1. Home
  2. /
  3. MPE
  4. /
  5. Como a adesão às práticas sustentáveis influencia no lucro das MPEs


MPE Escrito por Algar Telecom | 20 de dezembro de 2023

Como a adesão às práticas sustentáveis influencia no lucro das MPEs

Tempo de leitura: 5 minutos
Tempo de leitura: 5 minutos

A adesão a práticas sustentáveis redefine o panorama dos negócios e emerge como uma poderosa alavanca para o sucesso das Micro e Pequenas Empresas (MPEs).

Nesse artigo, veremos como a integração do tripé da sustentabilidade, composto pelos pilares social, ambiental e econômico, não só fortalece a posição financeira das MPEs, mas também as coloca na vanguarda de uma economia em constante evolução.

Descubra como as MPEs podem prosperar, equilibrando crescimento econômico, responsabilidade social e preservação ambiental.

Sustentabilidade na prática

Práticas sustentáveis abrangem ações que visam equilibrar os impactos ambientais, sociais e econômicos das operações empresariais.

Ao adotar essas práticas, as empresas cumprem seu papel ético e contribuem para a construção de uma imagem positiva e para a preservação do meio ambiente – fatores essenciais para a longevidade e prosperidade nos negócios.

A relevância das MPEs nesse cenário é destacada por Paulo José Galli, superintendente de Negócios Privados do Desenvolve São Paulo, que enfatiza a importância social e econômica dessas empresas no contexto brasileiro.

As MPEs têm um papel fundamental na introdução de práticas sustentáveis nos ambientes de negócios.

A adoção de inovações sustentáveis, como tratamento e reaproveitamento de água, reutilização de matéria-prima e projetos de educação ambiental, destaca o comprometimento das empresas em equilibrar o crescimento econômico com a responsabilidade ambiental e social.

Aqui estão algumas maneiras práticas de como as empresas podem implementar a sustentabilidade em suas operações:

  • Redução do desperdício de recursos: isso pode ser feito através da implementação de práticas de reciclagem, compostagem de resíduos orgânicos, e a utilização de embalagens recicláveis ou biodegradáveis.
  • Eficiência no uso de energia: as empresas podem investir em tecnologias de energia renovável, como painéis solares, ou implementar práticas de economia de energia, como o uso de luz natural sempre que possível e a utilização de equipamentos de baixo consumo de energia.
  • Respeito aos direitos dos funcionários: isso inclui a garantia de um ambiente de trabalho seguro e saudável, a promoção da diversidade e inclusão, e a oferta de salários justos e benefícios competitivos.
  • Contribuição para o bem-estar da comunidade local: as empresas podem se envolver em projetos comunitários, doar para instituições de caridade locais, ou oferecer programas de treinamento e desenvolvimento para a comunidade local.

Práticas sustentáveis e o lucro nas MPEs

Investir em sustentabilidade tem se mostrado cada vez mais relevante para as Micro e Pequenas Empresas (MPEs).

Essas práticas podem trazer muitas vantagens, como a melhoria da imagem da empresa, a fidelização de clientes, a facilidade no acesso ao crédito e financiamento, a redução no custo de produção e a identificação de novas oportunidades de negócios.

Embora não existam dados recentes que correlacionem diretamente a sustentabilidade com a lucratividade, é importante notar que a sustentabilidade é um investimento que pode trazer retornos significativos para as empresas.

Ao adotar práticas sustentáveis, as empresas contribuem para a preservação do meio ambiente e podem melhorar sua reputação, atrair novos clientes e até mesmo reduzir custos, o que pode levar a uma maior lucratividade a longo prazo.

Esse fenômeno ocorre de diversas maneiras:

  1. A redução do impacto ambiental, o que não apenas garante conformidade com as leis vigentes, mas também minimiza a exposição a multas.
  2. A eficiência na gestão de recursos, como energia, água e materiais, reduz custos operacionais e abre portas para oportunidades de lucro por meio de práticas mais eficientes e sustentáveis.
  3. O investimento em programas de bem-estar para funcionários, alinhado ao pilar social do tripé da sustentabilidade, não apenas melhora a produtividade e a retenção de talentos, mas também contribui para uma imagem corporativa positiva.

Práticas sustentáveis e o lucro nas MPEs

Empresas que se destacam por suas práticas sustentáveis não só atraem consumidores conscientes, mas também estabelecem parcerias mais sólidas com fornecedores alinhados aos mesmos valores.

Dessa forma, a sustentabilidade não apenas se torna um diferencial competitivo, mas também um catalisador para o crescimento e a prosperidade contínua das MPEs no cenário de negócios em constante evolução.

Tripé da sustentabilidade

O tripé da sustentabilidade, concebido por John Elkington em 1994, é um modelo fundamental que orienta as empresas a adotarem uma abordagem holística para alcançar resultados sustentáveis.

Este modelo, também conhecido como Triple Bottom Line, destaca a interconexão de três pilares essenciais: social, ambiental e econômico.

Cada um desses pilares desempenha um papel essencial na construção de organizações responsáveis e sustentáveis, abordando não apenas os aspectos financeiros, mas também os impactos sociais e ambientais de suas operações.

Pilar social

No contexto do tripé da sustentabilidade, o pilar social representa a responsabilidade das empresas em relação às pessoas ao seu redor.

O pilar social envolve a criação de condições de trabalho justas, remuneração adequada, benefícios para os funcionários e investimentos em projetos sociais que contribuam para o bem-estar da comunidade local.

Uma abordagem sólida no pilar social não só promove uma cultura organizacional saudável, mas também fortalece os laços com os colaboradores e a comunidade, gerando impactos positivos além dos resultados financeiros.

Pilar ambiental 

Nesse pilar, as empresas buscam minimizar seus impactos no meio ambiente. Isso envolve práticas que vão desde a gestão responsável dos recursos naturais até a promoção de iniciativas de preservação e restauração ambiental.

A eficiência energética, a redução de resíduos e o uso sustentável de matérias-primas são elementos essenciais para o sucesso neste pilar.

Ao adotar práticas ambientalmente conscientes, as empresas atendem às demandas regulatórias e contribuem para a construção de um futuro mais sustentável.

Pilar econômico

No pilar econômico, a sustentabilidade se estende à gestão financeira responsável da empresa.

Além de buscar o lucro, as organizações devem considerar a transparência, o investimento em melhorias na produção, o pagamento adequado de impostos e a manutenção de uma operação financeira ética.

Uma abordagem equilibrada no pilar econômico não só assegura a continuidade do negócio, mas também fortalece a confiança dos investidores e acionistas, contribuindo para um ambiente empresarial mais resiliente e ético.

Pilar econômico

Importância do tripé da sustentabilidade para MPEs

O tripé da sustentabilidade proporciona uma estrutura abrangente que vai além da mera busca pelo lucro imediato.

As MPEs desempenham um papel essencial na economia, sendo responsáveis por grande parte do emprego e do Produto Interno Bruto (PIB) no Brasil.

Ao incorporar os princípios do tripé da sustentabilidade em suas operações, essas empresas fortalecem sua posição no mercado e contribuem de maneira significativa para a construção de uma economia mais sustentável.

O tripé da sustentabilidade oferece uma abordagem equilibrada que considera não apenas os aspectos financeiros, mas também os impactos sociais e ambientais.

Para as MPEs, isso significa estabelecer práticas que promovam, além da eficiência operacional e a geração de lucro, o bem-estar dos funcionários, a responsabilidade ambiental e a transparência financeira.

Ao abraçar esse modelo, as MPEs podem construir uma reputação sólida, atrair consumidores conscientes e estabelecer parcerias duradouras, alinhando-se aos valores crescentes de sustentabilidade na sociedade contemporânea.

Dessa forma, o tripé da sustentabilidade não é só uma estratégia empresarial, mas um guia essencial para as MPEs que buscam não apenas sobreviver, mas prosperar em um ambiente de negócios em constante evolução.

Transforme sua MPE com a Algar Telecom – líder em sustentabilidade e inovação. Descubra soluções TIC para impulsionar seu negócio de maneira sustentável. Entre em contato e eleve sua empresa a novos patamares.

Deixe seu comentário