Receba conteúdo diretamente no Messenger Podcasts exclusivos, direto no Spotify

5 formas de conseguir investimento para pequenas empresas

Cristina Cruz | 25 de janeiro de 2019

O início de ano, geralmente, é um dos períodos nos quais os gestores estão mais voltados para o alinhamento e o desenvolvimento de estratégias para o seu negócio crescer e se diferenciar no mercado. Nesse contexto, é importante definir formas de conseguir investimento para pequenas empresas, seja investimento financeiro, seja em gestão ou inovação.

Neste artigo, apresentaremos cinco exemplos de como os micro e pequenos empreendedores podem obter esse auxílio extra para impulsionar o sucesso de seu negócio. Acompanhe a seguir!

1. Apoio do BNDES para investimento financeiro

BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento) é um potencial parceiro importante para a obtenção de capital para investimento em pequenas empresas. Fazem parte do escopo da instituição investimentos voltados a:

  • infraestrutura;
  • capital de giro;
  • compra de máquinas, equipamentos e veículos;
  • ampliação e reforma de empresas.

Sendo assim, o Banco Nacional do Desenvolvimento oferece às pequenas empresas recursos como o Cartão BNDES, destinado à compra de bens e à contratação de serviços cadastrados no Portal do Cartão BNDES, com pagamento parcelado em até 48 meses. Outro recurso é o BNDES Microcrédito Empreendedor, voltado a microempreendedores e com crédito máximo de R$ 20 mil.

2. Microcrédito Produtivo Orientado Caixa

A Caixa Econômica Federal oferece uma linha de crédito acessível e bastante facilitada para investimento para pequenas empresas. O valor máximo dessa linha é R$ 15 mil.

Por vezes, questões mais simples, como a compra de um equipamento ou a contratação de uma licença de software, são fundamentais para o seu negócio crescer. Para essas situações, esse microcrédito pode ser bastante útil.

3. Linha Proger Urbano – Capital de Giro

Se sua empresa está precisando de capital de giro para crescer, essa solução pode ser uma boa alternativa. A linha de crédito Proger Urbano é um financiamento facilitado do Banco do Brasil com teto de R$ 200 mil por empresa e pagamento em até 24 meses.

4. Consultoria do Sebrae para investimento em marketing e inovação

Os investimentos que sua empresa pode estar precisando nem sempre são diretamente relacionados a crédito ou financiamento. Por vezes, o investimento em marketing e inovação é o que falta para escalar seu negócio.

Para essas situações, a consultoria oferecida por instituições como o Sebrae pode ser altamente estratégica. Por meio dela, profissionais qualificados e com ampla expertise ajudarão a formar um diagnóstico das necessidades de sua empresa, a desenvolver um plano de ação e a colocar tais estratégias em prática.

5. Investimento em gestão e aporte financeiro

Você já ouviu falar em investidor anjo? Figura comum no segmento de startups, trata-se de pessoas bem-sucedidas em seu mercado e que oferecem mentoria, acesso a uma ampla rede de contatos, orientação e conselhos para empreendedores, a fim de que o crescimento de seu negócio possa ser acelerado.

O investidor anjo ainda pode fornecer o suporte financeiro necessário para o seu negócio se desenvolver. Geralmente, esse tipo de apoio tem como contrapartida uma participação societária minoritária da empresa.

E então, o que achou dessas formas de conseguir investimento para pequenas empresas? Para aperfeiçoar ainda mais a sua gestão, confira nosso artigo com 8 ferramentas gratuitas para utilizar em sua MPE.

Posts relacionados:

Para melhorar sua experiência,
selecione um perfil de conteúdo: