Tecnologia Algar Telecom | 21 de maio de 2021

Como a IoT pode ajudar no atendimento hospitalar

Tempo de leitura: 5 minutos

O setor de saúde está em alerta. O envelhecimento da população, o crescimento de doenças crônicas e a eminência do surgimento de novas epidemias e pandemias, dentre outros fatores, tem impulsionado a busca por maior eficiência no atendimento hospitalar e na gestão de recursos.

Nesse sentido, a tecnologia pode ser considerada uma grande aliada na otimização de processos, conferindo maior agilidade, além de redução de custos.

A Internet das Coisas (IoT) é uma das tecnologias com maior potencial para tornar os atendimentos mais ágeis e a gestão de recursos mais eficaz. 

>> Saiba como a IoT tem transformado a rotina dos hospitais.

Continue a leitura para saber mais!

O que é a Internet das Coisas (IoT)?

Conceitualmente, a Internet das Coisas, ou simplesmente IoT, caracteriza objetos físicos conectados com sua própria identidade digital e capazes de se comunicarem entre si. Essa rede cria uma espécie de ponte entre o mundo físico e o mundo virtual.

Do ponto de vista técnico, a IoT consiste na identificação digital direta e padronizada (endereço IP, protocolos smtp, http, etc.) de um objeto físico graças a um sistema de comunicação sem fio que pode ser uma etiqueta RFID, Bluetooth, Wi- Fi, 4G, 5G e assim por diante.

Os objetos conectados utilizam sensores, que podem ser usados ​​para rastreabilidade de equipamentos, medição de temperatura, monitoramento de rota e muito mais.

Como a IoT pode ajudar no atendimento hospitalar?

Em termos práticos, a IoT pode ajudar o setor da saúde de várias formas. Tratando especificamente do atendimento hospitalar, essa tecnologia pode ser utilizada no monitoramento de ativos de alto valor para o hospital, como cadeiras de rodas e respiradores.

Isto é, incorporando sensores aos ativos, a administração hospitalar e as equipes médicas podem saber exatamente onde cada equipamento está localizado, em tempo real, por meio de um dashboard, que pode ser acessado de qualquer dispositivo (como notebooks, tablets e celulares).

Ou seja, as equipes médicas passam a contar com um grande aliado na preparação para atendimentos, além de conseguir maior agilidade em casos de emergência.

A IoT oferece outras opções para otimizar o atendimento hospitalar. Por exemplo, se uma unidade sofre com queixas de que as refeições estão chegando frias, a administração pode contar com uma ferramenta para monitorar o percurso realizado e o tempo gasto entre a cozinha e os leitos.

De posse dessas informações, é possível, por exemplo, redesenhar os processos para melhorar o atendimento hospitalar e garantir a satisfação dos clientes.

Em suma, em quase todos os processos que envolvem medição e monitoramento podem ser otimizados com uso da IoT.

Você pode, por exemplo, monitorar as frotas de ambulâncias, para que suas equipes saibam exatamente o momento de se prepararem para o atendimento hospitalar.

>> Saiba como implantar a Internet das Coisas no setor de saúde!

Já existem soluções de IoT disponíveis para hospitais?

O Brain,  Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT) fundado pela Algar Telecom, em parceria com a Aruba, Conversys IT Solutions, Lab³ e com a própria Algar Telecom, desenvolveu o Hospital Monitora, uma solução baseada em IoT e que visa a otimizar o atendimento hospitalar.

Essa solução envolve rastreabilidade, conectividade e uma plataforma de gestão que permite aos hospitais ter controle e visualização de seus ativos estratégicos em tempo real.

Utilizando o Hospital Monitora, as equipes médicas podem preparar as salas de atendimento para receber seus pacientes com muito mais agilidade.

Além disso, a administração hospitalar passam a contar com uma importante ferramenta para monitorar seus processos e otimizar a gestão, por exemplo, distribuindo seus ativos nas unidades de uma forma que faça mais sentido para sua operação.

Com o Hospital Monitora, as equipes médicas não precisam mais sair procurando os equipamentos de que precisam em diferentes salas e andares. Basta entrar na plataforma online, acessível por meio de tablets, smartphones ou computadores para saber exatamente onde cada ativo está localizado.

Isso contribui para maior agilidade no atendimento hospitalar e, consequentemente, melhora a satisfação dos clientes.

Agora você já sabe como a IoT pode ajuda no atendimento hospitalar.

Aproveite a oportunidade e conheça outras soluções empresariais oferecidas pela Algar Telecom.

 

Deixe seu comentário