Consultor Especializado mais perto da sua empresa> Sou de Média e Grande Empresa Sou de Micro e Pequena Empresa

Para melhorar sua experiência, selecione um perfil de conteúdo:

28/jun
Cristina Cruz
Você já ouviu falar em processos ágeis?

As metodologias de processos ágeis têm aparecido em um cenário em que a todo momento novos modelos de negócios são criados. Afinal, as chamadas startups – empresas de tecnologia conhecidas pela sua velocidade e inovação – têm colocado novos desafios para a sobrevivência das empresas.

Esses desafios estão relacionados aos modelos de gestão de processos, que precisam ser cada vez mais ágeis, dinâmicos e flexíveis para que as empresas consigam se destacar no mercado. As organizações que não estiverem atentas a isso podem acabar ficando para trás.

Portanto, se você nunca ouviu falar em processos ágeis, não deixe de ler esse conteúdo.

O que são processos ágeis?

Os processos ágeis consistem em metodologias que utilizam diversas ferramentas tecnológicas visando promover entregas mais rápidas e eficientes. Embora tenham sido gerados pelos projetos de desenvolvimento de software, os processos ágeis podem ser utilizados em diferentes tipos de projetos.

Essas novas metodologias fazem uma abordagem do negócio que se fundamenta no equilíbrio entre os objetivos da organização e as demandas dos clientes. Para que isso seja possível, a gestão de processos ágeis valoriza, acima de tudo, a comunicação e a colaboração entre todos os envolvidos para que os resultados esperados sejam alcançados.

Portanto, o conceito diz respeito a uma nova abordagem da gestão de processos de negócios. Com mais eficiência, os processos ágeis funcionam em sintonia com a nova realidade e dinâmica do mercado global. Isso quer dizer que levam em consideração a experiência do cliente, a economia digital, os modelos de negócio disruptivos, entre outros.

Quais são os tipos de processo ágeis?

É possível encontrar, hoje, diferentes modelos de processos ágeis. Embora eles tenham propósitos semelhantes, algumas características os tornam diferentes uns dos outros. Para que você possa escolher o mais adequado é preciso considerar o contexto ao qual a sua empresa ou projeto faz parte.

Além disso, nem sempre um único modelo é a melhor opção, mas a combinação entre variados modelos de processos ágeis. Confira alguns dos principais:

Scrum

O Scrum é o um dos modelos de processos ágeis mais conhecidos. Nele, os projetos são divididos em ciclos com um tempo determinado, chamados de Sprints. Ao começar cada ciclo, uma reunião de planejamento é feita, além das reuniões diárias. Ao final de cada Sprint, uma entrega é realizada ou um objetivo é atingido.

Lean

O principal objetivo dessa metodologia é buscar eficiência por meio da valorização da integração dos colaboradores e da redução de desperdícios. Com isso, o Lean colabora para o aumento da produtividade e para o uso de recursos que realmente são necessários para realizar certa atividade ou processo. Portanto, o modelo pode ser utilizado por variados tipos de projetos que precisem de mais eficiência.

Microsoft Solutions Framework (MSF)

Com base na experiência de produção de software e serviços de consultoria, a Microsoft criou o MSF, que se originou como um conjunto de boas práticas. Esse modelo de processos ágeis colabora para o alinhamento de interesses e gerenciamento de riscos. Com isso, é possível fornecer respostas mais rapidamente e com maior eficiência. Geralmente, é mais indicado para as equipes menores.

Extreme Programming (XP)

Visando, principalmente, as equipes pequenas e médias, a metodologia XP é utilizada para o desenvolvimento de software que possuem requisitos vagos e precisam ser constantemente alterados. Por isso, ela permite que ajustes possam ser feitos durante todo o processo de desenvolvimento. Tem como princípio o feedback rápido e valoriza a comunicação e simplicidade.

Colaborando para a produtividade das empresas

Considerando o avanço acelerado da tecnologia e a dinâmica do mundo de hoje, as empresas precisam perceber o quanto é importante fazer uma gestão de tarefas de uma maneira mais ágil e eficiente. Diante desse cenário, os processos ágeis são fundamentais para que as empresas sobrevivam e estejam prontas para lidar com constantes transformações.

Levando em consideração a relevância do gerenciamento de projetos é preciso garantir que eles estejam aptos a atender às demandas do cliente. Isso só é possível por meio de um modelo de gestão efetivamente rápido e flexível.

O que achou desse conteúdo? Quer saber mais sobre como aumentar a produtividade da sua empresa? Então, confira esse conteúdo sobre Transformação Digital.

Deixe seu comentário