5 maneiras de identificar a dor do cliente da sua empresa | Plataforma Conexão
Consultor Especializado mais perto da sua empresa> Sou de Média e Grande Empresa Sou de Micro e Pequena Empresa

Para melhorar sua experiência, selecione um perfil de conteúdo:

10/jul
Redator MPE
5  maneiras de identificar  a dor do cliente da sua empresa

Entender a dor do cliente e saber como explorá-la, em alinhamento com a sua solução, é um diferencial competitivo e tanto! Afinal de contas, é por meio de uma estratégia dessas que você se aproxima do seu público-alvo e se diferencia de sua concorrência.

E sabe por quê? Hoje em dia, não basta oferecer um produto ou serviço ao consumidor. Ele está melhor informado e usa a internet para resolver boa parte de suas dúvidas. Ao saber qual é a necessidade do cliente, você se antecipa em orientá-lo a resolvê-la.

Quer saber como isso pode ser feito? Confira conosco 5 maneiras de descobrir a dor do cliente da sua empresa!

1. Faça um trabalho investigativo para descobrir a dor do cliente

Não há maneira mais objetiva para entender a dor do cliente do que perguntar ao próprio, não é mesmo? Se um cliente vai à sua loja, crie o hábito de perguntar o problema dele. Se visitam as suas páginas nas redes sociais, explore melhor a necessidade dele.

Além disso, você pode constantemente promover pesquisas — via e-mail, formulários e também nas mídias sociais — para que o consumidor responda e, assim, você esteja sempre bem informado a respeito de como solucionar os problemas dele.

2. Saiba o que deve ser pesquisado

Para tornar o trabalho mais assertivo, tenha um objetivo muito bem esclarecido. Do contrário, você vai acumular informações que podem não ser tão relevantes.

Quando você já tem uma ideia de quem é o seu público-alvo e o que a sua solução pode fazer por ele, o trabalho investigativo acima citado ganha um impacto muito maior.

Além disso, saiba como explorar essas informações. Por exemplo: não foque só na dor do cliente, mas também nos seus desejos e sonhos. Afinal de contas, o seu negócio pode tanto resolver um problema quanto gerar outras vantagens para os consumidores. O ideal, é fazer com que essas pessoas gerem identificação com o que você tem a oferecer.

3. Dê liberdade emocional aos consumidores

Além de perguntar, para compreender efetivamente a necessidade do cliente você precisa ouvir. E é isso que significa a liberdade emocional: a possibilidade de deixá-lo se expressar.

Quando o cliente se sente ouvido há uma relação criada entre vocês. E, para gerar uma experiência de compra única, essa etapa é determinante para o desenvolvimento da sua empresa.

4. Analise a concorrência e o mercado

Você não deve analisar apenas internamente os resultados de suas pesquisas: o mercado e a concorrência são fontes riquíssimas para você identificar a dor do cliente.

Em primeiro lugar, porque são das ações dos concorrentes que você pode analisar novas oportunidades de mercado, carências inexploradas e até mesmo estratégias que rendem bons resultados. Quanto ao mercado, ele é um termômetro que pode ajudar você a fazer ações mais agressivas ou se resguardar em tempos de baixas vendas no geral.

5. Não se trata da sua empresa ou de suas soluções

Por fim, vale observar que o objetivo de descobrir a necessidade do cliente não é algo relacionado — diretamente, pelo menos — à sua empresa e soluções: trata-se de realmente conhecer o seu público e ajudá-lo com o seu problema.

O consumidor hoje em dia se interessa menos por empresas que apenas querem “empurrar” as suas soluções para os clientes. Uma pesquisa recente, feita pela Capgemini, destaca que 80% dos entrevistados preferem uma experiência de compra satisfatória — mesmo que signifique um investimento maior.

Ou seja: pergunte, ouça, entenda e queira ajudar o seu consumidor. Assim, a dor do cliente se torna no mote para que a sua empresa cresça sempre mais — e lado a lado com as expectativas do seu público-alvo.

E então, o que achou deste artigo? Deu para entender como identificar a dor do cliente e usá-la na sua empresa? Que tal complementar o que vimos aqui descobrindo como reforçar a sua equipe a partir da atração e retenção de talentos?

 

Deixe seu comentário