão as necessidades e os desafios do outro. Além do mais, o engajamento e a participação também acontecem em relação aos diversos níveis hierárquicos de um mesmo setor, já que a posse de informações importantes não precisa ficar restrita somente a executivos ou gerentes e diretores.

Como construir uma melhor visualização de dados?

Se sua intenção é construir melhores formas de data visualization, é muito importante que tenha uma regra em mente: quanto mais simples, melhor. Afinal de contas, essa visualização vem para facilitar o processo de análise de dados e não para torná-lo ainda mais complexo. Por isso, o mais recomendado é que, para melhorar a visualização e aproveitar ao máximo as vantagens dessa técnica, você tenha a simplificação como objetivo. Assim, para construir as melhores visualizações e tomar decisões melhores, você precisa:

Conhecer as necessidades da empresa

Por mais que, nem sempre, um gráfico seja a melhor opção, também não é em todos os casos que ele pode ser dispensado. Para saber o que mais se adapta à sua empresa é preciso, portanto, que você primeiro procure conhecer quais são as reais necessidades do negócio. Saber como os dados são adquiridos, qual é o volume médio e em quanto tempo eles devem ser analisados, por exemplo, é uma forma de escolher a melhor opção.

Se a análise precisa ser feita diariamente, várias vezes por dia, um infográfico pode não ser a melhor escolha, por exemplo. Já se a mudança é mais estrutural, uma visualização com ferramentas específicas para a identificação e o mapeamento de relacionamento é bem mais relevante do que apenas tratar de números.

Utilizar ferramentas de qualidade

É bem verdade que o Excel, por exemplo, é uma excelente ferramenta para criar gráficos e tabelas necessários à visualização. Mas essa, entretanto, não é uma verdade absoluta para todos os casos, já que ele pode se tornar uma ferramenta extremamente obsoleta e limitada dependendo da quantidade de dados e do tipo de visualização.

Por isso, é importante que você considere a procura de ferramentas e soluções específicas voltadas para a visualização de dados, levando em conta as particularidades de cada alternativa. Ao fazer isso, você potencializa seu investimento e obtém resultados cada vez mais satisfatórios.

Testar e fazer as devidas adaptações

Mesmo após escolher uma solução (ou até mesmo um conjunto de soluções) para a visualização, é preciso se manter atento aos resultados por ela fornecidos. Se os gráficos não ficaram tão simples quanto o esperado, por exemplo, pode ser necessário mudar de uma representação de dispersão para uma em barras.

Da mesma forma, se um organograma não funcionou tão bem, talvez uma análise estruturada em cascata faça mais sentido para o objetivo em questão. É preciso, portanto, fazer testes com diferentes soluções de visualização, analisando qual se encaixa melhor em cada situação e procurando pela otimização constante para conseguir melhores resultados.

A visualização de dados na definição de estratégias de negócios é indispensável por ser responsável, basicamente, por apoiar e facilitar o processo de tomada de decisões. Ao reconhecer a importância e as vantagens dessa visualização, o próximo passo deve consistir na melhoria das formas de visualização aplicadas na empresa. Para isso é crucial empregar as ferramentas certas conforme cada caso, garantindo que os resultados apareçam e que a estratégia seja adequadamente definida.

Agora nos conte aqui o que você pensa sobre a técnica de data visualization para ajudar os negócios! Ficou ainda com alguma dúvida? Não deixe de comentar e participar da conversa!

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: