Consultor Especializado mais perto da sua empresa> Sou de Média e Grande Empresa Sou de Micro e Pequena Empresa

Para melhorar sua experiência, selecione um perfil de conteúdo:

Como transformar os feriados de 2018 em oportunidades para o seu negócio

Uma gestão estratégica gera aumento de lucratividade com as datas comemorativas

02/abr
Cristina Cruz
Como transformar os feriados de 2018 em oportunidades para o seu negócio

O grande número de feriados presentes no calendário brasileiro é encarado com bastante receio por grande parte dos empreendedores de pequenas e médias empresas. Em 2018, 13 feriados nacionais poderão ser prolongados, já que muitos caem no começo ou no fim da semana.

A depender do segmento, a queda de demanda, somada à necessidade de pagar horas com valor dobrado aos funcionários, pode fazer com que algumas dessas datas comemorativas sejam encaradas como um problema para o comércio de bens e serviços.

No entanto, um dos segredos para atingir o desenvolvimento de um negócio é enxergar, em cada desafio, uma oportunidade de evolução. Aspectos considerados negativos no mundo dos negócios podem ser, na verdade, soluções de lucratividade, desde que haja estratégias corretas de gestão.

As comemorações, ao mesmo tempo que limitam algumas possibilidades de atuação, podem servir como um grande estopim de vendas, aumentar a exposição da marca e estreitar laços entre empresa e comunidade. Descubra, então, como transformar os feriados em sinônimos de bons negócios:

 

Trabalhe com um estoque temático

Uma das principais vantagens dos feriados é que eles são capazes de gerar produtos temáticos, consumidos exclusivamente ou mais intensamente em determinada época do ano. A Páscoa e o Natal são algumas das datas mais exploradas nesse sentido. No entanto, há inúmeras outras possibilidades de atrair vendas aproveitando comemorações.

Cabe ao empreendedor entender as especificidades de seu negócio para poder utilizar-se das datas ao seu favor. Com uma análise de mercado aliada a um bom planejamento de compras, é possível descobrir tanto artigos de alusão ao feriado ou alguns produtos que, naturalmente, tornam-se mais consumidos sazonalmente.

Um bom planejamento é fundamental para traçar estratégias voltadas a cada um desses itens. Por exemplo, um açougue poderia ser prejudicado pelo feriado da Sexta-Feira Santa. Mas a empresa pode compensar essa perda introduzindo a venda de peixes durante o período de quaresma, uma ação que vai aumentar a receita ao longo do mês.  

Faça promoções pré-feriado

Os feriados podem se configurar como uma oportunidade para incentivar promoções temporárias. Essa diretriz também visa ao aumento da comercialização do estoque durante um determinado período que antecede a data comemorativa. Nesse tipo de estratégia, é preciso fomentar no cliente a ideia de que o dia exato do feriado marca o encerramento de um grande ciclo de bons negócios.

Para ser uma ação efetiva, as quedas de preços devem contemplar produtos estratégicos, que dialoguem, de alguma maneira, com a festividade. Essa relação pode ser direta, assim como fogos de artifício e um feriado de Réveillon, por exemplo. Ou uma interação indireta, quando os produtos variam de acordo com as consequências provocadas pela data. É possível citar uma drogaria que diminui o preço do protetor solar visando o aumento de viagens em um recesso prolongado.

Ofereça soluções pontuais ao cliente

Todo empreendimento, sobretudo micro e pequenas empresas, precisa zelar pelo relacionamento próximo com seu cliente, independentemente da época do ano. Porém, é ainda mais fundamental ter noção das características do público-alvo durante os feriados. Afinal, tendo conhecimento de suas necessidades, é possível fornecer ao consumidor soluções pontuais (tanto de bens quanto de serviços) que vão facilitar sua rotina.

Com o relacionamento mais estreito, oportunidades surgem com mais naturalidade, independentemente do segmento. Por exemplo, próximo ao feriado, uma proprietária de salão de beleza pode ligar para suas consumidoras e oferecer um penteado especial a domicílio, visando determinada festividade.

Outro caso seria uma lanchonete que, ao descobrir que muitos de seus clientes programaram viagens, passa a oferecer encomendas de lanches personalizados para facilitar a rotina da família nos dias de folga. Enfim, as possibilidades são inúmeras, basta aliar a aproximação do cliente a aspectos como proatividade e criatividade.

Relacione a imagem da empresa ao feriado

Micro e pequenas empresas podem ter uma área de cobertura muito bem definida. É possível planejar ações para estreitar os laços com o público consumidor, ao relacionar o nome da marca a uma comemoração específica. É muito comum empreendimentos se envolverem com alguma festividade cultural típica da região onde estão localizados. Essa ação não acarreta em aumento direto de vendas, mas gera uma grande visibilidade e agrega valor à marca.

Vamos imaginar uma pequena papelaria que, a princípio, não teria nenhuma relação com um feriado religioso. No entanto, o empreendedor pode promover uma campanha para arrecadar cobertores ou donativos para ser doados naquela época. Além de mais pessoas terem contato com o estabelecimento, ações assim promovem mídia espontânea e fomentam uma imagem positiva da empresa. Outra possibilidade é o patrocínio de eventos temáticos, como blocos de carnavais, festas juninas e demais comemorações que podem colocar o nome do estabelecimento em evidência.

Expanda o negócio para a internet

Um dos principais problemas causados pelos feriados para muitos setores da economia é a perda de dias produtivos. Por isso, a internet pode ser uma grande aliada dos empreendedores. Afinal, diferentemente de lojas físicas, o comércio eletrônico não precisa ser interrompido. Pelo contrário, os feriados podem representar um considerável aumento de vendas.

Para isso, é necessário utilizar-se de ações planejadas de Marketing Digital. Geralmente, são gestos de fácil execução que atraem o cliente à página de e-commerce, como condições especiais exclusivas a quem comprar durante o feriado. Cupons de desconto, fretes grátis, brindes e duas mercadorias pelo preço de uma são algumas das várias opções possíveis.

Para que a estratégia gere resultados satisfatórios, é preciso fazer uma ampla divulgação prévia. Ela pode ser realizada na própria página de vendas, em redes sociais, aplicativos ou em demais plataformas digitais.  

Descubra se compensa manter as atividades

Um empreendedor precisa analisar os vários fatores que envolvem a variação de demanda durante um feriado, no sentido de avaliar a viabilidade de interromper ou não as atividades. É necessário equacionar os gastos e possíveis ganhos, levando em consideração todas as especificidades daquele negócio. Tudo depende de saber avaliar o cenário no qual que a empresa está imersa. Alguns setores, como sorveterias e bares, podem ter um ganho imenso com feriados.

Sem contar que a nova lei trabalhista, sancionada em novembro do ano passado, tornou mais flexível a negociação da mão de obra em datas comemorativas. A legislação permite que o empreendedor entre em acordo com colaboradores para transferir as datas de folgas. Isso permite que um estabelecimento mantenha sua atividade durante o feriado sem ter despesas trabalhistas extras.

Você está pronto para transformar os feriados em grandes oportunidades de negócio para sua empresa? Lembre-se que basta um pouco de gestão e criatividade para você transformar desafios em crescimento! Quer conhecer os produtos da Algar Telecom para sua micro e pequena empresa? Acesse: http://lojab2b.algartelecom.com.br/ ou agende uma visita com nossos consultores.

Deixe seu comentário