Gestão Algar Telecom | 10 de novembro de 2020

5 boas práticas da governança de TI

Tempo de leitura: 5 minutos

Você já ouviu falar no conceito governança de TI? Ele se refere a um conjunto de práticas adotadas por uma empresa com a finalidade de alinhar os objetivos do negócio com todos os recursos de informática — sejam eles equipe técnica, software e/ou hardware.

Dessa forma, é possível antecipar possíveis problemas, monitorando e criando uma gestão estratégica de TI. Para isso, são estabelecidas políticas e regras que direcionam todos os processos. Isso diminui os riscos para o negócio e aumenta as chances de todos os objetivos serem atingidos.

Quer saber mais sobre TI? Ouça nosso podcast agora mesmo:

Vamos aprender como criar boas práticas de TI na sua empresa? Continue conosco!

1. Alinhe os objetivos

Uma boa  prática de governança de TI é definir e alinhar os objetivos, pois eles podem ser bem abrangentes. Então, traçar os objetivos é fundamental para uma gestão estratégica.

Pense: o que eu quero atingir/conquistar com o gerenciamento de TI? Lembre-se de que os objetivos não devem ser isolados e, além disso, os objetivos gerais e a cultura da empresa devem sempre ser observados.

2. Crie metas

É muito importante definir as metas baseando-se na realidade do seu negócio, pois elas precisam ser atingíveis. Analise os relatórios de gestão e crie metas baseadas nos resultados obtidos nos últimos meses, sempre pensando em uma projeção realista sobre o que pode ser alcançado.

Essa fase do planejamento da governança de TI é importante porque você define também quais são os principais indicadores que podem ser utilizados. E eles têm um papel fundamental para mensurar a qualidade dos serviços.

Além disso, por meio desses indicadores você monitora e controla os processos realizados. Então, alinhe as metas e os objetivos com o time, por meio de reuniões e por bons canais de comunicação.

3. Use ferramentas tecnológicas para automatizar processos

Um dos grandes segredos para promover uma boa governança de TI é saber usar as ferramentas tecnológicas certas para automatizar os processos. Ao apostar nelas, você diminui a ocorrência de erros, aumenta a eficiência do time e ainda otimiza todos os processos.

Então, saiba que a automação pode ser uma ótima prática para o sucesso da sua governança de TI. Por exemplo, o uso de sistemas inteligentes diminui (e muito) os erros ocasionados por falhas nas interações humanas. Isto é, os softwares podem alertar quando existem informações equivocadas.

4. Implemente e integre os canais de comunicação

Todos os departamentos da sua empresa precisam ter excelentes canais que dialoguem entre si.

É muito importante que a equipe tenha uma comunicação clara, objetiva e unificada para entender o que está acontecendo, com o intuito de propor sempre as melhores soluções para os problemas e intempéries que possam surgir no meio do caminho.

Da mesma maneira, todos precisam compreender a importância das regras da governança, para que sejam implementadas e incentivadas entre a equipe.

Assim, compreendendo muito bem sobre a importância do assunto e tendo, à sua disposição, os melhores canais de comunicação, o time consegue realizar as suas tarefas de forma eficiente. Isso cria um fluxo incrível que conduz a empresa rumo ao sucesso.

Leia também: Como a Comunicação Unificada ajuda no avanço do seu negócio?

5. Crie e adote políticas de segurança para uma boa governança de TI

Adotar políticas de segurança é um item fundamental para reforçar a importância da proteção das informações organizacionais. Afinal, sabemos que as empresas utilizam diversos bancos de dados (tanto internos quanto externos).

Assim, analisar e zelar por esses conteúdos é essencial para ter insights que ajudam na tomada de decisões estratégicas para a sua empresa. Portanto, saiba que adotar políticas de segurança pode ajudar muito a tornar a rotina mais organizada, segura e correta.

Além disso, isso evita ataques de cibercriminosos, que podem prejudicar o rumo do negócio. Afinal, as informações confidenciais e os dados estratégicos precisam ser sempre bem protegidos, concorda?

Dessa forma, ao  apostar em boas políticas de segurança, você resguarda as informações mais importantes que a empresa possui. Consequentemente, a sua empresa só cresce e se destaca pela excelência e pela confiabilidade das suas atividades.

Gostou de aprender mais sobre o assunto? Se sim, leia também o nosso conteúdo Governança de TI: boas práticas para alinhar a tecnologia aos negócios. Boa leitura!

Deixe seu comentário